EUROPEAN FILM AWARDS-2016 – TONI ERDMAN, O VENCEDOR

Toni Erdman já tinha emocionado a todos no Festival de Cannes em maio passado com a história e um pai que cria um “alter ego” a fim de se comunicar com a filha, solteira aos 30 anos e que está perdendo a oportunidade de desfrutar a vida ao se dedicar inteiramente ao trabalho como executiva de uma empresa alemã na Romênia. Ganhador de 11 prêmios e 17 indicações, acaba de conquistar o de Melhor Filme Europeu

Peter e Helen em TONI ERDMANN (2016), de Maren Ade: melhor filme europeu de 2016

Peter Simonischek e Sandra Heller em TONI ERDMANN (2016), de Maren Ade: melhor filme europeu de 2016

A entrega dos prêmios aos melhores do cinema europeu em 2016 aconteceu na Polônia e foi acompanhada de perto pela Variety, uma das mais prestigiadas revistas de cinema. Além do principal prêmio, recebeu ainda os de Melhor Diretor e Melhor Roteiro, ambos para Maren Ade, além de Melhor Ator, para Peter Simonischek, e Atriz, para Sandra Heller, desbancando assim a favorita Isabelle Huppert, por Elle, representante da França no Oscar. Ainda em Cannes, Maren Ade disse que “há muito tempo queria fazer um filme sobre a família e as rupturas, que são inerentes a toda relação de pai e filha. Em algum momento todos temos o desejo secreto de nos afastarmos de nossa família, de escapar e começar do zero“, e que a história fora inspirada em seu pai. “Meu pai é um homem que adora fazer piada, seu humor me acompanhou durante toda minha juventude e o projetei em meu filme“, revela.

Quem é Maren Ade? Com 39 anos, ela é cria da Fernsehen Munique Hochschule für Film, também chamada de Berlin Schulle, a Escola de Cinema de Berlin. Ao se graduar, fundou com a colega Janine Jacowski, a produtora Komplizen, no qual fez o seu primeiro tabalho, Der Wald vor Lauter Bäuman (2003), sobre um casal de professores, inspirado em seus pais; o segundo, Todos os Outros (2008, exibido no Brasil) e agora Toni Erdman. A produtora também financiou os conhecidos Tabu (2012), e os 3 volumes da série portuguesa As Mil e uma Noites (2015), de Miguel Gomes. Ao todo, Ade já tem 20 prêmios na carreira.

Os Prêmios de Toni Erdman

FESTIVAL INTERNACIONAL DE BRUXELAS-2016
Golden Iris – Melhor Filme
RTBF TV Prize – Maren Ade
Prêmio Especial do Júri

FESTIVAL DE CANNES
Prêmio FIPRESCI – Crítica Internacional
Palma de Ouro – Melhor Filme

NEW YRK FILM CRICLE AWARDS
Melhor Filme em Língua Estrangeira

NORWEGIAN INTERNATIONAL FILM FESTIVAL
Melhor Filme

SAN SEBASTIAN INTERNATIONAL FILM FESTIVAL
Prêmio FIPRESCI – critica internacional

SEVILLE EUROPEAN FILM AWARDS
Prêmio do Público
Melhor Filme Europeu em coprodução

PRÊMIO LUX
Melhor Filme

Agora, Toni Erdman aguarda as premiações as quais concorre no s EUA, como o Spirit e Globo de Ouro. Estreia nos EUA no próximo dia 25, mas ainda não tem data para estrear no Brasil.

Todos os Vencedores do Prêmio do Cinema Europeu:

Melhor Filme
Toni Erdmann

Melhor Diretor
Maren Ade, Toni Erdmann

Melhor Roteiro
Maren Ade, Toni Erdmann

Melhor Comédia
Em Man som Hetter Ove (A Man Called Ove, Suécia), de Hannes Holm

Melhor Atriz
Sandra Huller, Toni Erdmann

Melhor Ator
Peter Simonischek, Toni Erdmann

European Discovery – Prix Fipresci
O Melhor Dia na Vida de Olli Maki (Hymyilevä Mies, Finlândia), de Juho Kuosmanen

Melhor Docuemntário
Fogo no Mar (Itália-França), de Gianfranco Rosi

Melhor Curta
9 Days – From My Window in Aleppo (Holanda-Síria), de Floor van der Meulen, Thomas Vroege e Issa Touma

Melhor Animação
Ma Vie de Georgette (Suiça-França), de Claude Barras

Conheça o trailer de Ma Vie de Georgette.

People’s Choice Award
Body (Polônia), de Malgorzata Szumowska

Melhor Efeitos Sonoros
Radosław Ochnio, 11 Minutes

Melhor Maquiagem e Cabelos
Barbara Kreuzer, Under Sandet (Land Of Mine, Alemanha)

Melhor Música
Ilya Demutsky, (M)uchenik  (The Student, Rússia)

Melhor Figurino
Stefanie Bieker, Under Sandet

Melhor Desenho de Produção
Alice Normington, As Sufragistas (Reino Unido)

Melhor Montagem
Anne Østerud e Janus Billeskov Jansen, A Comunidade (Dinamarca)

Melhor Direção de Fotografia
Camilla Hjelm Knudsen, Under Sandet

Homenageados com prêmios europeus

Jean-Claude Carrière – roteirista
Leontine Petit – produtor
Pierce Brosnan – ator
Andrzej Wajda – cineasta

Vejam o trailer de Toni Erdman