ROGER WATERS: THE WALL – UM ESPETÁCULO DIGNO DA TELA GRANDE

Escrito e dirigido por Roger Waters e Sean Evans, Roger Waters: The Wall (2014) apresenta o show com o lendário músico do Pink Floyd, tocando e cantando os sucessos do álbum mais conhecido da banda, composto por ele e os outros integrantes. O filme apresenta também uma conversa exclusiva e inédita entre Roger Waters e Nick Mason

Cena de ROGER WATERS THE WALL (2014) de Roger Waters e Sean Evans

Cena de ROGER WATERS: THE WALL (2014), de Roger Waters e Sean Evans

O documentário começa com o astro Liam Neeson relatando o quanto um show do Pink Floyd, com as músicas do emblemático disco The Wall, o influenciou nos anos 80. Em seguida acompanha em detalhes o show homônimo que rodou o planeta entre 2010 e 2013, filmado detalhadamente em três cidades, com uma megaestrutura, que inclui um cenário faraônico que relembra os clássicos dos anos 1970 e provoca as mais diversas sensações nos fãs.

Inspirado na ópera-rock The Wall, o show é um libelo contra o autoritarismo e a censura, com um imenso muro sendo construído (e posteriormente destruído) durante o próprio espetáculo que é de impressionar. Cenas de abusos de poder cotidianos, imagens de vítimas da violência proposta pelos governos e mensagens de incentivo à liberdade recheiam o documentário, destaque para lembrança e dedicação do show ao brasileiro Jean Charles de Menezes, morto numa estação de metrô em Londres.

Paralelamente, o próprio Roger Wates embarca em uma viagem pessoal ao visitar os túmulos do pai e do avô, mortos na Segunda e na Primeira Guerra Mundial, respectivamente. Destaque para a bela fotografia dessas cenas intimistas que são muito bem intercaladas com o show, dando razão e motivo para cada apresentação, com uma excelente qualidade sonora e visual, bem como com excelente uso de analogias políticas. Haverá reprises nos próximos dias 3 e 4 de outubro, às 21h30 e 20h30. Programe-se!

Poster de ROGER WATERS THE WALL (2014) de Roger Waters e Sean Evans

Pôster de ROGER WATERS: THE WALL (2014), de Roger Waters e Sean Evans

Título: Roger Waters: The Wall

Estreia: 29/09/2015

Gênero: Documentário, Musical

Duração: 165 min.

Origem: Inglaterra

Direção: Roger Waters, Sean Evans

Roteiro: Roger Waters, Sean Evans

Distribuidor: Picture House

Classificação: 12 anos

Ano: 2014

 

 

Confira o trailer de Roger Waters: The Wall:

Imagem de Amostra do You Tube

TERCEIRA PESSOA – PAUL HAGGIS MANTENDO O ESTILO DE CRASH

Repetindo a mesma fórmula de Crash – No Limite (Crash, 2004), lançado em 2005 e vencedor do Oscar 2006, Paul Haggis apresenta três histórias entrelaçadas. Acontece que a moda já passou e em Terceira Pessoa (Third Person, 2013) as histórias se intercalam de um modo confuso, afinal teoricamente os personagens estão distantes uns dos outros

Olivia Wilde e Liam Neeson em Terceira Pessoa (Third Person, 2013) de Paul Haggis

Olivia Wilde e Liam Neeson em TERCEIRA PESSOA (2013), de Paul Haggis

O filme apresenta histórias de amor de três casais em três cidades. Em Paris o escritor Michael (Liam Neeson) se separou da esposa, Elaine (Kim Basinger), e está tendo um caso com Anna (Olivia Wilde), uma ambiciosa jornalista. Em Roma, Scott (Adrien Brody) se apaixona por uma cigana, Monica (Moran Atias), e simpatiza com sua perigosa busca para reencontrar a filha pequena. E em Nova York, Julia (Mila Kunis) é uma jovem mãe, traumatizada após perder a guarda do filho para o ex-marido famoso (James Franco), e conta com a ajuda da advogada Theresa (Maria Bello) numa batalha judicial pela custódia da criança que acidentalmente ela quase matou.

O estilo de Haggis, que também já foi utilizado por outros diretores, me parece um tanto quanto saturado, ainda mais quando estamos lidando com um personagem que é um autor de livro, e no final fica a sensação de que pouco do que foi apresentado é real, sendo boa parte ficção, não causando empatia com os espectadores, apesar de aparentemente mostrar três histórias de amor. O filme é extremamente longo para sua proposta, com várias cenas desnecessárias, inclusive uma em que Olivia Wilde corre nua nos corredores de um hotel. O elenco até se esforça para dar alguma personalidade aos personagens, mas o problema aparentemente é o roteiro que propõe ser o que não é.

