Semana 52 – STAR WARS: EPISÓDIO VII – O DESPERTAR DA FORÇA

De longe o filme mais badalado em cartaz nos cinemas norte-americanos atualmente, O Despertar da Força continuou bombando nas telonas e alcançou mais um final de semana recordista. Quanto às novidades, dos quatro filmes que estrearam em amplo circuito, três deles, a comédia Pai em Dose Dupla e os dramas Joy: O Nome do Sucesso e Um Homem Entre Gigantes, registraram bons resultados, enquanto que Caçadores de Emoção: Além do Limite naufragou nas bilheterias

Cena de STAR WARS: EPISÓDIO VII – O DESPERTAR DA FORÇA

Cena de STAR WARS: EPISÓDIO VII – O DESPERTAR DA FORÇA

Sem surpresa para absolutamente ninguém, a sci-fi Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força permaneceu líder absoluta da preferência dos cinéfilos norte-americanos e campeã disparada das bilheterias locais neste fim de semana. De sexta a domingo, foram mais excelentes US$ 153,52 milhões arrecadados pela produção, quantia apenas 38% inferior à sua astronômica abertura e que representa o maior faturamento na segunda semana de exibição, superando o então recordista Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (US$ 106,58 milhões). No total de dez dias, O Despertar da Força já acumula espetaculares US$ 544,57 milhões, resultado que, somado à renda internacional, garante ao filme uma bilheteria global de nada menos que US$ 1,09 bilhão. Tendo em vista esses números, os analistas acreditam que o novo Star Wars terá força para chegar à marca de US$ 3 bilhões e, com isso, se tornar o filme mais rentável da história do cinema. Tá bom, ou quer mais?

Banner internacional de PAI EM DOSE DUPLA (2015), de Sean Anders

Banner internacional de PAI EM DOSE DUPLA (2015), de Sean Anders

Em segundo lugar aparece a comédia estreante Pai em Dose Dupla (Daddy’s Home), que ao contrário do que poderia se imaginar, não sofreu muito com a concorrência de Star Wars e encerrou seu primeiro final de semana com sólidos US$ 38,80 milhões, valor que além de equivaler a quase o dobro das projeções iniciais (US$ 20 milhões), também cobre boa parte orçamento da produção, estimado em US$ 50 milhões. No Brasil, Pai em Dose Dupla tem estreia agendada para o dia 28 de janeiro.

Banner internacional de JOY: O NOME DO SUCESSO (2015), de David O. Russell

Banner internacional de JOY: O NOME DO SUCESSO (2015), de David O. Russell

A medalha de bronze ficou com o drama Joy: O Nome do Sucesso (Joy), que seguiu o exemplo de Pai em Dose Dupla e quase dobrou as expectativas de mercado (US$ 10 milhões) ao registrar uma abertura de US$ 17,50 milhões, que representa a segunda maior abertura da carreira do diretor David O. Russell, perdendo apenas para Trapaça (US$ 19,10 milhões). Apontado como um dos fortes concorrentes ao Oscar, Joy: O Nome do Sucesso chega às telonas nacionais no dia 21 de janeiro.

Na esquerda, cena de IRMÃS e na direita cena de ALVIN E OS ESQUILOS NA ESTRADA

Na esquerda, cena de IRMÃS e na direita cena de ALVIN E OS ESQUILOS NA ESTRADA

Encerrando o Top 5 temos a comédia Irmãs e a aventura infantil Alvin e os Esquilos na Estrada, que apresentaram ótimas sustentações e arrecadaram respectivamente US$ 13,88 milhões e US$ 12,70 milhões. No total, Irmãs detém uma bilheteria de US$ 37,14 milhões, ao passo que Alvin e os Esquilos acumula US$ 39,39 milhões.

Banner internacional de UM HOMEM ENTRE GIGANTES (2015), de Peter Landesman

Banner internacional de UM HOMEM ENTRE GIGANTES (2015), de Peter Landesman

Logo abaixo, em sexto lugar, está o drama Um Homem Entre Gigantes (Concussion) que alcançou US$ 11 milhões durante o fim de semana, performance que representa a pior abertura da carreira do ator Will Smith, mas que ainda assim ficou acima das expectativas dos executivos da Sony, que projetavam uma estreia de US$ 8 milhões. Também apontado como possível concorrente ao Oscar, Um Homem Entre Gigantes estreia no Brasil no dia 03 de março.

Banner internacional de CAÇADORES DE EMOÇÃO: ALÉM DO LIMITE (2015), de Ericson Core

Banner internacional de CAÇADORES DE EMOÇÃO: ALÉM DO LIMITE (2015), de Ericson Core

Por fim, temos o longa de ação Caçadores de Emoção: Além do Limite (Point Break), que foi o único lançamento da semana que de fato afundou nas bilheterias, tendo ocupado a oitava posição do ranking com US$ 10,22 milhões, resultado que não só ficou abaixo das projeções dos analistas (US$ 15 milhões), mas que também se torna ínfimo frente ao orçamento da produção, estimado em salgados US$ 105 milhões. Por aqui, Caçadores de Emoção: Além do Limite chega aos cinemas no dia 28 de janeiro.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

07

Assista ao trailer de Pai em Dose Dupla:

Imagem de Amostra do You Tube

Semana 51 – STAR WARS: EPISÓDIO VII – O DESPERTAR DA FORÇA

Sem dúvida um evento cultural, a estreia de O Despertar da Força atingiu as expectativas mais otimistas e entrou para história como a maior de todos os tempos no mercado norte-americano

Banner de STAR WARS: EPISÓDIO VII - O DESPERTAR DA FORÇA (2015), de J.J. Abrams

Banner de STAR WARS: EPISÓDIO VII – O DESPERTAR DA FORÇA (2015), de J.J. Abrams

Quando os analistas começaram a divulgar suas projeções para a abertura de Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (Star Wars: Episode VII – The Force Awakens) no mercado norte-americano, alguns chegaram a afirmar que a produção no mínimo iria superar a estreia de Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (a maior de todos os tempos, com US$ 208,80 milhões) e no máximo, bem, no máximo, o céu era o limite. Agora, com os números das bilheterias do fim de semana devidamente divulgados, não há como negar que a abertura do filme foi, de fato, estrelar.

