RANKING BRASIL – BATMAN VS. SUPERMAN continua no topo

Mesmo caindo no desempenho, Batman vs. Superman: A Origem da Justiça manteve com folga a liderança do ranking Brasil em seu segundo fim de semana em cartaz no país. Zootopia: Essa Cidade é o Bicho obteve uma queda razoável na renda, enquanto que Os Dez Mandamentos caiu bastante, mas ambos continuaram respectivamente na segunda e terceira posição. A comédia estreante Casamento Grego 2 tomou o lugar de A Série Divergente: Convergente que caiu para a quinta colocação

Superman em cena de BATMAN VS. SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA.

Superman em cena de BATMAN VS. SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA

Há cerca de duas semanas em cartaz no país, Batman vs. Superman: A Origem da Justiça não se contentou com o ótimo resultado obtido em sua semana de estreia e continuou a dominar o ranking Brasil. O filme arrecadou R$ 22,8 milhões em seu segundo fim de semana em cartaz no país, valor que representa uma queda de cerca de 50% em relação a renda obtida no fim de semana anterior. Cerca de 1,3 milhão de espectadores assistiram ao filme dos famosos super-heróis no período, que soma um público total de cerca de 5 milhões. A receita total acumulada desde a estreia chegou a cerca de R$ 80 milhões.

Cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO.

Cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO

Mesmo com a pressão de Batman vs. Superman, Zootopia: Essa Cidade é o Bicho caiu apenas cerca de 30% em relação a renda obtida no fim de semana anterior. A animação acumulou uma renda próxima de R$ 4,8 milhões no último fim de semana, que foi suficiente para lhe manter na segunda colocação do ranking com segurança. Pouco mais de 300 mil espectadores assistiram ao filme no período, que acumula um público de 1,8 milhões. Ao término do fim de semana, Zootopia passou a acumular uma receita próxima de R$ 26,5 milhões no país.

Cena de OS DEZ MANDAMENTOS.

Guilherme Winter como Moisés em cena de OS DEZ MANDAMENTOS

Em seu décimo fim de semana em cartaz no país, Os Dez Mandamentos caiu cerca de 50% em relação a renda obtida no fim de semana anterior, mas também, como Zootopia, conseguiu manter-se na posição anterior. O filme bíblico produzido no Brasil acumulou cerca de R$ 2,6 milhões, tendo levado quase 300 mil espectadores aos cinemas no fim de semana. Ao término do domingo, passou a acumular um público próximo dos 10,8 milhões de espectadores e uma receita de R$ 113 milhões no país.

Cena de CASAMENTO GREGO 2.

Cena de CASAMENTO GREGO 2

A comédia romântica Casamento Grego 2 chegou as telonas do país nesse último fim de semana e conseguiu arranjar um lugar entre os cinco primeiros do ranking. Quem acabou sentindo a chegada da comédia foi Kung Fu Panda 3 que saiu do Top 5 e foi parar na sétima posição, sendo também ultrapassado pela animação estreante Norm e os Invencíveis. Casamento Grego 2 acumulou uma renda próxima da obtida por Os Dez Mandamentos, cerca de R$ 2,4 milhões, que lhe garantiu a quarta colocação do ranking. Cerca de 150 mil espectadores assistiram ao filme no período.

Cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE.

Cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE

A Série Divergente: Convergente obteve uma renda próxima daquela obtida pelo antigo quinto colocado, Kung Fu Panda 3, no fim de semana anterior e conseguiu garantir justamente a mesma posição aproveitando a queda da animação. A ação estrelada por Shailene Woodley acumulou um valor próximo de R$ 1,2 milhão no período. Cerca de 80 mil espectadores foram aos cinemas assistir ao filme, que ao término do fim de semana passou a acumular um público total de 1,8 milhão. Ao término do fim de semana, Convergente passou a acumular uma receita de R$ 23,4 milhões no país.

Confira abaixo o ranking Brasil com os dez melhores.

RBRA

Veja o trailer de Casamento Grego 2.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – BATMAN VS. SUPERMAN lidera na estreia

Batman vs. Superman: A Origem da Justiça estreou no mercado internacional e conquistou a liderança com facilidade ao obter uma ótima arrecadação. Zootopia: Essa Cidade é o Bicho sentiu pouco a chegada do super-herói e conseguiu ficar com a segunda posição do ranking. Kung Fu Panda 3 caiu, mas conseguiu ultrapassar O Regresso, mantendo a terceira colocação, enquanto que o drama ficou em quinto lugar. Também caindo, A Série Divergente: Convergente ficou em quarto com uma renda próxima da obtida por O Regresso

Cena de BATMAN VS. SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA.