Poster de Terceira Pessoa (Third Person, 2013) de Paul Haggis

Poster de Terceira Pessoa (Third Person, 2013), de Paul Haggis

FICHA TÉCNICA

Terceira Pessoa (Third Person)

Estreia: 19/03/2015

Gênero: Drama, Romance

Duração: 137 min.

Origem: Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e Bélgica

Direção: Paul Haggis

Roteiro: Paul Haggis

Distribuidor: PlayArte Pictures

Classificação: 14 anos

Ano: 2013

 

Veja o trailer de Terceira Pessoa:

Imagem de Amostra do You Tube

 

RANKING INTERNACIONAL – INSURGENTE estreia na liderança

Continuação da ficção estrelada por Shailene Woodley, Insurgente, estreou na primeira colocação do ranking internacional, tendo obtido certo crescimento em relação ao primeiro filme da série. O conto de fadas Cinderela veio logo em seguida, ficando isolado no topo junto ao primeiro colocado, ambos com renda maior que US$ 40 milhões. A animação estreante Cada Um na Sua Casa ficou com a medalha de bronze, enquanto Busca Implacável 3 subiu para o quarto lugar, após sua boa estreia na China. Kingsman: Serviço Secreto encerrou a lista dos cinco primeiros colocados

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE

A continuação da sci-fi juvenil Divergente, o filme Insurgente, estreou na primeira colocação do ranking internacional com uma boa renda, cerca de US$ 47 milhões. Estrelada por Shailene Woodley (A Culpa é das Estrelas), a sequência obteve um melhor desempenho em sua estreia que o primeiro filme da série em vários países, dentre eles Brasil, França, Reino Unido, México e Holanda. Somando com o faturamento nos Estados Unidos e CanadáInsurgente já ultrapassa os US$ 100 milhões em bilheteria.

Cena de CINDERELA

Cena de CINDERELA

Cinderela terminou o fim de semana na vice-liderança com uma arrecadação de US$ 41,4 milhões, resultado bem próximo ao obtido por Insurgente. Na Itália, o filme já conseguiu chegar ultrapassar a renda total obtida por Oz: Mágico e Poderoso no país. Estando ainda em sua segunda semana em cartaz no mercado internacional, a animação já acumula uma renda total de US$ 131 milhões.

Cena de CADA UM NA SUA CASA

Cena de CADA UM NA SUA CASA

A animação Cada Um na Sua Casa, cuja voz principal é feita pelo ator Jim Parsons (intérprete do famoso personagem Sheldon da série The Big Bang Theory), também se deu em sua estreia e garantiu o terceiro lugar do ranking. Lançado em apenas nove países, Cada Um na Sua Casa alcançou um faturamento de US$ 19,2 milhões até o domingo. No Reino Unido, conseguiu US$ 9,3 milhões, quase 50% da renda total obtida no fim de semana, tornando-se o filme da DreamWorks Animation com melhor estreia no país, fora a franquia de Shrek.

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

A ação estrelada por Liam Neeson, Busca Implacável 3, voltou a ficar entre os cinco primeiros após sua estreia na China, onde obteve US$ 18 milhões em todo o fim de semana, cerca de 97% da renda total de sexta a domingo por lá. Somando com a quantia obtida nos outros cinco países em que está em cartaz, o resultado chega a US$ 18,6 milhões. Com a boa abertura na China, Busca Implacável 3 agora acumula US$ 224 milhões nas bilheterias internacionais.

Colin Firth, em cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Colin Firth, em cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Estrelado pelo famoso ator vencedor do Oscar por O Discurso do Rei, Colin Firth, Kingsman: Serviço Secreto perdeu um pouco o fôlego em relação ao fim de semana passado, tendo caído da terceira para a quinta colocação, após obter uma renda de US$ 8,5 milhões. Atualmente, o faturamento do filme no mercado internacional é de US$ 181 milhões.

Confira os 10 melhores do ranking internacional nesse último fim de semana.

INTERNACIONAL-12-2015

Veja o trailer de Cada Um na Sua Casa.

