SAG-2017 – OS INDICADOS

O Screen Actores Guild-SAG, o Sindicato dos Atores de Hollywood, divulgou a lista dos filmes que concorrem aos prêmios de melhores de 2016 para Cinema e Televisão. Manchester à Beira-Mar lidera as indicações para Cinema e as séries The Crown, The People vs O. J. Simpson: American Crime Story, e Stranger Things para a televisão

Indicadas a Melhor Atriz Foto: reprodução/instagram

Indicadas a Melhor Atriz de Série Dramática – Foto: reprodução/instagram

Este é um prêmio muito especial porque é representa a escolha dos atores e atrizes de Hollywood. Lembrando que é esse mesmo contingente que ele os seus escolhidos para o Oscar, daí, quem está nesta lista, pode estar muito bem na endereçada à Academia de Ciências e Artes Cinematográficas. O prêmio será entregue em 29 de janeiro, domingo, em transmissão pela TNT.

Confira a lista completa dos indicados.

CINEMA

Melhor Elenco em Filme
Capitão Fantastico
Fences
Estrelas Além do Tempo
Manchester by the Sea
Moonlight

Veja o trailer de Capitão Fantástico.

Melhor Ator
Casey Affleck – Manchester à Beira-Mar
Andrew Garfield – Até o Último Homem
Ryan Gosling – La La Land – cantando Estações
Viggo Mortensen – Capitão Fantástico
Denzel Washington – Fences

Melhor atriz
Amy Adams – A Chegada
Emily Blunt – A Garota no Trem
Natalie Portman – Jackie
Emma Stone – La La Land: Cantando Estações
Meryl Streep – Florence, Quem é Essa Mulher?

Melhor ator coadjuvante
Mahershala Ali – Moonlight
Jeff Bridges – A Qualquer Custo
Hugh Grant – Florence, Quem é Essa Mulher?
Lucas Hedges – Manchester à Beira-Mar
Dev Patel – Lion – uma Jornada Para Casa

Veja o trailer de A Qualquer Custo.

Melhor atriz coadjuvante
Viola Davis – Fences
Naomie Harris – Moonlight
Nicole Kidman – Lion – uma Jornada Para Casa
Octavia Spencer – Estrelas Além do Tempo
Michelle Williams – Manchester à Beira-Mar

TELEVISÃO

Melhor elenco de série dramática
The Crown
Downton Abbey
Game of Thrones
Stranger Things
Westworld

Melhor atriz de série dramática
Millie Bob Brown – Stranger Things
Claire Foy – The Crown
Thandie Newton – Westworld
Winona Ryder – Stranger Things
Robin Wright – House of Cards

Veja o trailer de The Crown.

Melhor ator de série dramática
Sterling K. Brown – This Is Us
Peter Dinklage – Game of Thrones
John Lithgow – The Crown
Rami Malek – Mr. Robot
Kevin Spacey – House of Cards

Melhor elenco de série cômica
The Big Bang Theory
Black-ish
Modern Family
Orange Is The New Black
Veep

Melhor atriz de série cômica
Uzo Aduba – Orange Is The New Black
Jane Fonda – Grace & Frankie
Ellie Kemper – Unbreakable Kimmy Schmidt
Julia Louis-Dreyfus – Veep
Lily Tom – Grace & Frankie

Melhor ator de série cômica
Anthony Anderson – Black-ish
Tituss Burgess – Unbreakable Kimmy Schmidt
Donald Glover – Atlanta
William H. Macy – Shameless
Jeffrey Tambor – Transparent

Melhor atriz em minissérie ou filme feito para a TV
Bryce Dallas Howard – Black Mirror
Felicity Huffman – American Crime
Audra MacDonald – Lady Day at Emerson’s Bar & Grill
Sarah Paulson – The People vs O.J. Simpson: American Crime Story
Kerry Washington – Confirmation

Melhor ator em minissérie ou filme feito para a TV
Riz Ahmed – The Night Of
Sterling K. Brown – The People vs O.J. Simpson: American Crime Story
Bryan Cranston – All The Way
John Turturro – The Night Of
Courtney B. Vance – The People vs O.J. Simpson: American Crime Story

Veja um comentário sobre a série The Night Off.

 

GLOBO DE OURO-2017 – OS INDICADOS E BRASIL DE FORA

Não tem jeito. O Brasil faz bons filmes, ganham destaque internacional, mas não conseguem ascensão nas importantíssimas premiações do cinema dos EUA. O qual, a bem da verdade, neste ano, deslanchou mais uma vez com o cinema independente, com ótimas surpresas, muitas delas presentes nas indicações às estatuetas do Globo de Ouro. E bota surpresas nisso. Enquanto o musical La La Land – Cantando Estações e o drama racial Moonlight dominam as indicações, há ausências nas principais categorias, de filmes que a imprensa estadunidense estabelece como incompreensíveis, como as de Silêncio, de Martin Scorsese, A Chegada, de Denis Villeneuve, e Sully – o Herói do Rio Hudson, de Clint Eastwood (produções de grandes estúdios); e Loving, de Jeff Nichols. Agora é acompanhar os que estão chegando aos cinemas brasileiros

Os indicados a categoria de Melhor Filme em 2016

Os indicados a categoria de Melhor Filme em 2016

O Globo de Ouro é o prêmio da Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood. Para uns, é mais importante do que o Oscar da Academia de Ciências e Artes Cinematográficas de Hollywood, que é o prêmio da indústria e nas últimas duas décadas tem se tornado a festa do cinema independente. Nesta 74ª edição não será diferente. A premiação se concentra, em quase 100%, as suas indicações aos filmes produzidos pelos estúdios e médios, aqueles que propduzem com pequenos orçamentos e envergadura de obras de arte.