Cena de BATMAN VS. SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA

Em seu primeiro fim de semana no mercado internacional, Batman vs. Superman: A Origem da Justiça dominou as bilheterias ao arrecadar um valor de US$ 254 milhões, tornando-se o filme de super-herói com melhor estreia da história no mercado internacional. Com o valor, o filme conquistou com grande folga a primeira colocação do ranking. O país onde houve maior arrecadação foi a China, cerca de US$ 57 milhões. O filme estreou em quase 70 localidades do mercado internacional, tendo poucas estreias pela frente.

Cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO.

Cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho conseguiu ficar com a segunda colocação após a chegada de Batman vs. Superman, arrecadando cerca de US$ 44,7 milhões. O valor obtido representa uma queda de aproximadamente 30% em relação a renda do fim de semana passado, número bastante pequeno em comparação aqueles obtidos pela maioria dos outros filmes que já estavam em cartaz. A animação passou a acumular uma receita de US$ 456 milhões no mercado internacional, estando há 7 semanas em cartaz.

Cena de KUNG FU PANDA 3.

Cena de KUNG FU PANDA 3

A outra animação do Top 5, Kung Fu Panda 3, apesar de estar bem abaixo de Zootopia na renda, também conseguiu cair pouco, cerca de 30%, arrecadando US$ 21,3 milhões no período e conquistando com facilidade a terceira posição do ranking. Na Austrália, Kung Fu Panda 3 conseguiu estrear com uma ótima renda, cerca de US$ 2,2 milhões, enquanto que na Itália e no Reino Unido a animação manteve-se com bons resultados, somando respectivamente US$ 1,7 e US$ 1,6 milhão. Ao término do fim de semana, passou a acumular uma receita de US$ 292 milhões no mercado internacional.

Shailene Woodley em cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE.

Shailene Woodley em cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE

A Série Divergente: Convergente sentiu bastante a chegada de Batman vs. Superman, caindo cerca de 60% em relação ao resultado obtido no fim de semana anterior. A sci-fi estrelada por Shailene Woodley arrecadou cerca de US$ 8,9 milhões, terminando o período na quarta colocação do ranking. França, Brasil e Rússia lideram a lista das localidades em que o filme obteve melhor arrecadação, com respectivamente US$ 10,2, US$ 6,2 e US$ 5,2 milhões. Após três semanas em cartaz no mercado internacional, a ficção passou a acumular US$ 71,8 milhões em receita.

Leonardo DiCaprio em cena de O REGRESSO.

Leonardo DiCaprio em cena de O REGRESSO.

Estrelado por Leonardo DiCaprio, O Regresso por pouco não perdeu sua vaga entre os cinco melhores do ranking. O drama caiu cerca de 80% em relação o fim de semana passado, terminando o período com uma renda próxima de US$ 8,4 milhões, na quinta posição da lista dos mais rentáveis. Ao término do fim de semana, passou a acumular um faturamento de US$ 324 milhões no mercado internacional.

Confira a tabela com os dez melhores do ranking.

RINT

Veja o trailer de Batman vs. Superman: A Origem da Justiça.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – ZOOTOPIA estreia na liderança

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho dominou as bilheterias brasileiras em sua estreia no país, assumindo com folga a liderança do ranking nacional. Com a chegada da animação, A Série Divergente: Convergente sentiu bastante, mas ainda conseguiu sustentar a segunda colocação. Os Dez Mandamentos manteve o desempenho do fim de semana anterior e conseguiu ultrapassar Kung Fu Panda 3, que ficou com a quarta colocação. O terror A Bruxa caiu no desempenho, mas manteve a quinta posição

Cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO.

Cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO

Em seu primeiro fim de semana no país, Zootopia: Essa Cidade é o Bicho agradou bastante o público e faturou uma renda de R$ 9,4 milhões, que lhe garantiu com segurança a primeira colocação do ranking nacional. No período de quinta a domingo, a animação atraiu cerca de 580 mil espectadores aos cinemas, também o melhor público do fim de semana.

Shailene Woodley em cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE.