Lançado na última sexta-feira, 18, em 4.134 salas de cinema dos Estados Unidos e Canadá, O Despertar da Força não fez nada além de quebrar recordes desde que começou a ser exibido nas telonas. Na quinta, o longa se tornou a maior arrecadação de pré-estreia com excelentes US$ 57 milhões, superando os US$ 43,50 milhões do então recordista Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II. Na sexta, o filme novamente passou à frente de Harry Potter e se tornou a maior bilheteria de estreia de todos os tempos, tendo faturado US$ 120,50 milhões, contra US$ 91 milhões obtidos pelo bruxo. E hoje, no domingo, para encerrar o fim de semana com chave de ouro, O Despertar da Força se tornou a maior abertura da história ao registrar uma renda de impressionantes US$ 238 milhões, valor que supera bastante os números de Jurassic World.

Nossa única missão era criar um filme que oferecesse a experiência única de Star Wars, e o diretor J.J. Abrams, a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, e o time da Lucasfilm se superaram ao realizar essa missão, declarou ao Hollywood Reporter o presidente da Walt Disney, Alan Horn, sobre O Despertar da Força, que, vale ressaltar, também fez um sucesso estrondoso ao redor do mundo, tendo arrecadado espetaculares US$ 279 milhões nas bilheterias internacionais. É como dizem por aí, a Força está de volta, e mais poderosa do que nunca… Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força já está em exibição nos cinemas brasileiros.

Banner internacional de ALVIN E OS ESQUILOS NA ESTRADA (2015), de Walt Becker

Banner internacional de ALVIN E OS ESQUILOS NA ESTRADA (2015), de Walt Becker

Na segunda posição do ranking aparece a segunda maior estreia da semana, a aventura infantil Alvin e os Esquilos na Estrada (Alvin and the Chipmunks The Road Chip), que funcionou como uma opção alternativa para o público familiar e encerrou o seu primeiro final de semana com uma renda de US$ 14,40 milhões, que representa a menor abertura da franquia. Ainda assim, os executivos da Fox não têm muito com o que se preocupar, tendo em vista que o novo Alvin e os Esquilos ficará longe de concorrentes até a metade de Janeiro, quando a animação Norm of the North chega às telonas. No Brasil, Alvin e os Esquilos na Estrada tem estreia agendada para a próxima quinta, 24.

Banner internacional de IRMÃS (2015), de Jason Moore

Banner internacional de IRMÃS (2015), de Jason Moore

O terceiro lugar ficou com outra novidade, a comédia Irmãs (Sisters), que seguiu a linda de Alvin e os Esquilos e se tornou uma opção alternativa para o público feminino que não gosta de Star Wars. As mulheres responderam por nada menos que 79% da platéia do filme, que de sexta a domingo fez US$ 13,42 milhões em bilheteria, resultado que equivale a quase a metade do seu orçamento, estimado em US$ 30 milhões. Por aqui, Irmãs chega aos cinemas no dia 21 de janeiro.

Na esquerda, cena de JOGOS VORAZES: A ESPERANÇA - O FINAL e na direita cena de CREED: NASCIDO PARA LUTAR

Na esquerda, cena de A ESPERANÇA – O FINAL e na direita cena de CREED

Completando a lista dos cinco primeiro colocados estão a aventura Jogos Vorazes: A Esperança – O Final e o drama Creed: Nascido para Lutar, que faturaram respectivamente US$ 5,65 milhões e US$ 5,08 milhões. Ao todo, A Esperança acumula uma bilheteria de US$ 254,43 milhões, enquanto que Creed soma US$ 87,90 milhões.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

05

Assista ao trailer de Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – MISSÃO IMPOSSÍVEL segue na liderança

A ação Missão Impossível: Nação Secreta manteve a liderança do ranking internacional no último fim de semana, enquanto o estreante Quarteto Fantástico ficou em segundo com aproximadamente metade do desempenho. A animação Minions continua forte, na terceira colocação, enquanto Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e Divertida Mente fecharam o top cinco em quarto e quinto lugar, respectivamente

Tom Cruise em cena de MISSÃO IMPOSSÍVEL: NAÇÃO SECRETA.

Tom Cruise em cena de MISSÃO IMPOSSÍVEL: NAÇÃO SECRETA

Missão Impossível: Nação Secreta continuou na primeira colocação do ranking em sua segunda semana em cartaz no mercado internacional. Após estrear em mais 18 países, a ação acumulou uma renda de US$ 65,5 milhões no último fim de semana, pouco mais que a renda do fim de semana anterior, terminando o domingo com um desempenho positivo. Em sua segunda semana em cartaz, acumula uma renda total de US$ 156,7 milhões.

Cena de QUARTETO FANTÁSTICO.

