RANKING EUA – LEGO BATMAN mantém primeira colocação

LEGO Batman: O Filme teve uma queda razoável, mas conseguiu se manter na liderança do ranking, continuando a frente de Cinquenta Tons Mais Escuros. A Grande Muralha alcançou a terceira posição em sua estreia, enquanto que o também estreante Te Pego na Saída ficou em quinto lugar. A quarta posição ficou com John Wick: Um Novo Dia Para Matar que teve a segunda maior queda do top cinco.

Charada em cena de LEGO BATMAN: O FILME.

Charada em cena de LEGO BATMAN: O FILME.

Em seu segundo fim de semana, LEGO Batman: O Filme arrecadou cerca de US$ 34,2 milhões, valor que lhe garantiu com folga na primeira posição do ranking. O filme obteve uma pequena queda em relação a arrecadação no fim de semana anterior e conseguiu distanciar-se de Cinquenta Tons Mais Escuros, também em sua segunda semana em cartaz. O total acumulado pela animação ao final do fim de semana era estimado em US$ 98,8 milhões.

Jamie Dornan e Dakota Johnson em cena de CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS.

Jamie Dornan e Dakota Johnson em cena de CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS.

Cinquenta Tons Mais Escuros tentou continuar a disputa pela liderança, mas não conseguiu conter uma queda considerável, a maior do top cinco. A esperada continuação de Cinquenta Tons de Cinza arrecadou cerca de US$ 21 milhões e por pouco não perdeu a segunda posição para A Grande Muralha. A queda foi cerca de 60%, enquanto que a receita total foi estimada em US$ 89,6 milhões.

Tian Jing em cena de A GRANDE MURALHA.

Tian Jing em cena de A GRANDE MURALHA.

Estrelado por Matt Damon, A Grande Muralha não entrou em cartaz em tantos cinemas do país quanto os dois primeiros, mas por pouco menos de US$ 3 milhões não tomou a vice-liderança de Cinquenta Tons Mais Escuros. A produção americana em parceira com a China arrecadou cerca de US$ 18,1 milhões em seu primeiro fim de semana no Estados Unidos, obtendo um desempenho razoável para um filme que entrou em cartaz em pouco mais de 3 mil salas.

Keanu Reeves em cena de JOHN WICK: UM NOVO DIA PARA MATAR.

Keanu Reeves em cena de JOHN WICK: UM NOVO DIA PARA MATAR.

Estrelado por Keanu Reeves, John Wick: Um Novo Dia Para Matar, continuação de De Volta ao Jogo, também teve uma grande queda na arrecadação, próxima dos 50%, e acabou deixando a terceira colocação escapar para o estreante A Grande Muralha. O suspense arrecadou US$ 16,5 milhões e garantiu a quarta colocação do ranking. US$ 58,7 milhões é o valor estimado arrecadado pelo filme em suas duas semanas em cartaz.

Cena de TE PEGO NA SAÍDA.

Cena de TE PEGO NA SAÍDA.

A comédia Te Pego na Saída, estrelada por Ice Cube e Tracy Morgan, entrou em cartaz no país com um desempenho razoável. O filme esteve sempre abaixo do desempenho do também estreante A Grande Muralha da sexta ao domingo, mesmo sendo exibido em uma quantidade um pouco maior de salas. Ao fim do período, acumulou cerca de US$ 12 milhões e garantiu a quinta posição do ranking, mesmo distante do quarto colocado John Wick. A estreia da comédia no Brasil ocorre nessa semana.

Confira abaixo a tabela do ranking americano com os dez melhores.

REUA

Veja abaixo o trailer de Te Pego na Saída.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – CINQUENTA TONS continua na liderança

Cinquenta Tons Mais Escuros manteve a liderança do ranking internacional no último fim de semana, ainda com uma renda considerável. La La Land: Cantando Estações ficou em segundo após entrar em cartaz na China. xXx: Reativado e LEGO Batman: O Filme vieram logo atrás na terceira e quarta posição respectivamente. A Grande Muralha ficou com a quinta posição, sendo o único chinês a ainda manter-se entre os cinco primeiros.

Dakota Johnson em cena de CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS.

Dakota Johnson em cena de CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS.

