Semana 12 – ZOOTOPIA

Ao contrário do que muitos esperavam, a sci-fi juvenil A Série Divergente: Convergente não conseguiu manter o fôlego dos filmes anteriores da franquia e acabou sendo ultrapassada pela animação Zootopia, que assegurou mais um fim de semana no topo das bilheterias. Enquanto isso, o drama cristão Milagres do Paraíso fez bonito em sua estreia e já está garantindo lucro

Cena de ZOOTOPIA

Cena de ZOOTOPIA

Para a alegria dos executivos da Disney, a divertida animação Zootopia continuou se saindo muitíssimo bem nas telonas norte-americanas e conseguiu, pela terceira vez consecutiva, liderar o ranking dos mais rentáveis por lá. Ao todo, foram mais US$ 38,04 milhões obtidos pelo filme de sexta a domingo, quantia que representa uma queda de apenas 26% em relação ao fim de semana anterior. No acumulado, Zootopia soma um faturamento de ótimos US$ 201,80 milhões, se tornando com isso a terceira maior bilheteria da Disney Animation e ficando a um passo de ultrapassar a segunda colocada, a animação Big Hero 6 (US$ 222,52 milhões).

Banner internacional de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE (2016), de Robert Schwentke

Banner internacional de A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE (2016), de Robert Schwentke

Principal estreia da semana e grande favorita ao topo do ranking, a sci-fi juvenil A Série Divergente: Convergente (The Divergent Series: Allegiant) terminou por mostrar que a franquia cinematográfica baseada nos livros de Veronica Roth não está mais tão badalada como antigamente ao ocupar a segunda colocação com US$ 29,05 milhões obtidos nos seus três primeiros dias em cartaz, resultado que se torna decepcionante tendo em vista que as expectativas de mercado apontavam para uma arrecadação de US$ 40 milhões e que tanto Divergente quanto Insurgente registraram aberturas superiores a US$ 50 milhões. Sendo assim, as projeções dos analistas agora apontam que o faturamento total de Convergente no mercado norte-americano deverá alcançar a marca de apenas US$ 75 milhões, o que faria com que o filme se tornasse a primeira da franquia a não superar o seu orçamento apenas com a renda doméstica. Vale ressaltar que os custos de produção do longa somaram US$ 110 milhões. A Série Divergente: Convergente já está em exibição no Brasil.

Banner internacional de MILAGRES DO PARAÍSO (2016), de Patricia Riggen

Banner internacional de MILAGRES DO PARAÍSO (2016), de Patricia Riggen

Em terceiro lugar ficou outra novidade, o drama cristão Milagres do Paraíso (Miracles from Heaven), que se tornou um dos destaques do fim de semana ao arrecadar US$ 15 milhões, valor que equivale a quase do dobro das projeções dos executivos da Sony Pictures (US$ 8 milhões) e que, de quebra, já cobre todo o orçamento da produção, estimado em US$ 13 milhões. Levando em conta a renda obtida desde a sua estreia, na quarta-feira, 16, o filme acumula uma bilheteria de US$ 18,55 milhões. Milagres do Paraíso chega aos cinemas nacionais no dia 21 de abril.

Na esquerda, cena de RUA CLOVERFIELD, 10 e na direita cena de DEADPOOL

Na esquerda, cena de RUA CLOVERFIELD, 10 e na direita cena de DEADPOOL

Completando a lista dos cinco primeiros colocados estão o thriller Rua Cloverfield, 10 e a aventura de ação Deadpool, que faturaram respectivamente US$ 12,50 milhões e US$ 8 milhões. Em dez dias, Rua Cloverfield, 10 soma uma bilheteria de elogiáveis US$ 45,17 milhões, enquanto que Deadpool acumula em seis semanas excelentes US$ 340,94 milhões, o que lhe garante o posto de oitava maior renda de um filme baseados em quadrinhos de todos os tempos.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