Cena de QUARTETO FANTÁSTICO

Na segunda colocação ficou o estreante Quarteto Fantástico, com uma renda acumulada de US$ 34,1 milhões no fim de semana. Dos 43 países em que entrou em cartaz, 20 tiveram o topo do ranking local sustentado pela aventura. México foi onde Quarteto Fantástico obteve o seu melhor desempenho no fim de semana, com um acumulado de US$ 5,15 milhões de cerca de 2200 salas. O filme estreia em mais 18 países no próximo fim de semana, seguido por mais 8 territórios, no fim de semana seguinte; dentre esses está a Rússia, Coréia do Sul e Espanha.

Cena de MINIONS.

Cena de MINIONS

Ainda em cartaz em 62 países, a animação Minions continua forte no ranking internacional em sua oitava semana em cartaz no mercado, tendo acumulado uma renda de US$ 18,2 milhões no fim de semana. Com o valor, Minions tornou-se a animação com o quinto melhor desempenho em renda no mercado internacional – o melhor de um filme da Illumination Entertainment. A animação acumula atualmente cerca de US$ 610 milhões em renda internacional, tendo terminado o domingo na terceira colocação do ranking.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS.

Depois de nove semanas em cartaz no mercado internacional, Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros estreou enfim no Japão, conseguindo um aumento na renda em mais de 200% em relação ao fim de semana anterior. A aventura acumulou cerca de US$ 15,1 milhões no último fim de semana, tornando-se com o resultado, o filme com a quinta melhor renda acumulada da história no mercado internacional, de US$ 945 milhões. Com o resultado, terminou o período na quarta posição do ranking internacional.

Personagem Alegria em cena de DIVERTIDA MENTE.

Personagem Alegria em cena de DIVERTIDA MENTE.

Divertida Mente estreou em dois novos países, mas não foi o suficiente para conter a queda de quase 50% em relação ao fim de semana passado, terminando assim o fim de semana com uma renda US$ 10,8 milhões, que lhe garantiu a quinta colocação do ranking. Dentre os melhores desempenhos, está a sua exibição na Rússia, onde tornou-se a animação da Disney e Pixar com o segundo melhor desempenho em renda no país, ficando atrás apenas de Frozen. No total, a animação acumula US$ 300 milhões, em sua oitava semana em cartaz.

Confira a tabela com os dez melhores.

RINT-32-2015

Veja o trailer de Quarteto Fantástico.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – MINIONS na liderança

Após ultrapassar Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, Minions tomou agora a liderança de O Exterminador do Futuro: Gênesis, ficando inclusive à frente do estreante Homem-Formiga, que terminou o fim de semana na segunda colocação. A ação estrelada por Arnold Schwarzenegger ficou em terceiro lugar, com uma grande queda na renda, enquanto Divertida Mente, bem próximo no quesito arrecadação, ficou em quarto. Jurassic World completou o Top 5

Cena de OS MINIONS.

Cena de MINIONS

A animação Minions disparou na liderança após estrear em cerca de 20 países no último fim de semana, ultrapassando o ex-líder Exterminador do Futuro: Gênesis e o estreante Homem-Formiga. Exibido em cerca de 56 países, Minions arrecadou aproximadamente US$ 66,2 milhões no último fim de semana, seu quinto desde que entrou em cartaz. A animação soma atualmente uma renda de US$ 409 milhões nas bilheterias internacionais, tendo ainda estreia prevista para mais 8 países.

Cena de HOMEM-FORMIGA.

Cena de HOMEM-FORMIGA

O estreante Homem-Formiga, adaptação do personagem da Marvel, entrou em cartaz no último fim de semana em 37 países com um ótimo resultado, tendo sua arrecadação somado aproximadamente US$ 56,4 milhões, que lhe garantiram a segunda colocação do ranking internacional. O Reino Unido ficou em primeiro dentre as regiões onde o filme obteve melhor desempenho, tendo obtido uma renda de US$ 6 milhões para o filme em seu fim de semana de estreia. Homem-Formiga foi exibido em cerca de 182 salas IMAX, onde obteve um total de US$ 3 milhões, fazendo uma média de US$ 16,5 mil por sala.

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS.

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

Em sua quarta semana em cartaz, O Exterminador do Futuro: Gênesis arrecadou cerca de US$ 22,2 milhões no fim de semana, terminando o domingo em terceiro lugar no ranking. A ação estreou em quatro países do Oriente Médio no último fim de semana, dentre eles os Emirados Árabes Unidos, onde arrecadou cerca de US$ 1,3 milhão no fim de semana, melhor desempenho de um filme de Arnold Schwarzenegger no país. Com o resultado, O Exterminador do Futuro: Gênesis soma um total de US$ 197 milhões no mercado internacional.

Cena de DIVERTIDA MENTE.

Cena de DIVERTIDA MENTE

Na quarta colocação do ranking, Divertida Mente continua com um desempenho razoável, tendo obtido cerca de US$ 21,3 milhões no último fim de semana, valor bem próximo da renda de O Exterminador. A animação estreou no Japão, Holanda e Espanha no último fim de semana, tendo ainda estreias previstas para Alemanha, Itália, Reino Unido, entre outros. O seu melhor desempenho continua sendo no México, onde já arrecadou cerca de US$ 29,2 milhões. Na Coréia do Sul, a animação obteve o melhor resultado de um filme de Pixar no país no fim de semana anterior e ainda assim conseguiu registrar um crescimento de 45%. No total, Divertida Mente soma uma renda de US$ 183 milhões no mercado internacional.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS

Em sua sexta semana em cartaz, Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros não foi tão bem na renda, mas conseguiu se tornar o filme com o sexto melhor desempenho da história, após chegar aos US$ 902 milhões no total arrecadado no mercado internacional e ultrapassar Os Vingadores, com US$ 895 milhões. A aventura somou um renda de US$ 12,3 milhões no fim de semana, em cerca de 65 países. Dentre os próximos países em que o filme irá estrear, está o Japão, em 5 de agosto, que deve dar um impulso na renda do filme para mantê-lo por mais um tempo dentre os melhores.