Imagem de Amostra do You Tube

Semana 12 – A SÉRIE DIVERGENTE: INSURGENTE

Mesmo não fazendo feio, Insurgente não conseguiu superar a abertura de Divergente, o que foi um pouco decepcionante. Demais novidades da semana, O Franco-Atirador e Do You Believe? não conseguiram pegar carona no sucesso de Busca Implacável e Deus Não Está Morto e acabaram fracassando em suas aberturas

Banner internacional de A SÉRIE DIVERGENTE: INSURGENTE (2015), de Robert Schwentke

Banner internacional de A SÉRIE DIVERGENTE: INSURGENTE (2015), de Robert Schwentke

Lançada nos cinemas norte-americanos em março do ano passado, a sci-fi juvenil Divergente alcançou ótimos números nas bilheterias locais e logo foi apontada por muitos como “o novo Jogos Vorazes”, o que, é claro, fez com que os executivos da Lionsgate se animassem e tratassem logo de seguir em frente com a franquia, de olho no lucro que ela poderia trazer. Contudo, apesar de toda a expectativa e da pesada campanha de marketing, A Série Divergente: Insurgente (The Divergent Series: Insurgent) acabou não seguindo a tendência da franquia Jogos Vorazes e, ao contrário do esperado pelo pessoal da Lionsgate, registrou uma abertura menor que a do seu antecessor.

Ao todo, foram US$ 54,02 milhões arrecadados por Insurgente de sexta a domingo, resultado sem dúvida expressivo e que deixou a produção com folga do topo da lista dos mais rentáveis do período, mas que termina por se tornar um tanto decepcionante pelo fato de que Divergente estreou com um faturamento de US$ 54,60 milhões e que a expectativa inicial dos executivos da Lionsgate era que Insurgente registrasse uma abertura de US$ 60 milhões. Ainda assim, o presidente de distribuição da Lionsgate, Richie Fay, declarou à Variety que o estúdio está feliz com a performance de Insurgente, o que de certa forma é justificável, pois, se por um lado o filme não conseguiu melhor os números de Divergente, por outro ele apresentou uma boa consistência em relação ao seu antecessor, algo que, aliado a ausência de estréias voltadas para o público jovem feminino nas próximas semanas, deve fazer com que Insurgente encerre sua trajetórias nos cinemas norte-americanos com um resultado igual, ou até mesmo um pouco superior, aos US$ 150 milhões obtidos por Divergente.

Cena de CINDERELA

Cena de CINDERELA

Em segundo lugar aparece o campeão da semana passada, o conto de fadas Cinderela, que registrou uma queda de 49% e fez US$ 34,49 milhões. Em comparação, Oz: Mágico e Poderoso e Malévola apresentaram quedas de 48% e 51%, respectivamente, em seus segundos finais de semana, o que mostra que a nova versão da história da Gata Borralheira está trilhando muito bem o seu caminho para os US$ 200 milhões em bilheteria. Em dez dias, Cinderela já arrecadou US$ 122,04 milhões, quantia que por sinal já cobre o seu orçamento, estimado em US$ 95 milhões.

Cena de NOITE SEM FIM

Cena de NOITE SEM FIM

Abaixo de Cinderela, também perdendo uma posição, está o longa de ação Noite Sem Fim, que obteve uma renda de US$ 5,11 milhões, o que representa uma queda de 54% em relação ao seu fim de semana de estreia. No total de dez dias, o longa estrelado por Liam Neeson (Busca Implacável) acumula uma bilheteria de fracos US$ 19,72 milhões, o que praticamente zera a chances do filme recuperar no mercado norte-americano o seu orçamento de US$ 50 milhões.

04

Banner internacional de O FRANCO-ATIRADOR (2015), de Pierre Morel

E se não está fácil nem para Neeson, quem dirá para seus imitadores. Segunda principal novidade da semana, O Franco-Atirador (The Gunman), filme de ação protagonizado pelo cinquentão Sean Penn (Caça aos Gângsteres), ficou longe de replicar o sucesso da franquia Busca Implacável e se tornou um fracasso ao estrear em quarto lugar com US$ 5 milhões, resultado bem abaixo dos US$ 10 milhões inicialmente projetados pelos executivos da Open Road e que representa uma das piores aberturas da carreira de Penn. O Franco-Atirador tem estreia no Brasil agendada para o dia 9 de abril.

Cena de KINGSMAN

Cena de KINGSMAN

Na quinta posição ficou a comédia de ação Kingsman: Serviço Secreto, que mais uma vez apresentou a melhor sustentação do ranking (sua queda foi de apenas 26%) e encerrou o final de semana com US$ 4,60 milhões em bilheteria. Ao todo, Kingsman detém uma renda de elogiáveis US$ 114,57 milhões.

Banner internacional de DO YOU BELIEVE? (2015), de Jon Gunn

Banner internacional de DO YOU BELIEVE? (2015), de Jon Gunn

Mais abaixo, em sexto lugar, está o filme cristão Do You Believe?, que mesmo tendo sido realizado pelo time por trás de Deus Não Está Morto, não conseguiu atingir o mesmo sucesso e terminou por registrar uma abertura fraca de US$ 4 milhões. Por enquanto, Do You Believe? não possui data de estreia no Brasil.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

RANKING

Veja o trailer de A Série Divergente: Insurgente.