Em seu segundo fim de semana em cartaz, Cinquenta Tons Mais Escuros conseguiu arrecadar US$ 43,7 milhões, mais do que o suficiente para garantir a primeira colocação do ranking. O filme obteve a primeira colocação nos rankings locais de quase todas as bilheterias da Europa e de parte da América do Sul. Ao término do período, o valor estimado arrecado pelo filme no mercado internacional era de US$ 187 milhões.

Emma Stone e Ryan Gosling em cena de LA LA LAND: CANTANDO ESTAÇÕES.

Emma Stone e Ryan Gosling em cena de LA LA LAND: CANTANDO ESTAÇÕES.

La La Land: Cantando Estações entrou em cartaz na China e conseguiu ficar mais confortável dentre os cinco primeiros. O aclamado romance arrecadou cerca de US$ 31,7 milhões e conseguiu subir da quarta para a segunda posição no ranking. No Reino Unido, o filme acumula US$ 35 milhões; na China, US$ 24,5 milhões; e US$ 23,4 milhões na Coréia do Sul. Ao término do período, o total arrecadado era estimado em US$ 206 milhões.

Donnie Yen e Vin Diesel em cena de XXX: REATIVADO.

Donnie Yen e Vin Diesel em cena de XXX: REATIVADO.

Também entrando em cartaz na China, xXx: Reativado foi outro agraciado com uma volta ao top cinco. A ação estrelada por Vin Diesel acumulou US$ 27,6 milhões no período e conseguiu assumir a terceira colocação do ranking sem dificuldades. Após entrar em cartaz na China, xXx vai tentar seguir bem no ranking estrando no Japão nessa semana. Cerca de US$ 264 milhões era o acumulado pelo filme no mercado internacional ao término do último domingo.

Cena de LEGO BATMAN: O FILME.

Cena de LEGO BATMAN: O FILME.

No seu segundo fim de semana em cartaz, LEGO Batman: O Filme conseguiu manter uma arrecadação razoável, terminando o período com US$ 21,5 milhões. Com o valor, a animação conseguiu ficar com a quarta colocação por uma pequena diferença de cerca de US$ 2 milhões em relação ao A Grande Muralha. No Reino Unido, o filme arrecadou US$ 5,8 milhões no período, acumulando US$ 21,9 milhões no mercado local. O filme obteve também grande desempenho no México, com US$ 1,7 milhão; na Alemanha, com US$ 1,5 milhão; no Brasil, com US$ 1,2 milhão, e na França, com US$ 1,1 milhão. Ao término do domingo, a receita total nas bilheterias internacionais era estimada em US$ 72 milhões.

Matt Damon em cena de A GRANDE MURALHA.

Matt Damon em cena de A GRANDE MURALHA.

A Grande Muralha foi a única produção chinesa, que tem também parceira com o EUA, a se manter entre os cinco primeiros após uma onda de filmes locais tomando conta do ranking internacional. A aventura, estrelada por Matt Damon e mal recebida pela crítica, acumulou US$ 19 milhões no período e conseguiu ficar na quinta posição por uma diferença minúscula em relação a Sing: Quem Canta Seus Males Espanta, de US$ 100 mil. O valor estimado acumulado pela grande produção já chegava a US$ 244 milhões ao término do último domingo.

Confira abaixo a tabela do ranking internacional com os dez melhores.

RINT

Veja abaixo o trailer de Cinquenta Tons Mais Escuros.

Imagem de Amostra do You Tube

LEGO BATMAN – O FILME: DIVERTIDO, BEM HUMORADO E SENTIMENTAL

Animação Lego Batman – O Filme (The LEGO Batman Movie, Dinamarca/EUA, 2017), de Chris McKay diverte o espectador ao longo de sua duração, com um sarcasmo pertinente e hilário em diversos momentos, especialmente quando o homem morcego faz piada sobre sua própria história, como quando cita a série de TV dos anos 1960.