Confira a tabela com os dez melhores.

RINT-29-2015

Veja o trailer de Homem-Formiga.

Imagem de Amostra do You Tube

Semana 29 – Homem-Formiga

Nova aposta da Marvel, o filme do herói diminuto se deu muito bem em sua estreia no mercado norte-americano, embora não tenha alcançado números tão altos quanto os dos outros longas do estúdio. Enquanto isso, Descompensada, nova comédia do diretor Judd Apatow, superou expectativas e conquistou um honroso terceiro lugar

01

Banner internacional de HOMEM-FORMIGA (2015), de Peyton Reed

Pouco mais de dois meses após faturar alto com Os Vingadores: Era de Ultron, o Marvel Studios já está de volta ao topo das bilheterias norte-americanas, dessa vez com a aventura Homem-Formiga (Ant-Man), que chegou às telonas locais alcançando um resultado bastante sólido, porém não tão elevado quanto o pessoal do estúdio está acostumado.

Presente desde a última sexta-feira, 17, em 3.856 salas de cinema dos Estados Unidos e Canadá, Homem-Formiga foi bastante bem-recebido junto ao público (tanto que, na avaliação feita pelo CinemaScore, o filme recebeu um ‘A’, referente a excelente), contudo, o longa do herói diminuto acabou não tendo a mesma força que heróis de peso como o Capitão América e Thor e com isso encerrou seu primeiro final de semana com uma bilheteria de US$ 58,04 milhões, valor sem dúvida bastante expressivo, mas que ficou abaixo das expectativas dos executivos da Marvel, que esperavam uma arrecadação de US$ 65 milhões. Além disso, os números de Homem-Formiga representam a segunda menor abertura do Universo Cinematográfico Marvel, sendo superiores apenas aos de O Incrível Hulk (US$ 55,41 milhões).

Eles foram vítimas do próprio sucesso. Toda vez que se tem um filme da Marvel, as expectativas vão acima da proporção, declarou à Variety o analista Paul Dergarabedian sobre o caso. De fato, as expectativas em torno de Homem-Formiga eram bastante elevadas (consequência, creio eu, do sucesso de Guardiões da Galáxia), mas não há como negar que a abertura do filme foi bastante satisfatória, principalmente se levarmos em consideração que estamos falando de um herói de segundo escalão da Marvel e que o orçamento do longa foi o menor dentre todos os filmes estúdio.

Vai levar um pouco mais de tempo para esse filme encontrar totalmente o seu público porque é centrado em um personagem menos conhecido. Mas eu acho que a coisa mais encorajadora que ouvimos foi que várias pessoas estão comentando sobre como se surpreenderam com o quanto gostaram do filme. É isso que vai levar as pessoas ao cinema. No final do verão, acredito que iremos olhar para trás e veremos o filme entre as surpresas da temporada. Espero que ele tenha uma longa trajetória, declarou ao Los Angeles Times o presidente de distribuição da Disney, Dave Hollis. Homem-Formiga já está em exibição nos cinemas brasileiros.

Cena de MINIONS

Cena de MINIONS

Visto inicialmente como uma possível ameaça ao reinado de Homem-Formiga por conta de sua ótima abertura na semana passada, a animação Minions terminou não tendo a menor chance contra o herói da Marvel, uma vez que registrou uma perda de 57% em sua arrecadação. No total, foram US$ 50,20 milhões obtidos de sexta a domingo pelo filme das criaturinhas amarelas, quantia que elevou sua bilheteria acumulada para excelentes US$ 216,69 milhões, que correspondem a nada menos que a quinta maior renda de 2015 até o momento por lá.

Banner internacional de DESCOMPENSADA (2015),  de Judd Apatow

Banner internacional de DESCOMPENSADA (2015), de Judd Apatow

A medalha de bronze ficou com a segunda maior novidade da semana, a comédia Descompensada (Trainwreck), que fez sucesso junto ao público feminino (as mulheres responderam por 69% da plateia do filme, que também recebeu um ‘A’ na avaliação do CinemaScore) e em três dias arrecadou ótimos US$ 30 milhões, quantia que supera bastante os US$ 20 milhões projetados inicialmente pelos analistas e que representa a segunda maior abertura da carreira de Judd Apatow como diretor, perdendo por muito pouco para Ligeiramente Grávidos (US$ 30,69 milhões). Em declaração à Variety, o presidente de distribuição da Universal, Nick Carpou, atribuiu o sucesso da produção à sua protagonista, a comediante Amy Schumer. Amy é uma estrela. Baseado nas nossas pesquisas, depois do humor, ela foi a segunda razão das pessoas quererem assistir o filme, disse. Descompensada tem estreia no Brasil agendada para o dia 24 de setembro.