Shailene Woodley em cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE

Com a chegada de Zootopia, A Série Divergente: Convergente sentiu bastante e terminou o domingo com uma arrecadação de R$ 5,5 milhões, valor cerca de 50% abaixo do obtido no fim de semana anterior. Com o resultado, a ficção ficou com a segunda colocação do ranking, caindo apenas uma posição em relação o fim de semana anterior, mas quase foi ultrapassada pelo brasileiro Os Dez Mandamentos, logo atrás, em terceiro. O público também caiu bastante, pouco mais de 300 mil espectadores foram aos cinemas assistir o filme no período, somando um público total de 1,4 milhão. A receita acumulada no país chegou aos R$ 18,7 milhões ao término do fim de semana.

Guilherme Winter como Moisés em cena de OS DEZ MANDAMENTOS.

Guilherme Winter como Moisés em cena de OS DEZ MANDAMENTOS

O filme bíblico Os Dez Mandamentos continua a conquistar o público brasileiro, tendo levado pouco mais de 400 mil espectadores aos cinemas no fim de semana, o segundo melhor público do período. De quinta a domingo, o longa brasileiro arrecadou R$ 4,4 milhões, valor que representa uma queda de menos de 5% em relação o fim de semana anterior. Com o obtido, Os Dez Mandamentos ficou com a terceira colocação do ranking. A receita total acumulada pelo filme no país passou a ser R$ 100 milhões ao término do período, enquanto que o público acumulado passou a ser 9,4 milhões de espectadores.

Cena de KUNG FU PANDA 3.

Cena de KUNG FU PANDA 3

Kung Fu Panda 3 despencou na renda do último fim de semana. A animação obteve cerca de R$ 2,3 milhões no período, valor que representa uma queda de cerca de 70% em relação o fim de semana anterior. Provavelmente a queda de Kung Fu Panda 3 foi causada pela chegada da animação Zootopia cujo público em maioria é também o infantil. Com o resultado, a animação foi ultrapassada por Os Dez Mandamentos e teve de se contentar com a quarta posição do ranking. O público total no país chega a 1,5 milhão de espectadores, enquanto que a renda acumulada é de R$ 22 milhões.

Anya Taylor-Joy em cena de A BRUXA.

Anya Taylor-Joy em cena de A BRUXA

O terror A Bruxa caiu cerca de 30% em relação o fim de semana anterior, acumulando uma renda de R$ 1,6 milhão, valor que lhe garantiu a permanência na quinta colocação do ranking por uma diferença de cerca de R$ 100 mil em relação o sexto colocado, Deadpool. Pouco mais de 100 mil espectadores assistiram ao terror no período, que atualmente passa a acumular um público de cerca de 550 mil espectadores. Ao fim de seu terceiro fim de semana em cartaz no país, A Bruxa passou a acumular uma receita total de R$ 7,6 milhões.

Confira abaixo os dez melhores do ranking Brasil.

RBRA

Veja o trailer de Zootopia: Essa Cidade é o Bicho.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – CONVERGENTE estreia na liderança

A Série Divergente: Convergente foi bem em seu primeiro fim de semana no Brasil, terminando o período na liderança. Com a chegada da ficção, Kung Fu Panda 3 caiu para a segunda posição do ranking, mas continua com um bom desempenho. Os Dez Mandamentos também caiu pouco, conseguindo ficar em terceiro lugar. Deadpool e A Bruxa fecharam o top cinco na quarta e quinta colocação, respectivamente

Shailene Woodley em cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE.

Shailene Woodley em cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE

O terceiro filme da franquia Divergente, estrelada por Shailene Woodley, chegou às telonas do Brasil na última quinta-feira, dia 10, e levou cerca de 700 mil espectadores aos cinemas até domingo. A ficção acumulou uma renda próxima de R$ 10,2 milhões no período, assumindo com folga a liderança do ranking Brasil.

Cena de KUNG FU PANDA 3.

Cena de KUNG FU PANDA 3

Mesmo perdendo a liderança, a animação Kung Fu Panda 3 conseguiu manter-se a frente dos filmes que já estavam em cartaz, terminando o fim de semana na segunda posição do ranking. No período, o filme arrecadou cerca de R$ 6 milhões, mantendo-se distante em renda do terceiro colocado. Pouco menos de 400 mil espectadores assistiram a animação no fim de semana, que passou a acumular um público de aproximadamente 1,2 milhão. No total, Kung Fu Panda 3 acumula uma receita de R$ 18,2 milhões no país.

em cena de OS DEZ MANDAMENTOS.