Imagem de Amostra do You Tube

SEMANA 11 – CINDERELA

Nova versão do clássico conto de fada fez o maior sucesso em sua estreia e foi direito para a liderança das bilheterias norte-americanas. Enquanto isso, a segunda novidade da semana, o longa de ação Noite Sem Fim, não emplacou e ficou em um fraco segundo lugar

Banner internacional de CINDERELA (2015), de Kenneth Branagh

Banner internacional de CINDERELA (2015), de Kenneth Branagh

A Walt Disney conseguiu novamente. Depois de Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland, 2010), Oz: Mágico e Poderoso (Oz: The Great and Powerful, 2013) e Malévola (Maleficent, 2014), o estúdio do Mickey acaba de emplacar mais um sucesso de bilheteria baseado nos clássicos contos de fada: Cinderela (Cinderella).

Lançado em 3.845 salas de cinema dos Estados Unidos e Canadá na última sexta, 13, Cinderela simplesmente encantou o público e a crítica (tanto que recebeu um ‘A’, referente à excelente, na avaliação feita pela CinemaScore e um índice de aprovação de 83% segundo o RottenTomatoes) e com isso encerrou seu primeiro final de semana em cartaz liderando o ranking das bilheterias com mágicos US$ 70,05 milhões, resultado que supera bastante os US$ 60 milhões esperados inicialmente pelos executivos da Disney e que representa a sexta maior abertura do mês de março de todos os tempos por lá. Quando você faz uma versão totalmente fiel de um clássico atemporal que todo mundo conhece, isso eleva a animação das pessoas. Você tem que entregar algo especial e convencer as pessoas de que esse é um caso especial, e eu acho que nós fizemos isso, disse ao The Wrap o presidente de distribuição da Disney, Dave Hollis, sobre o sucesso de Cinderela, sucesso esse que parece já começou a deixar o pessoal do estúdio convencido. Contos de fada são parte do nosso DNA. Isso é decididamente algo que a Disney faz e faz bem-feito, falou Hollis, dessa vez à Variety. Agora, resta ver se Cinderela terá força para seguir os passos de Oz: Mágico e Poderoso e Malévola, que alcançaram respectivamente aberturas de US$ 79,11 milhões e US$ 69,43 milhões e encerraram suas trajetórias nos cinemas norte-americanos com bilheterias superiores a US$ 200 milhões. Cinderela tem estreia no Brasil agendada para o dia 26 de março.

Banner internacional de NOITE SEM FIM (2015), de Jaume Collet-Serra

Banner internacional de NOITE SEM FIM (2015), de Jaume Collet-Serra

Em um distante segundo lugar aparece o longa de ação estreante Noite Sem Fim (Run All Night), que nos seus três primeiros dias em cartaz faturou desanimadores US$ 11,01 milhões, quantia que, além de ter ficado abaixo das já baixas expectativas de mercado (que apontavam para uma abertura de US$ 15 milhões), indica que, fora da franquia Busca Implacável, o ator Liam Neeson está começando a perder o seu apelo como astro de ação. Em declaração à Variety, Dan Fellman, presidente de distribuição da Warner, não escondeu sua insatisfação. Eu estou um pouco desanimado com esse resultado. Nós tivemos uma abertura fraca e sentimos que deveria ter sido um segundo lugar mais forte, mas o que nos resta agora é esperar por uma boa sustentação, disse Fellman. Noite Sem Fim chega aos cinemas brasileiros no dia 30 de abril.

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Na sequência do ranking vem a comédia de ação Kingsman: Serviço Secreto, que apresentou a menor queda do Top 10 (25%) e subiu da quarta para a terceira colocação, com US$ 6,20 milhões arrecadados de sexta a domingo. Em cinco semanas, o elogiado filme de Matthew Vaughn (X-Men: Primeira Classe) soma uma bilheteria de US$ 107,37 milhões no mercado norte-americano.

Na esquerda, cena de GOLPE DUPLO e na direita cena de CHAPPIE

Na esquerda, cena de GOLPE DUPLO e na direita cena de CHAPPIE

O quarto lugar coube ao thriller criminal Golpe Duplo, que caiu 42% e fez US$ 5,81 milhões no fim de semana, garantindo com isso uma vantagem mínima sobre a sci-fi Chappie, cuja queda de 56% fez com que a produção fosse da primeira para a quinta posição, com uma renda de US$ 5,80 milhões. No total, Golpe Duplo acumula uma bilheteria de US$ 44,03 milhões, enquanto que Chappie contabiliza US$ 23,30 milhões.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

05

Veja o trailer de Cinderela:

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – BOB ESPONJA estreia no topo

Outra animação tomou conta do topo do ranking Brasil. Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água estreou no país na primeira colocação do ranking, acabando de vez com o reinado de Os Pinguins de Madagascar que despencou para a sétima colocação do ranking nesse último fim de semana. Bob Esponja e mais três estreantes terminaram o fim de semana entre os dez melhores do ranking, sendo esses O Destino de Júpiter, Corações de Ferro e O Jogo da Imitação, na segunda, quinta e sexta colocação, respectivamente. Loucas pra Casar e Busca Implacável fecharam o top cinco, respectivamente na terceira e quarta posição do ranking.