La La land – cantando Estações, ganhador de prêmios em Veneza e Toronto, além dos da crítica, indicado para melhor musical ou comédia, realizado com estimados US$ 30 milhões, está presente em 7 categorias, entre elas, melhor filme, diretor, roteiro, ator, Ryan Gosling, e atriz, Emma Stone. A história aborda o relacionamento entre um pianista de jazz (Gosling) e uma atriz iniciante (Stone) que têm de lidar com a paixão e equilibrar as dificuldades da luta pela ascensão profissional.

Em seguida, com 6 indicações, surge Moonlight, escrito e dirigido por Barry Jenkins, um drama racial que conquistou 31 prêmios, o British Independent Awards, o Hollywood Film Awards, o National Film Board e os festivais de Toronto, Nova York e de Mar Del Plata, na Argentina. No Globo de Ouro, compete nas categorias de filme dramático, diretor, roteiro e ator (Mahershala Ali) e atriz coadjuvantes (Naomie Harris). No enredo, o despertar da homossexualidade em um jovem negro.

Em 5º lugar aparece o aclamado Manchester à Beira-Mar, que tem pelo menos uma cartada certa: Casey Affleck, vencedor de quase todos os prêmios da categoria de ator, no ano. Outras boas surpresas, as indicações de Viola Davis e Denzel Washington por Fences, obra de estreia de Denzel na direção, que aborda o processo de humanização de um violento chefe de família negro. Aliás, este foi o ano em que o Cinema estadunidense entrou nas telças para retratara discriminação e a violência contra os negros em 3 filmes notáveis: Moonlight, Fences e Loving.

Ryan Gosling e Emma Stone em LA LA LAND 0 CANTANDO ESTAÇÕES (2016)): favorito ao Globo de Ouro

Ryan Gosling e Emma Stone em LA LA LAND – CANTANDO ESTAÇÕES (2016)): favorito ao Globo de Ouro

OS ESNOBADOS DE LÁ

A relação dos indicados trouxe surpresas nas ausências de filmes como Silêncio, a obra religiosa de Martin Scorsese; A Chegada, a celebrada ficção científica de Denis Villeneuve, além de produções elogiadas como Miss Sloane, de John Madden, e The Edge of Seventeen, de Kelly Fremon Craig, entre outros. Mas, o maior perdedor foi mesmo o drama real Sully – o Heróis do Rio Hudson, de Clint Eastwood, cuja atuação brilhante de Tom Hanks era dada como indicação certa. Quanto a Loving, de Jeff Nichols, que conta a história real de um homem branco perseguido na sociedade da década de 30 por se casar com uma mulher negra, foi engolido pela maior exposição de Moonlight.

OS ESNOBADOS DE CÁ

Inicialmente com 3 representantes, o oficial Pequeno Segredo, de David Schurmann, o polêmico Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, e o intruso Chatô – o Rei do Brasil, de Guilherme Fontes, nenhum ficou na seleção final para a categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira, que tem como destaque a França com 3 títulos: Divines, de Houda Benyamina, que conta a história de uma jovem negra de um bairro pobre e religioso de Paris que empreende uma subida na vida a qualquer custo; Elle, a polêmica obra que trata da violência sexual contra as mulheres e que tem na atuação de Isabelle Huppert um de seus esteios; e O Apartamento, a coprodução com o Irã dirigida por Asghar Farhady. Surpreende, ainda a presença de Neruda, a decantada obra do chileno Pablo Larrain. O mais aguardado está lá: o alemão Toni Erdman, de Karen Ade, inegavelmente, o favorito.

Nas categorias menores, há justas menções a obras pequenas e ganhadoras de prêmios e elogios da crítica como o australiano Lion – uma Jornada Para Casa (Lion, 2016), de Garth Davis, que deu indicações para os seus atores centrais, o indiano Dev Patel e a australiana Nicole Kidman; o independente Até o Último Homem (Hacksaw Ridge, 2016), elogiadíssimo drama de guerra com cunho religioso que trouxe Mel Gibson à tona e lhe trouxe uma indicação a Melhor Diretor e a Melhor Ator, Andrew Garfield, o ex-homem-Aranha.

Veja o trailer de Leion – uma Jornada Para Casa.

ESTREIAS NO BRASIL

Confira as datas de estreias dos indicados ao Globo de Ouro:

Já lançados
Cães de Guerra
Deadpool
Florence – quem é esta Mulher?
Kubo e as Cordas Mágicas
Sing – quem Canta Seus Males Espanta

Em Cartaz
A Chegada
Elle
Moana
Neruda
Sully – o Herói do Rio

Em lançamento

24 de dezembro
Capitão Fantástico

29 de dezembro
Animais Noturnos (EUA), de Tom Ford

05 de Janeiro
A Qualquer Custo (EUA), de David Mackenzie
O Apartamento (França/Irã), de Asghar Farhady
12 de Janeiro
Até o Último Homem (EUA), de Mel Gibson
Manchester à Beira-Mar (EUA), de Kenneth Lonnergan

19 de janeiro
La La Land – cantando Estações (EUA), de Damien Chazelle
Estrelas Além do Tempo (EUA), de Theodore Melfi

02 de fevereiro
Miss Sloane
The Edge of Seventeen

09 de fevereiro
Lion – uma Jornada Para Casa

23 de fevereiro
Ouro e Cobiça

02 de Março
Jackie

Confira o trailer de Jackie.