Guilherme Winter em cena de OS DEZ MANDAMENTOS

O longa brasileiro Os Dez Mandamentos continuou a sustentar bons valores nas bilheterias do país, mesmo já estando em sua oitava semana em cartaz. O filme recebeu um público de pouco menos de 450 mil espectadores no fim de semana, arrecadando um valor de R$ 4,7 milhões no período. Com o resultado, o filme voltou a terceira colocação do ranking, mantendo-se firme entre os cinco primeiros. O público acumulado já aproxima-se da faixa dos 9 milhões de espectadores, enquanto que a receita acumulada no país é de R$ 93,7 milhões.

Cena de DEADPOOL.

Cena de DEADPOOL

Em sua quinta semana em cartaz no país, Deadpool continuou caindo desde a liderança obtida duas semanas atrás, com a chegada de Kung Fu Panda 3 e agora com a estreia de Convergente, que assumiu a liderança do ranking. O filme arrecadou cerca de R$ 3,2 milhões no período, levando pouco mais de 200 mil espectadores aos cinemas. Com os valores obtidos, passou a acumular um público próximo de 5,7 milhões e uma receita de R$ 77,6 milhões.

em cena de A BRUXA.

Anya Taylor-Joy em cena de A BRUXA

O terror A Bruxa manteve sua razoável renda em seu segundo fim de semana em cartaz no país, tendo arrecadado um valor de R$ 2,4 milhões. Levando pouco mais de 150 mil espectadores aos cinemas no período, o filme manteve-se, por uma pequena diferença de aproximadamente R$ 100 mil, entre os cinco primeiros do ranking, ficando com a quinta posição. Cinquenta Tons de Preto, comédia estrelada por Marlon Wayans, mais conhecido por As Branquelas e O Pequenino, ficou em sexto lugar no ranking, com uma arrecadação de R$ 2,3 milhões. Por fim, A Bruxa passou a acumular um público de 380 mil espectadores e uma receita de R$ 5,3 milhões no país ao término do domingo.

Confira abaixo a tabela do ranking Brasil com os dez melhores.

RINT

Veja o trailer de A Série Divergente: Convergente.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – ZOOTOPIA assume liderança

Aproveitando a queda para a quinta colocação de O Grande Mestre 3, Zootopia: Essa Cidade é o Bicho manteve o bom desempenho na China e assumiu a liderança do ranking internacional. Após cerca de um mês sem estreias, Kung Fu Panda 3 entrou em cartaz em 15 países nesse fim de semana, voltando ao ranking com um ótimo resultado, a segunda posição. O estreante A Série Divergente: Convergente ficou em terceiro lugar em seu primeiro fim de semana em cartaz no mercado. Deuses do Egito estreou na China e conseguiu uma grande melhora no desempenho, terminando o fim de semana na quarta posição

Cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO.

Judy, Nick e Flash em cena de ZOOTOPIA: ESSA CIDADE É O BICHO

Após estrear na China, Zootopia: Essa Cidade é o Bicho melhorou bastante seu desempenho e, com a queda do antigo líder O Grande Mestre 3, assumiu a primeira colocação do ranking. A animação arrecadou US$ 83,1 milhões no fim de semana, um aumento de cerca de 25% em relação à renda obtida no fim de semana anterior. US$ 56,5 milhões foram obtidos apenas na China, onde o filme melhorou o desempenho em sua segunda semana em cartaz no país. A receita total obtida no mercado internacional passou a ser US$ 288 milhões após o término do domingo.

Po em cena de KUNG FU PANDA 3.

Po em cena de KUNG FU PANDA 3

A animação Kung Fu Panda 3 entrou em cartaz em novos 15 países e voltou a ficar entre os dez primeiros do ranking internacional, conseguindo nada menos que a segunda colocação, após acumular um valor de US$ 28,1 milhões no fim de semana. Dentre os melhores desempenhos de estreia local, está o Reino Unido, com um acumulado de US$ 6,7 milhões no fim de semana, e o México, com US$ 4,9 milhões. No total, o filme passou a acumular uma receita de US$ 219 milhões ao término do domingo.

Cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE.

Theo James, Ansel Elgort e Shailene Woodley em cena de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE.