Cena de LEGO BATMAN - O FILME (2017), de Chris McKay

Cena de LEGO BATMAN – O FILME (2017), de Chris McKay

Com o mesmo espírito irreverente e divertido de Uma Aventura Lego (The Lego Movie, 2014) de Phil Lord e Chris Miller que foi um fenômeno global, tendo recebido elogios do público e da crítica. Nesta animação há citações a trilogia O Cavaleiro das Trevas, de Nolan, e até do controverso Batman vs Superman: A Origem da Justiça, respeitando todo o legado criado por Bob Kane e Bill Finger e os fãs do herói mais popular dos cinemas, com todas as referências possíveis à história do personagem, nas telas e nos quadrinhos. Destaco aqui as cutucadas dadas ao homem de ferro.

Dessa vez, o egocêntrico e solitário Batman (dublado por Duda Ribeiro no Brasil) precisa aprender a trabalhar em grupo para salvar Gotham City. Apesar disto, ele curte bastante o posto de celebridade e o fato de sempre ser chamado pela polícia quando surge algum problema – que ele, inevitavelmente, resolve. Quando o comissário Gordon se aposenta, quem assume em seu lugar é sua filha Barbara Gordon/Batgirl (dublado por Guilene Conte na versão brasileira), que deseja implementar alguns métodos de eficiência de forma que a polícia não seja tão dependente do Batman. O herói, é claro, não gosta da ideia, por mais que sinta uma forte atração por Barbara. Paralelamente, o Coringa elabora um plano contra o Homem-Morcego motivado pelo fato de ter ficado magoado por ele não o reconhece como seu maior arquinimigo, aceitando a ajuda do mordono Alfred Pennyworth (dublado por Júlio Chaves no Brasil) e de Robin (dublado por Andreas Avancini no Brasil) seu filho adotivo Dick Grayson que rende piadas sobre os rumores permanentes acerca do relacionamento gay entre Batman e Robin, além da presença de vários personagens de filmes da Warner Bros.

Com roteiro escrito por Seth Grahame-Smith, Chris McKenna, Erik Sommers, Jared Stern e John Whittington, o filme é repleto de um humor frenético, visual colorido e uma mensagem sentimental, mas extremamente honesta sobre a importância da família.

Poster de LEGO BATMAN - O FILME (The LEGO Batman Movie, Dinamarca/EUA, 2017), de Chris McKay

Poster de LEGO BATMAN – O FILME (The LEGO Batman Movie, Dinamarca/EUA, 2017), de Chris McKay

FICHA TÉCNICA

The Lego Batman Movie

Lançamento: 09/02/2017

Gênero: Animação, Ação, Comédia

Duração: 104 min

Origem: Estados Unidos

Direção: Chris McKay

Roteiro: Seth Grahame-Smith, Chris McKenna, Erik Sommers, Jared Stern, John Whittington

Distribuidor: Warner Bros.

Classificação: Livre

Ano: 2017

 

Assista ao trailer de Lego Batman – O Filme:

Imagem de Amostra do You Tube

SEMANA 06 – AS ESTREIAS DESTA QUINTA-FEIRA EM FORTALEZA

Semana de poucas estreias, que se divide entre destaques de pequeno porte mas de alta qualidade, os dramas A Cidade Onde Envelheço (2016), de Marília Rocha, e Redemoinho (2016), de José Luiz Villamarin, e os blockbusters, a animação LEGO Batman – O Filme (2017), de Chris McKay, e o drama Cinquenta Tons Mais Escuros (2017), de James Foley

Cena de A CIDADE ONDE ENVELHEÇO (2016), de Marília Rocha

Cena de A CIDADE ONDE ENVELHEÇO (2016), de Marília Rocha

Grande vencedor do Festival de Brasília do ano passado, com o Candango de melhor filme e prêmios para a diretora Marília Rocha e para as atrizes Elizabete Francisca e Francisca Manuel, A Cidade Onde Envelheço chega ao circuito cercado já por uma boa receptividade em outros festivais nacionais e internacionais. A trama trata de duas portuguesas: Teresa (Elizabete Francisca Santos) decide deixar o país natal para morar no Brasil e vai direto para a casa de Francisca (Francisca Manuel), uma amiga também portuguesa que mora há um ano em Belo Horizonte. Ainda que tenha aceitado abrigá-la, Francisca está temerosa sobre como será o convívio entre elas, já que aprecia a solidão e a independência que dispõe, mas logo o encontro das duas se revela muito positivo. Em cartaz no Cinema do Dragão.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

A CIDADE ONDE ENVELHEÇO (Brasil/Portugal, 2016), de Marília Rocha. Com Elizabete Francisca, Francisca Manuel, Paulo Nazareth, Jonnata Doll, Wanderson dos Santos. 99 min. Vitrine. Classificação a definir.