Bob Esponja, em cena de BOB ESPONJA: UM HERÓI FORA D'ÁGUA

Bob Esponja, em cena de BOB ESPONJA: UM HERÓI FORA D’ÁGUA

O famoso desenho veio mais uma vez às telonas e estreou com sucesso no Brasil. Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água terminou o domingo, 8, completamente isolado na primeira colocação do ranking Brasil, com uma renda de R$ 12,8 milhões, cerca de R$ 8 milhões de diferença para o segundo colocado, O Destino de Júpiter. Exibido em mais de 800 salas no país inteiro, a animação somou um público de quase 880 mil espectadores, ficando com uma média altíssima de cerca de 1000 pessoas por sala.

Mila Kunis, em cena de O DESTINO DE JÚPITER

Mila Kunis, em cena de O DESTINO DE JÚPITER

Distribuído pela Warner, a nova ficção dos irmãos Wachowski, O Destino de Júpiter, estreou no país na segunda posição do ranking, terminando o domingo com uma renda de R$ 5,2 milhões. Cerca de 324 mil expectadores foram aos cinemas assistir ao filme, de 5 a 8 de fevereiro, em cartaz em cerca de 540 salas.

Cena de LOUCAS PRA CASAR

Cena de LOUCAS PRA CASAR

Na terceira posição do ranking ficou a comédia brasileira Loucas pra Casar que vem se sustentando no top cinco já em sua quinta semana em cartaz no país. A comédia obteve cerca de R$ 2,3 milhões nesse último fim de semana, que representa uma queda de aproximadamente 30% em relação a renda do fim de semana passado. Cerca de 161 mil viram ao filme nesse último fim de semana, que já acumula um renda total de R$ 41,9 milhões no país.

Liam Neeson, em imagem de pôster de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Liam Neeson, em imagem de pôster de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Busca Implacável 3 terminou o domingo na quarta colocação do ranking, com renda bastante próxima das obtidas pelos estreantes Corações de Ferro e O Jogo da Imitação, respectivamente na quinta e sexta posição do ranking. A ação estrelada por Liam Neeson obteve uma renda de cerca de R$ 2,1 milhões nesse último fim de semana, tendo sido exibida por cerca de 144 mil espectadores. Busca Implacável 3 soma atualmente uma renda total de R$ 16,3 milhões no Brasil.

Brad Pitt, em cena de CORAÇÕES DE FERRO

Brad Pitt, em cena de CORAÇÕES DE FERRO

O drama-guerra estrelado por Brad Pitt, Corações de Ferro, estreou na quinta posição do ranking em seu primeiro fim de semana no país, tendo terminado o domingo com uma renda de R$ 1,9 milhão, exibido por cerca de 128 mil espectadores.

Confira abaixo a tabela com os dez melhores do ranking Brasil.

BRASIL-06-2015

Veja o trailer de Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – O DESTINO DE JÚPITER estreia em primeiro

A nova aventura O Destino de Júpiter estrelada por Channing Tatum e Mila Kunis estreou no mercado internacional, cerca de 65 países, na primeira colocação do ranking. Na segunda posição, ficou Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água com um bom crescimento em relação ao fim de semana passado, seguido de Operação Big Hero, Busca Implacável 3 e O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, na terceira, quarta e quinta posição, respectivamente

Cena de O DESTINO DE JÚPITER

Cena de O DESTINO DE JÚPITER

Nesse último fim de semana, estreou mundo afora o novo filme dos irmãos Wachowski (realizadores da famosa ficção Matrix), o épico espacial O Destino de Júpiter,  que chegou às telonas de mais de 65 países e terminou o fim de semana na primeira colocação do ranking internacional. Mesmo na primeira colocação, o filme não obteve uma renda tão agradável para os mais de 10 mil cinemas em que entrou em cartaz. No total, de 6 a 8 de fevereiro, O Destino de Júpiter faturou cerca de US$ 32,5 milhões, tendo ficado na primeira colocação dos rankings de vários países, sendo a maioria do leste europeu e da Ásia.