O terceiro filme da franquia Divergente estreou no mercado internacional e conseguiu assegurar uma boa colocação dentre os cinco primeiros, mesmo tendo sido pior recebido pela crítica que os dois primeiros filmes, que por sinal foram também mal recebidos em 2014 e 2015. A Série Divergente: Convergente acumulou uma renda de US$ 26,7 milhões em seu primeiro fim de semana em cartaz nas bilheterias internacionais. A ficção estreou em 45 países nesse último fim de semana, e tem vários outros para estrear nessa semana.

Cena de DEUSES DO EGITO.

Nikolaj Coster-Waldau e Brenton Thwaites em cena de DEUSES DO EGITO

Em sua terceira semana em cartaz no mercado internacional, Deuses do Egito estreou na China e conseguiu melhorar consideravelmente seu desempenho nas bilheterias, arrecadando um valor de US$ 26,4 milhões no período, que representa um aumento de aproximadamente 40% em relação a renda obtida no fim de semana anterior. No entanto, mesmo com o ótimo resultado, a aventura não conseguiu subir sequer uma posição, mantendo a quarta colocação obtida no fim de semana anterior. Com o resultado, Deuses do Egito passou a acumular uma renda total de US$ 80,5 milhões no mercado internacional.

Donnie Yen em cena de O GRANDE MESTRE 3.

Donnie Yen em cena de O GRANDE MESTRE 3

O novo filme da famosa franquia chinesa, O Grande Mestre 3, caiu de forma desastrosa, acumulando no final de semana uma receita de US$ 13 milhões, cerca de 80% menor que a obtida no fim de semana anterior. Com o resultado, o filme despencou da liderança para a quinta colocação do ranking. Mesmo com a queda, O Grande Mestre 3 já passa a acumular US$ 142 milhões em receita em seu segundo fim de semana em cartaz no mercado internacional, sendo exibido em apenas 4 países.

Confira abaixo a tabela com os dez melhores do ranking internacional do fim de semana.

RINT

Veja o trailer de A Série Divergente: Convergente.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – VELOZES E FURIOSOS 7 na frente

Velozes e Furiosos 7 novamente liderou os rankings internacional, Brasil e EUA. A ação obteve uma queda considerável em seu último fim de semana no Brasil, no entanto continua isolado em primeiro. Cinderela e Cada Um na Sua Casa também caíram e acabaram mantendo-se respectivamente na segunda e terceira colocação. O mesmo ocorreu com Insurgente, mas este não conseguiu manter a sua antiga posição, caindo para a quinta posição devido ao estreante Chappie, que ficou no quarto lugar

Fast and Furious 7 New Picture (2)

Vin Diesel em cena de VELOZES E FURIOSOS 7

Pela terceira vez consecutiva, Velozes e Furiosos 7 liderou todos os rankings de bilheteria, tendo terminado o domingo com uma ótima renda no Brasil, mesmo com a queda significativa de cerca de 40% em relação ao fim de semana anterior. Com R$ 17 milhões arrecadados, a ação mais uma vez se isolou na liderança dos mais rentáveis. Mesmo estando em sua terceira semana em cartaz, o filme ainda conseguiu levar cerca de um milhão de espectadores aos cinemas, que somam um público total de 7 milhões. No total, Velozes e Furiosos 7 já acumula mais de R$ 103 milhões em renda no Brasil.

2

Lily James em cena de CINDERELA.

A adaptação do famoso conto de fadas Cinderela manteve-se na segunda colocação, mesmo com uma queda de aproximadamente 35%, terminando o domingo com uma renda de cerca de R$ 3,9 milhões. Em sua quarta semana em cartaz no país, Cinderela continua com bons resultados, já tendo acumulado uma bilheteria de R$ 40 milhões e um público de aproximadamente 3,3 milhões de espectadores.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Com uma queda de 30%, Cada Um na Sua Casa, assim como os dois primeiros, também sustentou a sua posição. Em sua segunda semana em cartaz, a animação ficou bem próxima de Cinderela, com uma renda de cerca de R$ 3,6 milhões, sendo que acumula atualmente um público aproximado de 900 mil espectadores. No total, Cada Um na Sua Casa soma uma renda de R$ 12,1 milhões no Brasil.

Cartaz de CHAPPIE.

Banner de CHAPPIE.