Na esquerda, cena de DIVERTIDA MENTE e na direita cena de JURASSIC WORLD

Na esquerda, cena de DIVERTIDA MENTE e na direita cena de JURASSIC WORLD

Na sequência da lista dos mais rentáveis estão a animação Divertida Mente e a aventura Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, que conquistaram respectivamente a quarta e quinta posições ao faturarem US$ 11,66 milhões e US$ 11,40 milhões. Em cinco semanas, Divertida Mente soma uma bilheteria de excelentes US$ 306,36 milhões, a terceira maior da Pixar, enquanto que Jurassic World contabiliza em seis semanas US$ 611,17 milhões, ficando desse modo a um passo de superar os US$ 623,35 milhões de Os Vingadores e se tornar a terceira maior bilheteria de todos os tempos no mercado norte-americano.

Banner internacional de MR. HOLMES (2015), de Bill Condon

Banner internacional de MR. HOLMES (2015), de Bill Condon

Bem mais abaixo, na lanterninha do ranking, aparece outro estreante, o drama Mr. Holmes, que, lançado em circuito mais restrito (foram 363 salas), arrecadou US$ 2,48 milhões. O longa, que traz Ian McKellen (O Senhor dos Anéis) interpretando o famoso detetive Sherlock Holmes nos seus últimos dias, ainda não tem data de estreia definida no Brasil.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

06

Assista ao trailer de Homem-Formiga:

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – MINIONS continua na liderança

A animação Minions foi novamente bem nas bilheterias brasileiras, conseguindo uma ótima renda no último fim de semana, o que lhe garantiu liderança do ranking pela terceira vez seguida. Em segundo, O Exterminador do Futuro: Gênesis continuou com um desempenho razoável, caindo um pouco na renda. O estreante Cidades de Papel terminou o domingo na terceira posição do ranking com uma renda próxima a de O Exterminador, enquanto Meu Passado Me Condena 2 caiu uma posição, ficando em quarto, e Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros fechou o top cinco

Cena de MINIONS.

Cena de MINIONS

Pela terceira semana consecutiva, Minions terminou o domingo na primeira colocação do ranking das bilheterias nacionais, mostrando a sua hegemonia mesmo diante de grandes como O Exterminador do Futuro: Gênesis. A animação arrecadou cerca de R$ 15,6 milhões no fim de semana, uma queda de apenas 15% em relação a renda obtida anteriormente. Com o resultado, Minions soma agora uma renda de R$ 79,6 milhões no país e um público acumulado de aproximadamente 5,7 milhões de espectadores.

Arnold Schwarzenegger em cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS.

Arnold Schwarzenegger em cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

O Exterminador do Futuro: Gênesis não surpreendeu novamente em sua segunda semana em cartaz no país, continuando com uma renda razoável, após uma queda de cerca de 20% em relação ao fim de semana anterior. A ação arrecadou cerca de R$ 7,9 milhões no fim de semana, garantindo a segunda colocação do ranking. Com o valor arrecadado, O Exterminador soma atualmente uma receita de R$ 25,1 milhões no país e um público de aproximadamente 1,6 milhão de espectadores.

Cena de CIDADES DE PAPEL.

Cena de CIDADES DE PAPEL

O estreante Cidades de Papel chegou ao país com um bom desempenho, evidenciado pelo fato de ter ficado bem próximo dos dois primeiros colocados, mesmo sendo exibido em aproximadamente 660 salas no país, 200 a menos que O Exterminador do Futuro: Gênesis. O romance acumulou uma renda de R$ 7,3 milhões no fim de semana, valor que lhe colocou na terceira posição no ranking. No período de quinta à domingo, 12, cerca de 555 mil espectadores assistiram Cidades de Papel no país.

Cena de MEU PASSADO ME CONDENA 2.

Cena de MEU PASSADO ME CONDENA 2

Na quarta colocação, o longa brasileiro Meu Passado Me Condena 2 caiu pouco na renda em relação ao fim de semana anterior, mas não conseguiu evitar o deslize para a quarta colocação devido a estreia de Cidades de Papel. A comédia terminou o fim de semana com uma arrecadação de R$ 5,5 milhões, valor cerca de 18% menor que a renda obtida anteriormente. Exibido em cerca de 530 salas no país, Meu Passado Me Condena 2 soma até o momento uma receita de R$ 15,7 milhões e um público de 1,2 milhão de espectadores.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS

Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros também sentiu a chegada do romance Cidades de Papel, caindo, assim como a comédia brasileira, para a quinta posição do ranking. Mesmo assim, a aventura caiu bastante após obter uma renda de R$ 4 milhões no último fim de semana, valor cerca de 30% menor que o obtido anteriormente. Em sua quinta semana em cartaz, Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros soma uma renda de R$ 83,6 milhões e um público acumulado de 5,8 milhões de espectadores no país, valores próximos dos obtidos por Minions, apenas em sua terceira semana em cartaz.

Confira a tabela com os dez melhores do ranking Brasil.

RBRA-28-2015

Veja o trailer de Cidades de Papel.

Imagem de Amostra do You Tube

Semana 28 – Minions

Queridinhos do público, os Minions chegaram com tudo nos cinemas e enfim encerraram o longo reinado de Jurassic World nas bilheterias norte-americanas

Banner internacional de MINIONS (2015), de Kyle Balda e Pierre Coffin

Banner internacional de MINIONS (2015), de Kyle Balda e Pierre Coffin

Depois de roubarem a cena nos dois longas da série Meu Malvado Favorito, agora chegou a vez dos adoráveis Minions mostrarem que têm carisma o suficiente para segurarem um filme sozinhos. Lançado em 4.301 salas de cinema dos Estados Unidos e Canadá na última sexta-feira, 10, o longa animado protagonizado pelas criaturinhas amarelas simplesmente conquistou o público local e encerrou seu primeiro final de semana em cartaz faturando alto nas bilheterias.