Cena de REDEMOINHO (2016), de José Luiz Villamarim

Cena de REDEMOINHO (2016), de José Luiz Villamarim

Interessante quando um diretor chega ao cinema com prestígio por causa de seus trabalhos na televisão. José Luiz Villamarim teve seu nome especialmente valorizado, principalmente por causa da minissérie Justiça (2016), mas antes disso já havia chamado a atenção com outros trabalhos, como O Rebu (2014) e Amores Roubados (2014). Redemoinho é sua chance de conquistar o público mais exigente dos cinemas de arte. Na trama, dois amigos acabam se reencontrando após muito tempo separados. Na véspera de Natal, os dois se reúnem para uma conversa regada a muita bebida, que desperta neles a oportunidade de reavaliar seus caminhos e de falar sobre suas lembranças, seus remorsos e suas alegrias. Em cartaz no Cinema do Dragão e no UCI Iguatemi.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

REDEMOINHO (Brasil, 2016), de José Luiz Villamarim. Com Irandhir Santos, Dira Paes, Júlio Andrade, Cássia Kiss Magro, Demick Lopes. 100 min. Vitrine. Classificação a definir.

Cena de LEGO BATMAN - O FILME (2017), de Chris McKay

Cena de LEGO BATMAN – O FILME (2017), de Chris McKay

Andam falando tão mal do Universo Compartilhado DC que é quase inevitável que LEGO Batman – O Filme, a brincadeira que o pessoal da LEGO fez com o Homem-Morcego e outros super-heróis e vilões da DC, tenha arrancado elogios. Mas ninguém esperava que o filme alcançasse 97% de críticas positivas no site Rotten Tomatoes. Na trama, Batman (Will Arnett) descobre que acidentalmente adotou um garoto órfão, que se torna ninguém menos que Robin (Michael Cera). A dupla formada pelo arrogante Homem-Morcego e o empolgado ajudante deve combater o crime e prender o Coringa (Zach Galifianakis). Quem gostou do humor anárquico de Uma Aventura Lego (2014) já pode comemorar. Em cartaz em grande circuito.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

LEGO BATMAN – O FILME (The LEGO Batman Movie, Dinamarca/EUA, 2017), de Chris McKay. Com as vozes originais de Jenny Slate, Ralph Fiennes, Channing Tatum, Jonah Hill, Rosario Dawson. 104 min. Warner. Livre.

Cena de CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS (2017), de James Foley

Cena de CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS (2017), de James Foley

Como era de se esperar, Cinquenta Tons de Cinza (2015) foi um sucesso de público, devido ao burburinho do erotismo sadomasoquista light causado pela trinca de livros de E.L. James. A sequência, Cinquenta Tons Mais Escuros, apresenta agora a jovem Anastasia (Dakota Johnson), logo depois de ter encerrado o relacionamento com Christian Grey (Jamie Dornan), por causa de seus hábitos e atitudes. Mas ela não resiste à tentação e volta aos braços do empresário. Agora ela tem a intenção de mudar um pouco as regras, mas enfrentará algumas aventuras pela frente, com o aparecimento de pessoas do passado de Christian. Em cartaz em grande circuito.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS (Fifty Shades Darker, EUA, 2017), de James Foley. Com Jamie Dornan, Dakota Jonhson, Tyler Hoechlin, Bella Heathcote, Kim Basinger. 115 min. Universal. 16 anos.

Saem de cartaz

A Morte de Luís XIV
A Qualquer Custo
Max Steel
O Homem Que Caiu na Terra
Os Penetras 2 – Quem Dá Mais?
Os Saltimbancos Trapalhões – Rumo a Hollywood
The Beatles: Eight Days a Week – The Touring Years

As estreias desta quinta-feira, 9, que não entram em cartaz em Fortaleza

Marguerite & Julien – Um Amor Proibido
Toni Erdmann
Vale da Luta

Veja o trailer de Toni Erdmann

Imagem de Amostra do You Tube