Mesmo estreando na quarta colocação do ranking, a sci-fi Chappie chegou bem ao país, conseguindo um bom resultado para um filme exibido em apenas 278 salas. Distribuído pela Sony, Chappie terminou os seus primeiros quatro dias no país com uma arrecadação de R$ 1,8 milhões, tendo levado cerca de 135 mil espectadores aos cinemas.

Cena de INSURGENTE.

Cena de INSURGENTE.

Na quinta colocação ficou Insurgente, após uma queda de cerca de 45%, perdendo por aproximadamente R$ 500 mil em renda para o estreante Chappie. A ficção arrecadou cerca de R$ 1,3 milhões de quinta, 16, à domingo, 19, levando cerca de 95 mil espectadores aos cinemas nesse período. No total, Insurgente acumula uma renda de R$ 37 milhões, em sua quinta semana em cartaz, e um público de cerca de 2,65 milhões.

Confira abaixo a tabela com os dez melhores.

RBRA-16-2015

Veja o trailer de Chappie.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – VELOZES E FURIOSOS 7 continua em primeiro

Novamente em primeiro, Velozes e Furiosos 7 caiu pouco, conseguindo manter a ótima arrecadação obtida no fim de semana anterior. A ação estreou na China no domingo, com uma renda extraordinária, que respondeu por quase 40% de toda a arrecadação do fim de semana no mercado internacional. Cinderela não conseguiu segurar a renda anterior, caindo cerca de 50% e perdendo a segunda colocação para a animação Cada Um na Sua Casa. Kingsman: Serviço Secreto e Insurgente permaneceram respectivamente na quarta e quinta colocações

Paul Walker, recentemente falecido, em cena de VELOZES & FURIOSOS 7.

Paul Walker, recentemente falecido, em cena de VELOZES E FURIOSOS 7

Mesmo obtendo uma renda incrível em seu fim de semana de estreia, cerca de US$ 240 milhões, Velozes e Furiosos 7 não caiu muito na sua segunda semana, apenas 18%, terminando o domingo com US$ 195 milhões. Grande parte da arrecadação foi devido à estreia na China no domingo, quando o filme conseguiu arrecadar um valor recorde em apenas um dia no país, cerca de US$ 68,8 milhões. No total, a ação estrelada por Paul Walker e Vin Diesel já acumula cerca de US$ 548 milhões no mercado internacional.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cada Um na Sua Casa subiu uma posição no ranking, aproveitando a queda de Cinderela. A animação estreou no Brasil e alguns outros países se saindo muito bem e, mesmo registrando uma perda, garantiu a segunda posição ao arrecadar US$ 15,2 milhões no fim de semana, valor do qual cerca de 15% vem do mercado brasileiro, onde foi segundo colocado do ranking nacional, com US$ 2,5 milhões, atrás apenas de Velozes e Furiosos 7, por enquanto imbatível. No total, a animação soma aproximadamente US$ 112 milhões nas bilheterias internacionais.

Cena de CINDERELA.

Lily James, em cena de CINDERELA

Após uma considerável queda de cerca de 50% em relação à semana anterior, Cinderela acabou caindo para o terceiro lugar do ranking, tendo terminado o último domingo com uma renda de US$ 12,6 milhões. Por enquanto, os melhores resultados da adaptação continuam sendo na China, Reino Unido e Itália, onde já arrecadou US$ 69,8, US$ 22,2 e US$ 15,9 milhões, respectivamente. Apenas em sua quinta semana em cartaz no mercado internacional, Cinderela segue com um bom desempenho, já acumulando cerca de US$ 256 milhões em bilheteria.

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO.

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Na quarta colocação ficou Kingsman: Serviço Secreto que está se mantendo graças ao seu ótimo desempenho também na China, onde obteve mais de 85% da renda total deste último fim de semana, cerca de US$ 9 milhões. Kingsman já acumula US$ 70,7 milhões no país asiático, de um total de aproximadamente US$ 267 milhões obtidos no mercado internacional. Já em sua 11ª semana em cartaz, nessa sexta, 17, a ação estreia ainda na Venezuela, esperando uma boa recepção do público no país, mesmo com a demora.

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE.

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE

Assim como Kingsman: Serviço Secreto, Insurgente manteve-se na mesma colocação anterior, fechando o top cinco também com uma renda bem próxima da obtida pela ação, de US$ 7,9 milhões. Com a quantia, a ficção deixa evidente a queda brusca em seu desempenho desde a sua estreia no mercado internacional, ainda em sua quarta semana em cartaz. Ainda sendo exibido em mais de 80 países, cerca de 90% do mercado do cinema, Insurgente alcança atualmente US$ 135 milhões na renda total internacional.