Bob Esponja e sua turma, em BOB ESPONJA: UMA HERÓI FORA D'ÁGUA

Bob Esponja e sua turma, em BOB ESPONJA: UMA HERÓI FORA D’ÁGUA

Na segunda posição, ficou Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água, que parece estar agradando pessoas de todas as idades. Nesse último fim de semana, a animação estreou em mais alguns países e acabou ficando com uma renda cerca de duas vezes maior que a obtida no fim de semana passado. Estando em cartaz em 25 países, em cerca de 3 mil cinemas, Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água terminou o último fim de semana com US$ 16,2 milhões, acumulando atualmente cerca de US$ 26,8 milhões nas bilheterias internacionais.

Cena de OPERAÇÃO BIG HERO

Cena de OPERAÇÃO BIG HERO

A outra animação que terminou o último domingo no top 5 do ranking internacional foi Operação Big Hero, que saiu de cartaz em 4 países, terminando o fim de semana com uma queda de quase 50% em relação ao fim de semana passado. De 6 a 8 de fevereiro, a animação obteve uma renda de cerca de US$ 12,7 milhões, ficando com uma renda acumulada de US$ 286,6 milhões no mercado internacional.

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

A ação estrelada por Liam Neeson, Busca Implacável 3, continuação da famosa franquia, terminou o domingo na quarta colocação com uma renda de US$ 11,2 milhões, cerca de US$ 10 milhões a menos que a renda obtida no fim de semana passado. Foi uma queda bastante elevada, devido provavelmente a sua saída de cerca de 11 países em que estava em cartaz. Na sua sexta semana em cartaz, Busca Implacável 3 acumula, no mercado internacional, uma renda de US$ 183,8 milhões.

Cena de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS

Cena de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS

Na sua nona semana em cartaz nas bilheterias internacionais, ainda em 47 países, a aventura de Peter Jackson, O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exército, resiste ainda entre os cinco melhores do ranking, tendo terminado o último fim de semana com uma renda de US$ 9,7 milhões. No total acumulado no mercado internacional, O Hobbit já chega aos incríveis US$ 686 milhões, tendo obtido US$ 113 milhões desse total apenas na China.

Veja abaixo a tabela do ranking com os dez melhores do fim de semana.

BRASIL-06-2015

Veja o trailer de O Destino de Júpiter.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – OS PINGUINS mais uma vez no topo

Pela terceira vez seguida Os Pinguins de Madagascar terminaram o fim de semana na liderança do ranking Brasil. A animação teve uma pequena queda, mas conseguiu se conter, assim como Busca Implacável 3 e Loucas pra Casar que continuam na mesma posição do fim fim de semana passado. Os estreantes Caminhos da Floresta e A Mulher de Preto 2: Anjo da Morte invadiram o top 5 terminando o fim de semana na quarta e quinta posição, respectivamente.

Cena de OS PINGUINS DE MADAGASCAR

Cena de OS PINGUINS DE MADAGASCAR

Os Pinguins de Madagascar mais uma vez seguraram a liderança obtida na semana retrasada, dessa vez com um pouco mais de dificuldade, pois os três primeiros do ranking Brasil terminaram o fim de semana com rendas bem próximas da obtida pela animação. Os competentes pinguins da DreamWorks arrecadaram R$ 4,8 milhões nesse último fim de semana. Cerca de 328 mil pessoas foram conferir a animação nos cinemas de quinta à domingo, dia primeiro de fevereiro. Já entrando na sua quarta semana em cartaz, Os Pinguins de Madagascar acumulam R$ 35,6 milhões na renda total obtida no Brasil.

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Na segunda posição, ficou o novo filme da franquia Busca Implacável, estrelada por Liam Neeson, mantendo a colocação obtida no fim de semana passado. Busca Implacável 3 deu um pouco de trabalho aos pinguins, tendo terminado o fim de semana com R$ 4 milhões de renda. Cerca de 270 mil espectadores assistiram ao filme de 29 a 1 de fevereiro. A ação soma agora um total acumulado de R$ 12,5 milhões no Brasil.

02

Cena de LOUCAS PRA CASAR

Estrelado por Ingrid Guimarães, Loucas pra Casar também manteve a sua posição, terminando o fim de semana na terceira colocação do ranking. Bem próxima de Busca Implacável 3 e Os Pinguins de Madagascar, a comédia brasileira obteve uma renda de R$ 3,6 milhões, a cerca de R$ 400 mil do segundo e R$ 1,2 milhão do primeiro colocado. Cerca de 257 mil viram a comédia no último fim de semana, que já possui R$ 37,6 milhões na renda total acumulada.