Sem data
20th Century Women
Divines
Fences
Loving
O Lagosta
Rules Don’tApply
Singer Street
Toni Erdman

A ENTREGA

No dia 8 de janeiro, o hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, será o palco para a entrega do Globo de Ouro, edição 74, com apresentação de Jimmy Fallon. Meryl Streep, que já tem 8 prêmios somente nos EUA, receberá o prêmio Cecil B. DeMille, homenagem para aqueles que dedicaram o seu talento para a indústria de Cinema dos EUA.
Confira a lista completos dos indicados : Cinema e Tewlevisão.

CINEMA

Filme – drama
A Qualquer Custo (Hell or High Water, EUA, 2016), de David MacKenzie
Até o Último Homem (Hacksaw Ridge, EUA, 2016), de Mel Gibson
Lion: Uma Jornada Para Casa (Lion, Austrália, 20156), de Garth Davis
Manchester à Beira-Mar (Manchester by the Sea, EUA,  2016), de Kenneth Lonnergan
Moonlight (Moonlight, EUA, 2016), de Barry Jenkins

Veja o trailer de A Qualquer Custo.

Filme – comédia ou musical
20th Century Women (2016), de Mike Mills
Deadpool (2016), de Tim Miller
Florence: quem é Essa Mulher? (Florence Foster Jenklins, 2016), de Stephen Frears
La La Land – Cantando Estações (La La Land, 2016), de Damien Chazelle
Sing Street (2016), de John Carney

Melhor Diretor
Damien Chazelle, La La Land – Cantando Estações
Tom Ford, Animais Noturnos
Mel Gibson, Até o Último Homem
Barry Jenkins, Moonlight
Kenneth Lonergan, Manchester à Beira-Mar

Atriz – drama
Amy Adams, A Chegada
Jessica Chastain, Miss Sloane – Armas na Mesa
Isabelle Huppert, Elle
Ruth Negga, Loving
Natalie Portman, Jackie

Veja o trailer de Miss Sloane – Armas na Mesa.

Ator – drama
Casey Affleck, Manchester À Beira-Mar
Joel Edgerton, Loving
Andrew Garfield, Até o Último Homem
Ryan Gosling, La La Land – Cantando Estações
Viggo Mortensen, Capitão Fantástico
Denzel Washington, Fences

Atriz – comédia ou musical
Annette Bening, 20th Century Women
Lily Collins, Rules Don’t Apply
Hailee Steinfeld, The Edge of Seventeen
Emma Stone, La La Land – cantando Estações
Meryl Streep, Florence: quem é essa mulher?

Ator – comédia e musical
Colin Farrell, O Lagosta
Ryan Gosling, La La Land: Cantando Estações
Hugh Grant, Florence: quem é Essa Mulher?
Jonah Hill, Cães de Guerra
Ryan Reynolds, Deadpool

Atriz coadjuvante
Viola Davis, Fences
Naomie Harris, Moonlight
Nicole Kidman, Lion – Uma Jornada Para Casa
Octavia Spencer, Hidden Figures
Michelle Williams, Manchester à Beira-Mar

Veja o trailer de Estrelas Além do Tempo.

Ator coadjuvante
Mahershala Ali, Moonlight
Jeff Bridges, A Qualquer Custo
Simon Helberg, Florence: quem é Essa Mulher?
Dev Patel, Lion: Uma Jornada Para Casa
Aaron Taylor-Johnson, Animais Noturnos

Filme estrangeiro
Divines (França), de Uda Bediamina
Elle (França), de Paul Verhoeven
Neruda (França), de Pablo Larrain
O Apartamento (Irâ/França), de Asghar Farhady
Toni Erdmann (Alemanha), de Maren Ade

Animação
Kubo e as Cordas Mágicas (EUA, 2016), de Travis Knight
Moana – um Mar de Aventuras (EUA, 2016), de John Musker e Ron Clements
Ma Vie de Courgette (França, 2016), de Claude Barras
Sing – quem Canta os Seus Males Espanta (EUA, 2016), de Garth Jennings e Christophe Lourdelet
Zootopia (EUA, 2016), de Byron Howard e Rish Moore

Roteiro
Damien Chazelle, La La Land – Cantando Estações
Tom Ford, Animais Noturnos
Barry Jenkins, Moonlight
Kenneth Lonnergan, Manchester à Beira-Mar
Taylor Sheridan, A Qualquer Custo

Canção Original
“Can’t Stop This Feeling”, Trolls
“City of Stars”, La La Land
“Faith”, Sing – quem canta os seus Males Espanta
“Gold”, Ouro e Cobiça
“How Far I’ll Go”, Moana

Conheça o trailer de Ouro e Cobiça.

Trilha original
Hans Zimmer, Pharrell Williams, Benjamin Wallfisch, Estrelas Além do Tempo
Nicholas Britell, Moonlight
Justin Hurwitz, La La Land – Cantando Estações
Johann Johannsson, A Chegada
Dustin O’Halloran, Hauschka, Lion – uma Jornada Para Casa

CATEGORIAS DE TELEVISÃO

Série de drama
Stranger Things
The Crown
Game of Thrones
Westworld
This Is Us

Série de comédia ou musical
Atlanta
Blackish
Mozart in the Jungle
Transparent
Veep

Minissérie ou filme feito para a TV
American Crime
The Dresser
The Night Manager
The Night Of
People v. O J: Simpson: the american crime story

Ator em série dramática
Rami Malek, Mr. Robot
Bob Odenkirk, Better Call Saul
Matthew Rhys, The Americans
Liev Schreiber, Ray Donovan
Billy Bob Thornton, Goliat

Veja o trailer de Mr. Robot.