Ao todo, foram nada menos que US$ 115,20 milhões arrecadados por Minions de sexta a domingo, valor bastante empolgante que não só superou as expectativas dos analistas (que acreditavam em uma renda de US$ 90 milhões) e colocou o filme na liderança disparada do ranking dos mais rentáveis, como também o transformou na segunda maior abertura de uma animação de todos os tempos, perdendo apenas para Shrek Terceiro, que obteve US$ 121,62 milhões nos seus primeiros três dias. Em declaração ao Hollywood Reporter, o chefe de distribuição da Universal, Nick Carpou, não fez questão de esconder a sua satisfação. Pessoas de todas as idades, e especialmente crianças e famílias, simplesmente amam esses personagens, e nós tivemos uma tremenda campanha de marketing. Com esse resultado, nós agora temos três filmes nesse ano com aberturas maiores que US$ 100 milhões, Minions, Velozes e Furiosos 7 e Jurassic World, algo que nenhum outro estúdio conseguiu na história, disse. Minions já está em exibição nos cinemas brasileiros.

Na esquerda cena de JURASSIC WORLD e na direita cena de DIVERTIDA MENTE

Na esquerda cena de JURASSIC WORLD e na direita cena de DIVERTIDA MENTE

Na sequência do ranking, com arrecadações bastante inferiores em relação ao grande campeão, estão os líderes da semana passada, a aventura Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e a animação Divertida Mente, que faturaram respectivamente US$ 18,10 milhões e US$ 17,10 milhões. Em cinco semanas, Jurassic World acumula uma bilheteria de impressionantes US$ 590,63 milhões, enquanto que Divertida Mente soma excelentes US$ 283,63 milhões.

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

Em quarto lugar, também perdendo uma posição, ficou a sci-fi O Exterminador do Futuro: Gênesis, que registrou uma queda de 49% e encerrou o fim de semana com uma renda de US$ 13,70 milhões. No total de dez dias, o longa contabiliza uma bilheteria de US$ 68,71 milhões, quantia que confirma ainda mais o fraco desempenho da produção, uma vez que no mesmo período de tempo os últimos três filmes da franquia já haviam ultrapassado a marca de US$ 90 milhões.

Banner internacional de A FORCA (2015), de Travis Cluff e Chris Lofing

Banner internacional de A FORCA (2015), de Travis Cluff e Chris Lofing

Completando a lista dos cinco primeiros colocados está o terror A Forca (The Gallows), que não fez feio ao alcançar uma abertura de US$ 10,01 milhões, desempenho que se iguala corretamente às expectativas dos executivos da Warner, que por sinal já devem estar contabilizando lucros a essa altura, tendo em vista que os custos de produção do filme somaram apenas US$ 1 milhão. No Brasil, A Forca chega aos cinemas no dia 23 de julho.

Acima, os cartazes de SELF/LESS (2015), de Tarsem Singh, e BAAHUBALI: THE BEGINNING (2015), de S.S. Rajamouli

Acima, os cartazes de SELF/LESS (2015), de Tarsem Singh, e BAAHUBALI: THE BEGINNING (2015), de S.S. Rajamouli

Dentre as demais novidades, duas conseguiram espaço entre os dez mais rentáveis. A primeira foi a sci-fi Self/Less, que ocupou o oitavo lugar com US$ 5,37 milhões, resultado que coloca a produção entre os fracassos do ano, já que o seu orçamento somou US$ 26 milhões. A segunda, por sua vez, foi o épico indiano Baahubali: The Beginning, que garantiu a nona colocação ao faturar US$ 3,57 milhões, valor bastante notável ao levarmos em conta que o filme está sendo exibido somente em 236 salas de cinema.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

06

Assista ao trailer de Minions:

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – MINIONS continua líder

Ainda na liderança do ranking Brasil, Minions desbancou os principais estreantes do fim de semana, O Exterminador do Futuro: Gênesis e Meu Passado Me Condena 2, que terminaram o domingo na segunda e terceira colocações, respectivamente. Mesmo juntos, os estreantes não conseguiram ultrapassar a animação em renda, que lidera com folga. Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e Divertida Mente caíram ambos duas posições, ficando respectivamente em quarto e quinto lugar

Cena de MINIONS.

Cena de MINIONS

Com aproximadamente a mesma quantidade de salas que O Exterminador do Futuro: Gênesis, Minions obteve um rendimento surpreendente e não deu a menor chance para a ficção liderar o ranking no fim de semana. Exibido em pouco mais de mil salas, Minions arrecadou quase o dobro do obtido por Jurassic World, cerca de R$ 18,6 milhões, terminando o domingo isolado na primeira colocação da lista dos mais rentáveis. Em duas semanas de exibição no país, a animação já soma um público de quase 4 milhões e uma renda de R$ 53 milhões.

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS.

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

Na segunda colocação ficou o estreante O Exterminador do Futuro: Gênesis, que terminou o fim de semana com uma renda de R$ 10,7 milhões. A ação foi exibida em cerca de 980 salas no país, mas mesmo na estreia mal conseguiu alcançar a metade da quantidade de espectadores que assistiram Minions no fim de semana, cerca de 1,24 milhão. Apesar de estar na segunda colocação, O Exterminador do Futuro perdeu na média de público por sala para o terceiro colocado, Meu Passado Me Condena 2.

Fábio Porchat e Mia Mello em MEU PASSADO ME CONDENA 2.