Confira abaixo a tabela do ranking.

RINT-15-2015

Veja o trailer de Insurgente.

Imagem de Amostra do You Tube

MTV MOVIE AWARDS-2015 – OS VENCEDORES

Apresentada pela comediante Amy Schumer sob elegante vestido preto e branco, ocorreu ontem, domingo, 5, a festa de premiação do MTV Movie Awards-2015, dedicados aos melhores trabalhos do cinema para o público jovem dos EUA. A Culpa é das Estrelas foi eleito o melhor filme e Robert Downey Jr. teve a carreira premiada. Pipocas Dourada para ele

Amy Shumer, apresentadora da desta em 2015

Amy Shumer, apresentadora da festa MTV em 2015

O filme de maior votação do público jovem durante a temporada foi A Culpa é das Estrelas (The Fault in our Stars, 2014), de Josh Boone, com Shailene Woodley e Ansel Algort. O fortão Dwayne Johnson fez sátira de todos os demais indicados à principal premiação e o entregou o prêmio a John Green, autor do livro, que encorajou as pessoas que enfrentam situações parecidas com os dos personagens de seu romance.

Confira abaixo toda a premiação.

FILME DO ANO
A culpa é das Estrelas, de Josh Boone

MELHOR ATRIZ
Shailene Woodley – A culpa é das Estrelas

MELHOR ATOR
Bradley Cooper – Sniper Americano

MELHOR ATUAÇÃO ASSUSTADORA
Jennifer Lopez – O garoto da Casa ao Lado

REVELAÇÃO
Dylan O’Brien – Maze Runner

MELHOR ATOR SEM CAMISA
Zac Efron – Vizinhos

MELHOR DUPLA
Zac Efron & Dave Franco – Vizinhos

MELHOR LUTA
Dylan O’Brien vs. Will Poulter – Maze Runner

MELHOR BEIJO
Ansel Elgort & Shailene Woodley – A culpa é das Estrelas

MELHOR MOMENTO “WTF”
Seth Rogen & Rose Byrne – Vizinhos

MELHOR VILÃO
Meryl Streep – Caminhos da Floresta

MELHOR MOMENTO MUSICAL
Jennifer Lawrence – Jogos vorazes: a Esperança – Parte 1

MELHOR ATUAÇÃO CÔMICA
Channing Tatum – Anjos da Lei 2

MELHOR TRANSFORMAÇÃO
Elizabeth Banks – Jogos vorazes: a Esperança – Parte 1

Veja o trailer de A Culpa é das Estrelas.

Imagem de Amostra do You Tube

 

A SÉRIE DIVERGENTE: INSURGENTE – CONTINUAÇÃO NÃO EMPOLGA

Adaptação do segundo livro da trilogia literária escrita por Veronia Roth, Insurgente (Insurgent, 2015), de Robert Schwentke, nos leva de volta ao cenário futurista, dividido em facções, apresentado anteriormente em Divergente (Divergent, 2014), de Neil Burguer, que arrecadou mais de US$ 288 milhões em todo o mundo

Shailene Woodley, em cena de Insurgente (Insurgent, 2015) de Robert Schwentke

Shailene Woodley em cena de INSURGENTE (2015), de Robert Schwentke

Os riscos para Tris (Shailene Woodley) aumentam quando ela decide procurar por aliados e respostas nas ruínas de uma Chicago futurista (embora o filme tenha sido rodado em Atlanta). Ela e Quatro (Theo James) agora são fugitivos, caçados por Jeanine (Kate Winslet), líder da elite Erudição. Eles procuram saber os motivos que fizeram com que a família de Tris sacrificasse suas vidas e por que os líderes da Erudição queriam impedi-los. Assustada pelas escolhas do passado, Tris e Quatro passam a encarar desafios impossíveis a fim de descobrir toda a verdade sobre o passado e também o futuro de seu mundo.

