Semana 44 – PERDIDO EM MARTE

Em mais um final de semana de bilheterias fraquíssimas, a sci-fi Perdido em Marte continuou levando a melhor e liderou o ranking novamente. Principais estréias da semana, Pegando Fogo e Especialista em Crise registraram arrecadações pífias e se tornaram pontos baixos das carreiras de Bradley Cooper e Sandra Bullock

Cena de PERDIDO EM MARTE

Cena de PERDIDO EM MARTE

Pela segunda vez consecutiva, a sci-fi Perdido em Marte foi a campeã das bilheterias norte-americanas. De volta ao topo da lista dos mais rentáveis na semana passada devido ao fraco desempenho das estreias, o filme de Ridley Scott se beneficiou novamente da falta de interesse do público pelas novidades em cartaz nas telonas locais e conseguiu manter sua posição, agora com um faturamento de US$ 11,40 milhões. Ao todo, Perdido em Marte acumula uma renda de ótimos US$ 182,80 milhões, o que o deixa a um passo de se tornar a maior bilheteria da carreira de Scott, superando os US$ 187,70 milhões obtidos por Gladiador.

Na esquerda, cena de GOOSEBUMPS e na direita cena de PONTE DOS ESPIÕES

Na esquerda, cena de GOOSEBUMPS e na direita cena de PONTE DOS ESPIÕES

Em segundo e terceiro lugar, também mantendo as suas colocações, estão a comédia de terror Goosebumps: Monstros e Arrepios e o thriller Ponte dos Espiões, que faturaram respectivamente US$ 10,21 milhões e US$ 8,06 milhões. Em três semanas Goosebumps soma uma bilheteria de US$ 57,10 milhões, encostando assim em seu orçamento (US$ 58 milhões), enquanto que Ponte dos Espiões soma no mesmo período US$ 45,20 milhões.

Cena de HOTEL TRANSILVÂNIA 2

Cena de HOTEL TRANSILVÂNIA 2

Na sequência do ranking aparece a animação Hotel Transilvânia 2, que fez US$ 5,83 milhões e subiu da quinta para a quarta posição. No total, o longa animado detém uma renda de US$ 156 milhões, já superando dessa forma os números do filme original, que encerrou sua trajetória nos cinemas norte-americanos com US$ 148,31 milhões.

Banner internacional de PEGANDO FOGO (2015), de John Wells

Banner internacional de PEGANDO FOGO (2015), de John Wells

O quinto lugar coube ao drama estreante Pegando Fogo (Burnt), que, com projeções de abertura apontando para modestos US$ 7 milhões, não conseguiu chegar a tanto e encerrou o final de semana com apenas US$ 5,03 milhões arrecadados, o que representa o terceiro fracasso seguido do ator Bradley Cooper, que neste ano já amargou os péssimos desempenhos de Serena e Sob o Mesmo Céu. É um filme pequeno e nós não gastamos muito dinheiro nele, mas obviamente nós esperávamos mais, declarou à Variety o presidente de distribuição da Weinstein Company, Erik Lomis, sobre a performance de Pegando Fogo, cujo orçamento é estimado em US$ 20 milhões. No Brasil, o filme chega aos cinemas no dia 3 de dezembro.

Banner internacional de ESPECIALISTA EM CRISE (2015), de David Gordon Green

Banner internacional de ESPECIALISTA EM CRISE (2015), de David Gordon Green

Mais abaixo, na oitava colocação, está outra novidade, a dramédia Especialista em Crise (Our Brand is Crisis), que foi outro filme que decepcionou bastante ao faturar nos seus três primeiros dias míseros US$ 3,43 milhões, transformando-se na pior abertura da carreira da atriz Sandra Bullock. Nós estamos orgulhosos do filme, nós tínhamos expectativas maiores e nós estamos obviamente desapontados, disse também à Variety Jeff Goldstein, vice-presidente de distribuição da Warner, estúdio que por sinal não está tendo um bom ano, tendo em vista que Terremoto: A Falha de San Andreas e Mad Max: Estrada da Fúria foram os seus únicos filmes a alcançar à marca de US$ 100 milhões em bilheteria em 2015. Especialista em Crise tem estreia no Brasil agendada para o dia 31 de março de 2016.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

06

Assista ao trailer de Pegando Fogo:

Imagem de Amostra do You Tube