Fábio Porchat e Mia Mello em MEU PASSADO ME CONDENA 2

A comédia brasileira Meu Passado Me Condena 2 estreou no fim de semana passado com um desempenho razoável. Em exibição em cerca de 600 salas no país, conseguiu acumular uma renda de R$ 6,7 milhões, por um público de aproximadamente 480 mil espectadores. Com o resultado, a comédia ficou na terceira colocação do ranking, mas com a segunda melhor média de público por sala, 789, atrás apenas do primeiro colocado Minions.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS

Após uma queda de quase 50% na renda, Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros foi da segunda para a quarta colocação do ranking no último fim de semana. A aventura arrecadou cerca de R$ 5,5 milhões em sua quarta semana em cartaz, levando quase 380 mil espectadores aos cinemas no período. No total, Jurassic World soma um público de 5,3 milhões e uma renda de R$ 76,9 milhões no país.

Cena de DIVERTIDA MENTE.

Cena de DIVERTIDA MENTE

Assim como Minions, Divertida Mente vem lotando os cinemas devido ao período de férias escolar, não apenas com crianças, mas também com muitos jovens e adultos. Em sua terceira semana em cartaz no país, apesar de não estar tão bem quanto Minions, ainda conseguiu aproximar-se dos 300 mil espectadores no público do fim de semana, o que lhe garatiu a quinta colocação do ranking com uma renda de R$ 3,7 milhões. Atualmente em exibição em cerca de 500 salas no país, Divertida Mente soma uma renda de R$ 25,6 milhões e um público de 2 milhões de espectadores.

Confira a tabela do ranking com os dez melhores.

RBRA-27-2015

Veja o trailer de Meu Passado Me Condena 2.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – O EXTERMINADOR DO FUTURO dispara na liderança

Após estrear em novos países, O Exterminador do Futuro: Gênesis chegou a liderança do ranking internacional ultrapassando Minions e Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, que terminaram na segunda e terceira colocação, respectivamente. Divertida Mente caiu pouco, mantendo uma renda razoável em seu terceiro fim de semana em cartaz, e terminou o domingo em quarto lugar. Ted 2 obteve uma queda considerável, mas conseguiu manter-se atrás de Divertida Mente, na quinta posição

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS.

Cena de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS

Na primeira colocação, O Exterminador do Futuro: Gênesis obteve um ótimo desempenho no último fim de semana, conseguindo uma arrecadação de US$ 74 milhões, que lhe garantiu a liderança do ranking em seu segundo fim de semana em cartaz. O filme estreou em 36 novos países, estando em cartaz atualmente em 46, e conseguiu a primeira colocação dos rankings locais de 28 países no último fim de semana. Em 22 países, O Exterminador do Futuro: Gênesis tornou-se o filme estrelado por Arnold Schwarzenegger com melhor desempenho na estreia. Com o valor obtido na primeira semana, a ficção soma uma renda de US$ 85,5 milhões.

Cena de MINIONS.

Cena de MINIONS

Minions estreou em mais 16 países do mercado internacional e conseguiu melhorar o seu desempenho no ranking, arrecadando cerca de US$ 54,3 milhões no último fim de semana, valor que representa um aumento de aproximadamente 30% em relação ao fim de semana anterior. Dos 26 países onde o filme está atualmente em cartaz, a animação conseguiu estrear na primeira colocação dos rankings locais de 25 desses países. O spin-off de Meu Malvado Favorito tornou-se a animação com o melhor desempenho local no dia de estreia na Alemanha, Espanha, Argentina e Colômbia. Com o arrecadado anteriormente, Minions acumula uma receita de US$ 124 milhões no mercado internacional.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS.

Cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS

Em sua quarta semana em cartaz, Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros terminou o fim de semana com uma arrecadação de US$ 42 milhões, uma queda de aproximadamente 50% em relação ao fim de semana anterior. Com o resultado, a aventura caiu duas posições devido a melhora de O Exterminador do Futuro e Minions, mesmo estando em cartaz em 66 países no mercado internacional, ficando assim na terceira colocação do ranking. Mesmo com a queda, Jurassic World tem o que comemorar, pois já acumula US$ 827 milhões nas bilheterias internacionais.

Cena de DIVERTIDA MENTE.

Cena de DIVERTIDA MENTE

Divertida Mente estreou apenas na Polônia no último fim de semana e não conseguiu manter o desempenho da semana anterior, terminando o domingo com uma arrecadação de US$ 18,6 milhões na quarta colocação do ranking. O seu melhor desempenho individual continua sendo no México, onde já soma US$ 25 milhões, seguido pela Rússia (US$ 17,2 milhões), Austrália (US$ 13 milhões), e França (US$ 12,2 milhões). Com o resultado do fim de semana, a animação acumula uma renda de US$ 117 milhões no mercado internacional.

Cena de TED 2.

Cena de TED 2.

Fechando o Top 5, Ted 2 não conseguiu manter o desempenho do fim de semana anterior mesmo estreando em mais cinco países. A comédia somou uma arrecadação de US$ 8,8 milhões no fim de semana, quase que 60% de queda em relação a renda obtida no anterior. O filme obteve o seu melhor desempenho do fim de semana na Austrália, de US$ 1,8 milhão para um acumulado de US$ 6,4 milhões, seguido da Alemanha, onde obteve US$ 1,2 milhão e acumula US$ 5,6 milhões, tendo terminado o fim de semana na terceira colocação do ranking local. Em cartaz em 31 países, Ted 2 acumula uma receita total de US$ 36 milhões no mercado internacional.

Confira a tabela com os dez melhores.