Melhor ator em comédia
Anthony Anderson, Black-ish”
Gael Garcia Bernal, Mozart in the Jungle
Donald Glover, Atlanta
Nick Nolte, Graves
Jeffrey Tambor, Transparent

Atriz de série dramática
Caitriona Balfe, Outlander
Claire Foy, The Crown
Kerry Russell, The Americans
Winona Ryder, Stranger Things
Evan Rachel Wood, Westworld”

Ator em minissérie ou filme feito para a TV
Riz Ahmed, The Night of
Bryan Cranston, All the Way
Tom Hiddleston, The Night Manager
John Turturro, The Night of
Courtney B. Vance, The People v. O.J. Simpson: American Crime Story

Veja o trailer de The People v. O.J. Simpson: American Crime Story

Atriz em série de comédia ou musical
Rachel Bloom, Crazy Ex-Girlfriend
Julia Louis Dreyfus, Veep
Sarah Jessica Parker, Divorce
Issa Era, Insecure
Gina Rodriguez, Jane the Virgin
Tracee Ellis Ross, Black-ish

Ator em minissérie ou filme feito para a TV
Riz Ahmed, The Night Of
Bryan Cranston, All the Way
John Turturro, The Night Of
Tom Hiddleston, Night Manager
Courtney B. Vance, People v. O.J. Simpson: American Crime Story

Ator em série dramática
Rami Malek, Mr. Robot
Bob Odenkirk, Better Call Saul
Matthew Rhys, The Americans
Liev Schreiber, Ray Donovan
Billy Bob Thornton, Goliath

Atriz em minissérie ou filme feito para a TV
Felicity Huffman, American Crime
Riley Keough, The Girlfriend Experience
Sarah Paulson, People v. O.J. Simpson: American Crime Story
Charlotte Rampling, London Spy
Kerry Washington, Confirmation

Conheça o trailer de London Spy.

Melhor atriz coadjuvante de TV
Olivia Colman, The Night Manager
Lena Headey, Game of Thrones
Chrissy Metz, This Is Us
Mandy Moore, This Is Us
Thandie Newton, Westworld

Melhor ator coadjuvante de TV
Sterling K. Brown, The People v. O.J.: American Crime Story
Hugh Laurie, The Night Manager
John Lithgow, The Crown
Christian Slater, Mr. Robot
John Travolta, The People v. O.J.: American Crime Story

Melhor ator de comédia e musical
Anthony Anderson, Black-ish
Gael Garcia Bernal, Mozart in the Jungle
Donald Glover, Atlanta
Nick Nolte, Graves
Jeffrey Tambor, Transparent

Conheça o trailer de Até o Último Homem.

 

 

PREMIAÇÕES DE HOLLYWOOD/2015 – QUE HORAS ELA VOLTA? NO CRITICS CHOICE E FORA DO OSCAR

Que Horas Ela Volta? obteve, nesta semana, nos EUA, uma boa notícia e uma má notícia. A boa: no início da semana recebeu a indicação do Critics’ Choise Awards, a premiação da Broadcast Film Critics Association-BFCA, a qual reúne cerca de 250 analistas de filmes dos EUA e do Canadá, para concorrer ao Prêmio de Melhor Filme Estrangeiro. A má notícia: na noite de ontem, a Academia de Ciências e Artes Cinematográficas de Hollywood o colocou fora da disputa ao Oscar da mesma categoria.  manhã desta feira 

Regina Casé em QUE HORAS ELA VOLTA?, de Ana Muylaert: indicado a melhor filme estrangeiro

Regina Casé em QUE HORAS ELA VOLTA?, de Ana Muylaert: indicado a melhor filme estrangeiro

Oscar, Globo de Ouro e César. Estas são, pela ordem, as mais importantes premiações do cinema internacional. O Critics Choise Awards vem em seguida. Para a seleção dos filmes à premiação, um Conselho dirige os trabalhos e chega a relação final. E acompanhando uma tendência internacional, Max Mad: Estrada da Fúria, de George Miller, lidera com indicações em 13 categorias. Revele-se que, nessa tendência mundial, o filme foi eleito o melhor do ano em vários países. Será que é filme para tudo isso? Avalio que não. Perdido em Marte, em termos de futurismo, é bem importante, mais cerebral, menos visionário. Ambos equilibram 2 temas fundamentais para o homem e a ciência: a conquista de Marte e a posse da água, seja aqui, seja nos planetas alhures. Mas, bem tudo, pois de qualquer forma a ficção-científica, no Cinema, está obtendo prêmios e destaques, deixando o preconceito para trás.

Mas, o que nos interessa, aqui, é a relação dos indicados a Melhor Filme Estrangeiro pela associação dos críticos dos EUA e do Canadá.

Confira os 9 candidatos que continuam na disputa ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro-2015. Dessa lista aí,  4 serão eliminados.  Todos os indicados serão anunciados em 14 de janeiro.

O Novíssimo Testamento (Le tout nouveau testament, Bélgica), de Jaco Van Dormael
O Abraço da Serpente (El abrazo de la serpiente, Colômbia), de Ciro Guerra
A War (Krtigen, Dinamarca), de Tobias Lindholm
O Esgrimista (Miekkailija, Finlândia), de Klaus Härö
5 Graças (Mustang, Turquia-França-Qatar-Alemanha), de Deniz Gamze Ergüven
Labirinto de Mentiras (Im Labyrinth des Schweigens, Alemanha), de Giulio Ricciarelli
Filho de Saul (Saul Fia, Hungria), de László Nemes – Hungria
Viva (Irlanda), de Paddy Breathnach
Theeb (Emirados Árabes-Qatar-Jordânia-Reino Unido), de Naji Abu Nowar

E, ainda, há novidades quanto aos indicados aos prêmios de interpretação masculina. Você imaginaria que 2 dos atores de Hollywood mais apedrejados pelos críticos, em sua maioria, um dia ganharam indicações entre os 5 melhores do ano? Pois é. Sylvester Stallone e Jason Statham, dois astros de filmes porreteiros ganharam indicações. O primeiro, Sylvester Stallone, indicado a ator coadjuvante por sua atuação, aliás, elogiadíssima pela crítica, por Creed: nascido Para Lutar. Aliás, há quem diga que o nome dele pode aparecer na lista do Oscar – e seria a segunda vez. E Jason Statham ganhou indicação, como melhor ator de comédia por A Espiã que Sabia Demais.