Jeremy Irvine, em cena de A MULHER DE PRETO 2: ANJO DA MORTE

Jeremy Irvine, em cena de A MULHER DE PRETO 2: ANJO DA MORTE

Estrelado por Meryl Streep, Caminhos da Floresta estreou no Brasil com cerca de 137 mil ingressos vendidos no primeiro fim de semana, que lhe renderam aproximadamente R$ 2 milhões. Com a renda, o musical conseguiu terminar o fim de semana entre os cinco melhores do ranking Brasil, ficando na quarta colocação. Outro estreante, o terror A Mulher de Preto 2: Anjo da Morte, terminou o fim de semana com uma renda bem próxima a de seu acompanhante Caminhos da Floresta, de R$ 1,9 milhão, o que lhe garantiu a última colocação do top cinco.

Nesse último fim de semana, os dez primeiros colocados do ranking não foram tão bem quanto os dez do fim de semana passado. Os dez do último fim de semana somaram cerca de R$ 21,6 milhões, com um público de 1,5 milhão de espectadores, enquanto os do fim de semana passado conseguiram cerca de R$ 4 milhões e 200 mil espectadores a mais.

Confira abaixo a lista com os dez melhores no ranking Brasil do último fim de semana.

BRASIL-05-2015

Veja o trailer de Caminhos da Floresta.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – O HOBBIT lidera e BOB ESPONJA estreia em quinto

Mesmo com uma grande queda, a aventura O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos conseguiu se manter na liderança, enquanto Busca Implacável 3 veio logo em seguida, novamente na segunda colocação, com uma queda bem menor que a do primeiro colocado. Aproveitando as estreias no Reino Unido, Dinamarca, Noruega e Suécia, a animação Operação Big Hero trocou de posição com Sniper Americano, ficando na terceira colocação com um ótimo crescimento na renda em relação ao fim de semana passado. Enquanto isso, o estreante Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água terminou o fim de semana na quinta posição do ranking, tendo entrado em cartaz em apenas cinco países.

Cena de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS

Cena de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS

Nesse fim de semana, O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos teve uma grande queda em relação ao passado, cerca de 60%, o que afetou bastante a renda, mas não impediu a aventura de permanecer na primeira colocação do ranking internacional, mesmo com uma renda bem próxima da obtida pelo segundo colocado Busca Implacável 3. Enquanto no fim de semana passado, a aventura arrecadou cerca de US$ 54 milhões nas bilheterias internacionais, nesse obteve apenas US$ 22,4 milhões. O grande responsável pela volta de O Hobbit ao topo foi a China, que não conseguiu conter a queda do filme nesse último fim de semana, mas já soma um total de US$ 92 milhões, apenas na segunda semana do filme no país. No total acumulado nas bilheterias internacionais, O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos já chega a US$ 664,2 milhões.

Liam Neeson, em cena de  BUSCA IMPLACÁVEL 3

Liam Neeson, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Busca Implacável 3 teve uma queda bastante razoável na renda em relação ao fim de semana passado, de cerca de 20%, o que o ajudou a se manter na segunda colocação do ranking. A ação estrelada por Liam Neeson terminou o fim de semana com US$ 21,2 milhões. Na América Latina foi onde o filme obteve os melhores resultados, tendo terminado o fim de semana no topo do ranking nacional da Argentina, Peru, Bolívia, Chile e dos países da América Central. No México, ficou atrás apenas do estrante Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água. US$ 164,5 milhões é o total acumulado no mercado internacional por Busca Implacável 3.

Cena de OPERAÇÃO BIG HERO

Cena de OPERAÇÃO BIG HERO

Operação Big Hero estreou em mais quatro países nesse último fim de semana e tomou a posição de Sniper Americano, terminando o domingo na terceira colocação do ranking, trocando com a ação, que terminou na quarta colocação com US$ 11,1 milhões obtidos em cerca de 2.300 cinemas espalhados pelo mundo. A animação obteve US$ 20,1 milhões de sexta a domingo, somando atualmente um total acumulado de US$ 266,6 milhões nas bilheterias internacionais. Dentre os principais países em que o filme estreou na última sexta, está um dos grandes do mercado internacional, o Reino Unido, que conseguiu um renda de US$ 6 milhões para animação. Quanto à Sniper Americano, a produção acumula US$ 67,3 milhões nas bilheterias internacionais.

Bob Esponja em BOB ESPONJA - UM HERÓI FORA D'ÁGUA

Bob Esponja em BOB ESPONJA – UM HERÓI FORA D’ÁGUA

O estreante Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água ficou na quinta colocação do ranking com uma renda de US$ 8 milhões obtida em apenas cinco países, cerca de 935 cinemas. No próximo fim de semana, a animação deve subir algumas posições, pois tem cerca de 13 estreias previstas em 5 e 6 de fevereiro, que inclui também o Brasil.

Confira abaixo a lista dos dez melhores filmes no ranking internacional do último fim de semana.