RINT-27-2015

Veja o trailer de O Exterminador do Futuro: Gênesis.

Imagem de Amostra do You Tube

Semana 27 – Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros

Novamente, o topo do ranking das bilheterias norte-americanas foi marcado por uma disputa acirrada entre a aventura Jurassic World e a animação Divertida Mente, contudo, o que realmente chamou a atenção foi o desempenho da sci-fi O Exterminado do Futuro: Gênesis e da dramédia Magic Mike XXL, que, consideradas duas das grandes apostas para 2015, acabaram se tornando fracassos de arrecadação

Chris Pratt em cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS

Chris Pratt em cena de JURASSIC WORLD: O MUNDO DOS DINOSSAUROS

Pela quarta vez consecutiva, não houve quem tivesse força suficiente para superar a aventura Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros nas bilheterias norte-americanas. Em cartaz nas telonas locais há quase um mês, a badalada produção já começa a sua curva descendente, mas ainda assim conseguiu novamente se segurar na liderança da lista dos mais rentáveis, agora com US$ 30,90 milhões, quantia que representa uma perda de 43% em relação à semana passada e que elevou o seu total acumulado para impressionantes US$ 558,13 milhões. Dessa forma, Jurassic World atualmente se posiciona como a quarta maior bilheteria de todos os tempos na América do Norte, sendo que possível em breve se torne a terceira, posto que no momento é ocupado pela aventura Os Vingadores (US$ 623,35 milhões).

Cena de DIVERTIDA MENTE

Cena de DIVERTIDA MENTE

Em segundo lugar aparece a animação Divertida Mente, que pela segunda vez “chutou na trave” e por muito pouco perdeu a medalha de ouro, tendo o seu faturamento de sexta a domingo somado US$ 30,10 milhões. Mas mesmo o filme não tendo passado nenhuma vez pelo topo do ranking, os executivos da Disney não têm realmente nenhum motivo para reclamar, tendo em vista que, no total, Divertida Mente já rendeu excelentes US$ 246,16 milhões, que equivalem à quarta maior bilheteria de 2015 até agora no mercado norte-americano.

Banner internacional de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS (2015), de Alan Taylor

Banner internacional de O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS (2015), de Alan Taylor

A terceira colocação coube à sci-fi O Exterminador do Futuro: Gênesis (Terminator: Genisys), que apesar de figurar na lista de filmes mais esperados de 2015, acabou se tornando um fracasso de crítica (o índice de aprovação, segundo o RottenTomatoes, foi de apenas 27%) e de arrecadação, com a renda do fim de semana chegando a modestos US$ 28,70 milhões, valor que representa a segunda menor abertura da franquia, superando apenas os US$ 4,02 milhões obtidos pelo primeiro Exterminador do Futuro, lançado em 1984. Desde sua estreia, na quarta-feira, 01, Gênesis arrecadou US$ 44,15 milhões em bilheterias, resultado bem abaixo dos US$ 55 milhões projetados pelos executivos da Paramount. Assim, o pessoal do estúdio deve estar agora com toda a atenção voltada para os números do mercado internacional, que serão cruciais para evitar um grande prejuízo, uma vez que o orçamento do filme foi de salgados US$ 155 milhões. O Exterminador do Futuro: Gênesis já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Banner internacional de MAGIC MIKE XXL (2015), de Gregory Jacobs

Banner internacional de MAGIC MIKE XXL (2015), de Gregory Jacobs

Também alvo de grande expectativa, a dramédia Magic Mike XXL foi outro que decepcionou. Ao todo, foram fracos US$ 11,60 milhões obtidos de sexta a domingo, quantia que não chega nem à metade a abertura que primeiro filme, que fez US$ 39,12 milhões no seu primeiro fim de semana. Também lançado no dia 01, Magic Mike XXL acumula em cinco dias um faturamento de US$ 26,65 milhões, desempenho que parece piada quando levamos em conta que o pessoal da Warner esperava uma renda de US$ 50 milhões para o período. Contudo, é interessante destacar que, mesmo o segundo Magic Mike não tendo emplacado nas bilheterias, os executivos da Warner estão numa posição bem mais confortável que os da Paramount, tendo em vista que os custos de produção do novo longa dos strippers somou apenas US$ 15 milhões. Magic Mike XXL tem estreia no mercado nacional agendada para o dia 30 de julho.

05

Cena de TED 2

Na sequência do ranking aparece a comédia Ted 2, que após registrar uma abertura pouco empolgante na semana passada, levou um tombo de 67% e escorregou para o quinto lugar, com US$ 11,00 milhões arrecadados. Em dez dias, o segundo longa do ursinho desbocado detém uma bilheteria de US$ 58,33 milhões, performance bem inferior à do filme original, que no mesmo período havia faturado US$ 119,84 milhões.

Cena de ME AND EARL AND THE DYING GIRL

Cena de ME AND EARL AND THE DYING GIRL

Por fim, vale destacar o drama Me and Earl and the Dying Girl, que aparece pela primeira vez entre os dez mais rentáveis após ter o seu circuito expandido de 354 para 870 salas. Foram no total US$ 1,32 milhão obtido pela produção, o que representa um crescimento de 33% em relação à semana passada e que lhe garantiu a nona colocação do ranking. Premiado como o Melhor Filme na edição deste ano do Festival de Sundance, Me and Earl and the Dying Girl acumula uma bilheteria de US$ 4,00 milhões.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

07

Assista ao trailer de O Exterminador do Futuro: Gênesis.

Imagem de Amostra do You Tube