Na área da televisão, a série Fargo obteve 8 indicações, lembrando que a entrega será em 17 de janeiro, um domingo.

Charlize Theron, Riley Keough, Zoë Kravitz, Abbey Lee e Courtney Eaton em MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA (2015), de George Miller: indicado a melhor filme

Charlize Theron, Riley Keough, Zoë Kravitz, Abbey Lee e Courtney Eaton em MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA (2015), de George Miller: indicado a melhor filme

Confira todos os indicados de CINEMA.

MELHOR FILME
A Grande Aposta
Ponte dos Espiões
Brooklyn
Carol
Mad Max: estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
O Quarto de Jack
Sicario: terra de Ninguém
Spotlight: segredos Revelados

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
Anomalisa
O Bom Dinossauro
Divertida Mente
Peanuts: o Filme
Shaun: o Carneiro

MELHOR FILME DE AÇÃO
Velozes e Furiosos 7
Jurassic World
Mad Max: estrada da Fúria
Missão Impossível – nação Secreta
Sicario

INDICADOS AO OSCAR-2015 DE FILME ESTRANGEIRO

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
A Assassina (Nie yin niang, China), de Hou Hsiao-Hsien
Boa Noite, Mamãe! (Ich seh, ich seh, Áustria), de Severin Fiala e Veronika Franz
5 Graças (Mustang, Turquia-França-Qatar-Alemanha), de Deniz Gamze Ergüven
O Filho de Saul (Saul Fia, Hungria), de László Nemes
Que Horas Ela Volta? (Brasil), de Ana Muylaert

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Amy
Cartel Land
Going Clear: scientology and the Prison of Belief
Malala
The Look of Silence
Where to Invade Next

MELHOR DIRETOR
Todd Haynes – Carol
Alejandro González Iñárritu – O Regresso
Tom McCarthy – Spotlight
George Miller – Mad Max: estrada da Fúria
Ridley Scott – Perdido em Marte
Steven Spielberg – Ponte dos Espiões

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Ponte dos Espiões
Ex Machina
Os 8 Odiados
Divertida Mente
Spotlight

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
A Grande Aposta
Brooklyn
Perdido em Marte
O Quarto de Jack
Steve Jobs

MELHOR ELENCO
A Grande Aposta
Os 8 Odiados
Spotlight
Straight Outta Compton
Trumbo: Lista Negra

MELHOR ATOR
Bryan Cranston – Trumbo: Lista Negra
Matt Damon – Perdido em Marte
Johnny Depp – Aliança do Crime
Leonardo DiCaprio – O Regresso
Michael Fassbender – Steve Jobs
Eddie Redmayne – A Garota Dinamarquesa

MELHOR ATRIZ
Cate Blanchett – Carol
Brie Larson – O Quarto de Jack
Jennifer Lawrence – Joy: o Nome do Sucesso
Charlotte Rampling – 45 Anos
Saoirse Ronan – Brooklyn
Charlize Theron – Mad Max: estrada da Fúria

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Paul Dano – Love & Mercy
Tom Hardy – O Regresso
Mark Ruffalo – Spotlight
Mark Rylance – Ponte dos Espiões
Michael Shannon – 99 Homes
Sylvester Stallone – Creed: nascido Para Lutar

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Jennifer Jason Leigh – Os 8 Odiados
Rooney Mara – Carol
Rachel McAdams – Spotlight
Helen Mirren – Trumbo: Lista Negra
Alicia Vikander – A Garota Dinamarquesa
Kate Winslet – Steve Jobs

MELHOR ATOR/ATRIZ JOVEM
Abraham Attah – Beasts of No Nation
RJ Cyler – Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer
Shameik Moore – Um Deslize Perigoso
Milo Parker – Mr. Holmes
Jacob Tremblay – O Quarto de Jack

MELHOR FOTOGRAFIA
Carol
Os 8 Odiados
Mad Max: estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Sicario

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
Ponte dos Espiões
Brooklyn
Carol
A Garota Dinamarquesa
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte

MELHOR MONTAGEM
A Grande Aposta
Mad Max: estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Spotlight

MELHOR FIGURINO
Brooklyn
Carol
Cinderela
A Garota Dinamarquesa
Mad Max: estrada da Fúria

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM
Aliança do Crime
Carol
A Garota Dinamarquesa
Os 8 Odiados
Mad Max: estrada da Fúria
O Regresso

MELHOR EFEITOS VISUAIS
Ex Machina
Jurassic World: o Mundo dos Dinossauros
Mad Max: estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
A Travessia

MELHOR ATOR EM FILME DE AÇÃO
Daniel Craig – 007 Contra Spectre
Tom Cruise – Missão Impossível – Nação Secreta
Tom Hardy – Mad Max: estrada da Fúria
Chris Pratt – Jurassic World
Paul Rudd – Homem-Formiga