INTERNACIONAL-05-2015

Veja o trailer de Bob Esponja: Um Herói Fora D’Água:

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – Os pinguins continuam no topo

Os Pinguins de Madagascar seguraram a liderança obtida na estreia no fim de semana passado, deixando o estreante Busca Implacável 3 na segunda colocação, mesmo com o sucesso mundo afora. Loucas pra Casar perdeu a segunda colocação para o estreante, terminando esse fim de semana no terceiro lugar do ranking. Êxodo: Deuses e Reis e Uma Noite no Museu 3: O Segredo da Tumba completaram a lista dos cinco melhores nas bilheterias brasileiras desse último fim de semana

Cena de OS PINGUINS DE MADAGASCAR

Cena de OS PINGUINS DE MADAGASCAR

Já na segunda semana na liderança do ranking, Os Pinguins de Madagascar não se cansaram de bater os estreantes. No fim de semana passado, a animação tirou a primeira colocação da comédia brasileira Loucas pra Casar, atualmente na terceira posição do ranking, agora foi a vez de Busca Implacável 3 levar a pior. Mesmo com o sucesso no mercado internacional de cinema, a ação estrelada por Liam Neeson não alcançou a primeira colocação do ranking em sua estreia, terminando o domingo atrás da animação, que obteve cerca de R$ 6,84 milhões de 22 a 25. Nesse fim de semana, mais de 465 mil espectadores foram aos cinemas conferir o longa protagonizado pelos pinguins de Madagascar, enquanto apenas cerca de 387 mil assistiram a ação.

Liam Neeson e Maggie Grace, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Liam Neeson e Maggie Grace, em cena de BUSCA IMPLACÁVEL 3

Mesmo terminando o fim de semana na segunda colocação, Busca Implacável 3 ficou bem próximo dos pinguins, terminando o domingo com uma renda de R$ 5,62 milhões no fim de semana, cerca de R$ 1,2 milhões de diferença para o obtido pela animação. A ação liderou o ranking internacional no fim de semana passado, tendo caído para a segunda colocação nesse último, mas ainda com uma boa renda. Talvez o fato da queda seja devido a péssima recepção da crítica internacional. No MetaCritic, a média do filme já está em 25 de 100, enquanto o primeiro e o segundo saíram de cartaz com média 50 e 45 no site, respectivamente. No IMDb o filme está com a mesma média que o segundo, 6,3, que como de costume do site deverá diminuir por ocorrer com a maioria dos filmes em cartaz; o terceiro está atualmente com média bem maior, 7,9. Já não bastando a péssima recepção por esses famosos sites, Busca Implacável 3 ficou com o pior desempenho no RottenTomatoes estando atualmente com uma média de 10 de 100, obtida pela opinião do público e da crítica.

Cena de LOUCAS PRA CASAR

Cena de LOUCAS PRA CASAR

Na terceira colocação, ficou a comédia brasileira estrelada por Ingrid Guimarães, Loucas pra Casar. Mesmo caindo pela segunda vez consecutiva, Loucas pra Casar tem mostrado um bom desempenho nos números referentes as rendas do fim de semana. Comparando com o fim de semana passado, a comédia obteve uma queda de apenas cerca de 24%, tendo terminado o último fim de semana com uma renda de aproximadamente R$ 5 milhões. Cerca de 358 mil espectadores foram aos cinemas assistir ao filme.

Christian Bale, em cena de ÊXODO: DEUSES E REIS

Christian Bale, em cena de ÊXODO: DEUSES E REIS

O épico Êxodo: Deuses e Reis também caiu uma posição como Loucas pra Casar e Uma Noite no Museu 3: O Segredo da Tumba, ficando na quarta posição do ranking, no entanto foi o que teve a pior queda em relação ao fim de semana passado dentre os cinco primeiros colocados do ranking, quase 50%. Estrelado por Christian Bale, famoso ator que interpretou Batman em O Cavaleiro das Trevas, Êxodo: Deuses e Reis terminou o fim de semana com uma renda de R$ 2,2 milhões, tendo sido exibido por cerca de 136 mil pessoas.

Cena de UMA NOITE NO MUSEU 3: O SEGREDO DA TUMBA

Cena de UMA NOITE NO MUSEU 3: O SEGREDO DA TUMBA

Uma Noite no Museu 3: O Segredo da Tumba ficou com a quinta colocação do ranking após uma queda razoável de 33% em relação ao fim de semana passado. A comédia estrelada por Ben Stiller e Robbin Williams terminou o domingo com cerca de 155 mil espectadores no fim de semana, de 22 a 25, fazendo uma renda de aproximadamente R$ 2 milhões.

Confira abaixo a tabela com os dez melhores do ranking Brasil.

1

Confira um trecho dublado de Os Pinguins de Madagascar, de exclusividade da Fox Family Entertainment Brasil, feito para a Comic Con Experience.

Imagem de Amostra do You Tube