O roteiro de Insurgente é um tanto quanto confuso, talvez por pressupor que boa parte do público já conhece a obra literária. A tentativa é de transformar a saga de aventura juvenil numa saga de ação e ficção científica, mas nem o vencedor do Oscar por Uma Mente Brilhante (A Beautiful Mind, 2002), de Ron Howard, Akiva Goldsman, conseguiu êxito, tornando o filme enfadonho em alguns momentos. Os atores não renderam o seu melhor. Shailene Woodley não convece como heroína, Ansel Elgort parece deslocado, Miles Teller é melhor tocando bateria, Kate Wislet não é plenamente aproveitada e Naomi Watts deixa a desejar. Há uso desmedido de CGI, o 3D escurece e, apesar da profundidade, não seria necessário. Em 2016 tem Convergente – Parte 1 e em 2017 Convergente – Parte 2.

pressupor que

pressupor que

FICHA TÉCNICA

Insurgente (Insurgent)

Estreia: 19/03/2015

Gênero: Aventura, Ficção Científica, Romance

Duração: 120 min.

Origem: Estados Unidos

Direção: Robert Schwentke

Roteiro: Akiva Goldsman, Brian Duffield, Mark Bomback

Distribuidor: Paris Filmes

Classificação: 12 anos

Ano: 2015

 

Confira trailer de Insurgente:

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – INSURGENTE estreia na liderança

Continuação da ficção estrelada por Shailene Woodley, Insurgente, estreou na primeira colocação do ranking internacional, tendo obtido certo crescimento em relação ao primeiro filme da série. O conto de fadas Cinderela veio logo em seguida, ficando isolado no topo junto ao primeiro colocado, ambos com renda maior que US$ 40 milhões. A animação estreante Cada Um na Sua Casa ficou com a medalha de bronze, enquanto Busca Implacável 3 subiu para o quarto lugar, após sua boa estreia na China. Kingsman: Serviço Secreto encerrou a lista dos cinco primeiros colocados

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE

A continuação da sci-fi juvenil Divergente, o filme Insurgente, estreou na primeira colocação do ranking internacional com uma boa renda, cerca de US$ 47 milhões. Estrelada por Shailene Woodley (A Culpa é das Estrelas), a sequência obteve um melhor desempenho em sua estreia que o primeiro filme da série em vários países, dentre eles Brasil, França, Reino Unido, México e Holanda. Somando com o faturamento nos Estados Unidos e CanadáInsurgente já ultrapassa os US$ 100 milhões em bilheteria.

Cena de CINDERELA

Cena de CINDERELA

Cinderela terminou o fim de semana na vice-liderança com uma arrecadação de US$ 41,4 milhões, resultado bem próximo ao obtido por Insurgente. Na Itália, o filme já conseguiu chegar ultrapassar a renda total obtida por Oz: Mágico e Poderoso no país. Estando ainda em sua segunda semana em cartaz no mercado internacional, a animação já acumula uma renda total de US$ 131 milhões.

Cena de CADA UM NA SUA CASA

Cena de CADA UM NA SUA CASA

A animação Cada Um na Sua Casa, cuja voz principal é feita pelo ator Jim Parsons (intérprete do famoso personagem Sheldon da série The Big Bang Theory), também se deu em sua estreia e garantiu o terceiro lugar do ranking. Lançado em apenas nove países, Cada Um na Sua Casa alcançou um faturamento de US$ 19,2 milhões até o domingo. No Reino Unido, conseguiu US$ 9,3 milhões, quase 50% da renda total obtida no fim de semana, tornando-se o filme da DreamWorks Animation com melhor estreia no país, fora a franquia de Shrek.

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

A ação estrelada por Liam Neeson, Busca Implacável 3, voltou a ficar entre os cinco primeiros após sua estreia na China, onde obteve US$ 18 milhões em todo o fim de semana, cerca de 97% da renda total de sexta a domingo por lá. Somando com a quantia obtida nos outros cinco países em que está em cartaz, o resultado chega a US$ 18,6 milhões. Com a boa abertura na China, Busca Implacável 3 agora acumula US$ 224 milhões nas bilheterias internacionais.

Colin Firth, em cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Colin Firth, em cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Estrelado pelo famoso ator vencedor do Oscar por O Discurso do Rei, Colin Firth, Kingsman: Serviço Secreto perdeu um pouco o fôlego em relação ao fim de semana passado, tendo caído da terceira para a quinta colocação, após obter uma renda de US$ 8,5 milhões. Atualmente, o faturamento do filme no mercado internacional é de US$ 181 milhões.

Confira os 10 melhores do ranking internacional nesse último fim de semana.

INTERNACIONAL-12-2015

Veja o trailer de Cada Um na Sua Casa.

Imagem de Amostra do You Tube