MELHOR ATRIZ EM FILME DE AÇÃO
Emily Blunt – Sicario
Rebecca Ferguson – Missão Impossível – nação Secreta
Bryce Dallas Howard – Jurassic World
Jennifer Lawrence – Jogos Vorazes: a Esperança – o Final
Charlize Theron – Mad Max: estrada da Fúria

MELHOR COMÉDIA
A Grande Aposta
Divertida Mente
Joy: o Nome do Sucesso
Irmãs
A Espiã que Sabia Demais
Descompensada

MELHOR ATOR EM COMÉDIA
Christian Bale – A Grande Aposta
Steve Carell – A Grande Aposta
Robert De Niro – Um Senhor Estagiário
Bill Hader – Descompensada
Jason Statham – A Espiã que Sabia Demais

MELHOR ATRIZ DE COMÉDIA
Tina Fey – Sisters
Jennifer Lawrence – Joy: o Nome do Sucesso
Melissa McCarthy – A Espiã que Sabia Demais
Amy Schumer – Descompensada
Lily Tomlin – Grandma

MELHOR FILME DE FICÇÃO-CIENTÍFICA/TERROR
Ex Machina
Corrente do Mal
Jurassic World
Mad Max: estrada da Fúria
Perdido em Marte

MELHOR CANÇÃO
50 Tons de Cinza – Love Me Like You Do
Velozes e Furiosos 7 – See You Again
The Hunting Ground – Til It Happens To You
Love & Mercy – One Kind of Love
007 Contra Spectre – Writing’s on the Wall
Youth – Simple Song #3

MELHOR TRILHA SONORA
Carol
Os 8 Odiados
O Regresso
Sicario
Spotlight

TELEVISÃO

MELHOR ATOR EM COMÉDIA
Anthony Anderson – Black-ish
Aziz Ansari – Master of None
Will Forte – The Last Man on Earth
Randall Park – Fresh Off the Boat
Fred Savage – The Grinder
Jeffrey Tambor – Transparent

MELHOR ATOR EM DRAMA
Hugh Dancy – Hannibal
Rami Malek – Mr. Robot
Clive Owen – The Knick
Liev Schreiber – Ray Donovan
Justin Theroux – The Leftovers
Aden Young – Rectify

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Wes Bentley – American Horror Story: Hotel
Martin Clunes – Arthur & George
Idris Elba – Luther
Oscar Isaac – Show Me a Hero
Vincent Kartheiser – Saints & Strangers
Patrick Wilson – Fargo

MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA
Rachel Bloom – Crazy Ex-Girlfriend
Aya Cash – You’re the Worst
Wendi McLendon-Covey – The Goldbergs
Gina Rodriguez – Jane the Virgin
Tracee Ellis Ross – Black-ish
Constance Wu – Fresh Off the Boat

MELHOR ATRIZ EM DRAMA
Shiri Appleby – UnREAL
Carrie Coon – The Leftovers
Viola Davis – How to Get Away With Murder
Eva Green – Penny Dreadful
Taraji P. Henson – Empire
Krysten Ritter – Jessica Jones

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Kathy Bates – American Horror Story: Hotel
Kirsten Dunst – Fargo
Sarah Hay – Flesh and Bone
Alyvia Alyn Lind – Dolly Parton’s Coat of Many Colors
Rachel McAdams – True Detective
Shanice Williams – The Wiz Live!

MELHOR COMÉDIA
Black-ish
Catastrophe
Jane the Virgin
Master of None
The Last Man on Earth
Transparent
You’re the Worst

MELHOR DRAMA
Empire
Mr. Robot
Penny Dreadful
Rectify
The Knick
The Leftovers
UnREAL

MELHOR ATRIZ/ATOR CONVIDADO EM COMÉDIA
Ellen Burstyn – Mom
Anjelica Huston – Transparent
Cherry Jones – Transparent
Jenifer Lewis – Black-ish
Timothy Olyphant – The Grinder
John Slattery – Wet Hot American Summer: First Day of Camp

MELHOR ATOR/ATRIZ CONVIDADO EM DRAMA
Richard Armitage – Hannibal
Justin Kirk – Manhattan
Patti LuPone – Penny Dreadful
Margo Martindale – The Good Wife
Marisa Tomei – Empire
B.D. Wong – Mr. Robot

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME
Childhood’s End
Fargo
Luther
Saints & Strangers
Show Me a Hero
The Wiz Live!

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM COMÉDIA
Andre Braugher – Brooklyn Nine-Nine
Jaime Camil – Jane the Virgin
Jay Duplass – Transparent
Neil Flynn – The Middle
Keegan-Michael Key – Playing House
Mel Rodriguez – Getting On

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM DRAMA
Clayne Crawford – Rectify
Christopher Eccleston – The Leftovers
Andre Holland – The Knick
Jonathan Jackson – Nashville
Rufus Sewell – The Man in the High Castle
Christian Slater – Mr. Robot

MELHOR ATORE COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
David Alan Grier – The Wiz Live!
Ne-Yo – The Wiz Live!
Nick Offerman – Fargo
Jesse Plemons – Fargo
Raoul Trujillo – Saints & Strangers
Bokeem Woodbine – Fargo

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM COMÉDIA
Mayim Bialik – The Big Bang Theory
Kether Donohue – You’re the Worst
Allison Janney – Mom
Judith Light – Transparent
Niecy Nash – Getting On
Eden Sher – The Middle

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM DRAMA
Ann Dowd – The Leftovers
Regina King – The Leftovers
Helen McCrory – Penny Dreadful
Hayden Panettiere – Nashville
Maura Tierney – The Affair
Constance Zimmer – UnREAL

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Mary J. Blige – The Wiz Live!
Laura Haddock – Luther
Cristin Milioti – Fargo
Sarah Paulson – American Horror Story: Hotel
Winona Ryder – Show Me a Hero
Jean Smart – Fargo

MELHOR SÉRIE ANIMADA
Bob’s Burgers
BoJack Horseman
South Park
Star Wars Rebels
The Simpsons

Confira o trailer de 5 Graças.

 

Semana 01 – Êxodo: Deuses e Reis

Assim como aconteceu no mercado norte-americano, 2015 chegou com apenas uma novidade nas telonas nacionais, o filme Uma Noite no Museu 3, que terminou por apresentar um forte desempenho nas bilheterias tupiniquins, porém, não tão forte a ponto de desbancar o épico bíblico Êxodo: Deuses e Reis, que permaneceu líder absoluto da lista dos mais rentáveis no país

Christian Bale em cena de ÊXODO: DEUSES E REIS

Christian Bale em cena de ÊXODO: DEUSES E REIS

Sucesso em sua estreia no mercado nacional na semana passada, o épico bíblico Êxodo: Deuses e Reis continuou com tudo nas telonas brasileiras e garantiu mais uma vez a liderança isolada do ranking dos mais rentáveis do fim de semana no país. Ao todo, a versão de Ridley Scott para a história do profeta Moisés adicionou de quinta a domingo mais R$ 11,14 milhões à sua renda total, que agora chega a ótimos R$ 34,19 milhões. Em se tratando de público, Êxodo alcançou a marca de 682 espectadores, o que faz com que o seu total acumulado chegue a 2,21 milhões de pagantes.

Banner internacional de UMA NOITE NO MUSEU 3 (2014), de Shawn Levy

Banner internacional de UMA NOITE NO MUSEU 3 (2014), de Shawn Levy

No segundo lugar aparece o filme-família Uma Noite no Museu 3 (Night at the Museum: Secret of the Tomb), que tirou proveito da combinação “criançada de férias + única estreia da semana” para registrar uma sólida abertura de R$ 7,91 milhões, com um público de 607 mil pessoas.

Assista ao trailer de Uma Noite no Museu 3:

Imagem de Amostra do You Tube

Na trama do novo filme, o vigilante noturno Larry Daley (Ben Stiller) precisa viajar até Londres para encontrar uma maneira de restaurar o poder da placa de Akhmenrah, que começou a se corroer. Owen Wilson (Penetras Bons de Bico), Steve Coogan (Philomena), Dan Stevens (Caçada Mortal), Rebel Wilson (A Escolha Perfeita), Rami Malek (Need for Speed), Ben Kingsley (Homem de Ferro 3) e o já falecido Robin Williams (Uma Babá Quase Perfeita) também estão no elenco.

Cena de OPERAÇÃO BIG HERO

Cena de OPERAÇÃO BIG HERO

A medalha de bronze ficou com a animação Operação Big Hero, que levou 367 mil pessoas aos cinemas e faturou com isso R$ 5,13 milhões. No total, a divertida animação da Disney já rendeu R$ 19,70 milhões no mercado nacional, e foi assistida por 1,49 milhão de brasileiros.

Na esquerda, cena de OS CARAS DE PAU e na direita cena de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS

Na esquerda, cena de OS CARAS DE PAU e na direita cena de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS

Completando a lista dos cinco mais rentáveis estão a comédia nacional Os Caras de Pau em O Misterioso Roubo do Anel e a aventura O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, que arrecadaram respectivamente R$ 4,05 milhões e R$ 2,74 milhões. Em 11 dias, o filme da hilária dupla de seguranças Pedrão (Marcius Melhem) e Jorginho (Leandro Hassum) acumula uma bilheteria de R$ 11,87 milhões, com público de 942 mil espectadores, enquanto que a terceira parte da jornada de Bilbo Bolseiro (Martin Freeman) contabiliza em quatro semanas um faturamento de R$ 47,09 milhões e 3,30 milhões de pagantes.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana no Brasil:

05

Semana 52: O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos

Como já era de se esperar, o terceiro O Hobbit não deu chance à concorrência e venceu de lavada a batalha pela liderança das bilheterias norte-americanas. Outras estreias de porte da semana, a comédia Uma Noite no Museu 3 e o musical Annie, completaram o pódio, enquanto que a produção indiana P.K. surpreendeu ao garantir um espaço na lista dos dez mais rentáveis

Banner international de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS (2014), de Peter Jackson

Banner international de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS (2014), de Peter Jackson

Sucesso absoluto ao redor do planeta, a aventura O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos (The Hobbit: The Battle of the Five Armies), é claro, chegou com bastante força no mercado norte-americano e mostrou que a despedida da Terra Média de fato irá render muito para os executivos da Warner Bros.

Lançado em 3.875 telonas dos Estados Unidos e Canadá na última quarta-feira, 17, a terceira parte da aventura de Bilbo Bolseiro encheu as salas de cinema locais e encerrou os seus cinco primeiros dias em cartaz com um faturamento de US$ 90,62 milhões, valor sem dúvida excelente e que superou, em muito, as expectativas do pessoal da Warner, que apostava em uma arrecadação de US$ 70,00 para o período de quarta a domingo. Houve seis viagens à Terra Media e essa é a última, então se tornou algo importante para as pessoas assistirem o filme. A ação está lá e Peter Jackson fez um filme fabuloso, disse à revista Variety o vice-presidente de distribuição da Warner, Jeff Goldstein, sobre o desempenho de A Batalha dos Cinco Exércitos, que, vale mencionar, alcançou a marca de US$ 56,22 milhões em bilheteria no período de sexta a domingo.

Sendo assim, a dúvida agora é se A Batalha dos Cinco Exércitos seguirá os passos de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (The Hobbit: An Unexpected Journey, EUA, 2012) e chegará à marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, algo que, a julgar pelos US$ 265,00 milhões já arrecadados no mercado internacional, parece totalmente possível.

Confira o trailer de O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos.

Imagem de Amostra do You Tube

Na trama do filme, que já está em cartaz no Brasil, o poderoso dragão Smaug é finalmente derrotado e a notícia de sua morte logo se espalha pela Terra Média, fazendo com que vários interessados nas riquezas de Erebor partam para o local, que acaba se tornando o palco de uma grande batalha entre homens, elfos, anões e orcs.

Banner internacional de UMA NOITE NO MUSEU 3 (2014), de Shawn Levy

Banner internacional de UMA NOITE NO MUSEU 3 (2014), de Shawn Levy

Em um distante segundo lugar aparece a comédia estreante Uma Noite no Museu 3 (Night at the Museum: Secret of the Tomb), que mostrou que a franquia estrelada por Ben Stiller não está mais com essa bola toda ao arrecadar somente US$ 17,30 milhões no fim de semana, resultado que ficou abaixo tanto dos US$ 25 milhões esperados pelos executivos da Fox, quanto das aberturas de Uma Noite no Museu (US$ 30,43 milhões) e Uma Noite no Museu 2 (US$ 54,17 milhões). Mas apesar desses números pouco empolgantes, o pessoal do estúdio parece não ter perdido a esperança ainda. Acreditamos que nos sairemos bem nas próximas semanas, quando a temporada de fim de ano realmente começar. O público que assistiu o filme o amou e isso vai gerar um boca-a-boca positivo, declarou ao The Wrap o presidente de distribuição da Fox, Chris Aronson.

Veja o trailer de Uma Noite no Museu 3:

Imagem de Amostra do You Tube

Com estreia no Brasil agendada para o dia 1º de janeiro, o filme mostra o vigilante noturno Larry Daley (Stiller) tendo que viajar até Londres para encontrar uma maneira de restaurar o poder da placa de Akhmenrah, que começou a se corroer. Owen Wilson (Penetras Bons de Bico), Steve Coogan (Philomena), Dan Stevens (Caçada Mortal), Rebel Wilson (A Escolha Perfeita), Rami Malek (Need for Speed), Ben Kingsley (Homem de Gerro 3) e o já falecido Robin Williams (Uma Babá Quase Perfeita) também estão no elenco.

Banner internacional de ANNIE (2014), de Will Gluck

Banner internacional de ANNIE (2014), de Will Gluck

Logo abaixo de Uma Noite no Museu 3 está a terceira maior estreia da semana, o musical Annie, que não fez feio ao registrar uma abertura de US$ 16,30 milhões, performance que chega como um raiozinho de sol para os executivos da Sony Pictures, que recentemente têm vivido em meio às trevas causadas por ataques de hackers (sai mais aqui).

Assista ao trailer de Annie:

Imagem de Amostra do You Tube

Baseado no musical de sucesso da Broadway, o filme acompanha a história de Annie (Quvenzhané Wallis), uma jovem órfã que vive as maiores aventura quando um rico candidato a prefeito (Jamie Foxx) a convida para passar alguns dias em sua mansão. Cameron Diaz (As Panteras) e Rose Byrne (Vizinhos) completam o elenco do longa, que chega aos cinemas nacionais no dia 12 de fevereiro.

Cena de ÊXODO: DEUSES E REIS

Cena de ÊXODO: DEUSES E REIS

Campeão na semana passada, o épico Êxodo: Deuses e Reis foi completamente ofuscado pelos estreantes e acabou escorregando para a quarta posição, com uma queda expressiva de 67% e US$ 8,06 milhões arrecadados. Assim, com uma bilheteria acumulada no mercado norte-americano somando US$ 38,90 milhões, o filme de Ridley Scott agora está totalmente dependente do mercado internacional para empatar os seus altos custos de produção. Felizmente, Êxodo até que tem sido bem recebido nos cinemas mundiais, já tendo faturado US$ 61,22 milhões.

Cena de JOGOS VORAZES: A ESPERANÇA - PARTE 1

Cena de JOGOS VORAZES: A ESPERANÇA – PARTE 1

O quinto lugar coube à aventura Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, que em sua quinta semana em cartaz fez mais US$ 7,75 milhões. Ao todo, a superprodução da Lionsgate detém uma renda de excelentes US$ 289,27 milhões.

Cena de LIVRE

Cena de LIVRE

Na sequência do ranking está o drama Livre, que vem melhorando o seu desempenho a cada expansão que sofre. Dessa vez, o número de salas em que o filme está sendo exibido pulou para 1.061, o que resultou em um crescimento 171% e um faturamento de US$ 4,15 milhões, quantia que fez com que o longa subisse da décima para a sexta colocação. No total, Livre acumula uma bilheteria de US$ 7,21 milhões.

Banner internacional de P.K. (2014), de Rajkumar Hirani

Banner internacional de P.K. (2014), de Rajkumar Hirani

Por fim, cabe mencionar o resultado da produção bollywoodiana P.K., que estreou em apenas 272 salas de cinema e arrecadou US$ 3,50 milhões, assegurando então o décimo lugar da lista dos dez mais rentáveis. O filme tem sua trama centrada em P.K. (Aamir Khan), um alien que fica preso na Terra e contará com a ajuda de uma bela jovem (Sanjay Dutt) para se ajustar aos costumes do nosso planeta.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

08Veja o trailer de P.K.:

Imagem de Amostra do You Tube