05

Assista ao trailer de A Série Divergente: Convergente.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – VELOZES E FURIOSOS 7 na frente

Velozes e Furiosos 7 novamente liderou os rankings internacional, Brasil e EUA. A ação obteve uma queda considerável em seu último fim de semana no Brasil, no entanto continua isolado em primeiro. Cinderela e Cada Um na Sua Casa também caíram e acabaram mantendo-se respectivamente na segunda e terceira colocação. O mesmo ocorreu com Insurgente, mas este não conseguiu manter a sua antiga posição, caindo para a quinta posição devido ao estreante Chappie, que ficou no quarto lugar

Fast and Furious 7 New Picture (2)

Vin Diesel em cena de VELOZES E FURIOSOS 7

Pela terceira vez consecutiva, Velozes e Furiosos 7 liderou todos os rankings de bilheteria, tendo terminado o domingo com uma ótima renda no Brasil, mesmo com a queda significativa de cerca de 40% em relação ao fim de semana anterior. Com R$ 17 milhões arrecadados, a ação mais uma vez se isolou na liderança dos mais rentáveis. Mesmo estando em sua terceira semana em cartaz, o filme ainda conseguiu levar cerca de um milhão de espectadores aos cinemas, que somam um público total de 7 milhões. No total, Velozes e Furiosos 7 já acumula mais de R$ 103 milhões em renda no Brasil.

2

Lily James em cena de CINDERELA.

A adaptação do famoso conto de fadas Cinderela manteve-se na segunda colocação, mesmo com uma queda de aproximadamente 35%, terminando o domingo com uma renda de cerca de R$ 3,9 milhões. Em sua quarta semana em cartaz no país, Cinderela continua com bons resultados, já tendo acumulado uma bilheteria de R$ 40 milhões e um público de aproximadamente 3,3 milhões de espectadores.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Com uma queda de 30%, Cada Um na Sua Casa, assim como os dois primeiros, também sustentou a sua posição. Em sua segunda semana em cartaz, a animação ficou bem próxima de Cinderela, com uma renda de cerca de R$ 3,6 milhões, sendo que acumula atualmente um público aproximado de 900 mil espectadores. No total, Cada Um na Sua Casa soma uma renda de R$ 12,1 milhões no Brasil.

Cartaz de CHAPPIE.

Banner de CHAPPIE.

Mesmo estreando na quarta colocação do ranking, a sci-fi Chappie chegou bem ao país, conseguindo um bom resultado para um filme exibido em apenas 278 salas. Distribuído pela Sony, Chappie terminou os seus primeiros quatro dias no país com uma arrecadação de R$ 1,8 milhões, tendo levado cerca de 135 mil espectadores aos cinemas.

Cena de INSURGENTE.

Cena de INSURGENTE.

Na quinta colocação ficou Insurgente, após uma queda de cerca de 45%, perdendo por aproximadamente R$ 500 mil em renda para o estreante Chappie. A ficção arrecadou cerca de R$ 1,3 milhões de quinta, 16, à domingo, 19, levando cerca de 95 mil espectadores aos cinemas nesse período. No total, Insurgente acumula uma renda de R$ 37 milhões, em sua quinta semana em cartaz, e um público de cerca de 2,65 milhões.

Confira abaixo a tabela com os dez melhores.

RBRA-16-2015

Veja o trailer de Chappie.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – VELOZES E FURIOSOS 7 segue em primeiro

Velozes e Furiosos 7 caiu um pouco no desempenho, mas continuou na primeira colocação, com um ótimo número na renda desse último fim de semana. Em apenas duas semanas, a ação já acumula mais de US$ 800 milhões em todo o mundo. Cinderela veio logo em seguida, na segunda posição, com queda maior que a do primeiro colocado. Cada Um na Sua Casa estreou na terceira colocação do ranking com uma renda bem próxima da obtida por Cinderela. Enquanto isso, Insurgente caiu para a quarta colocação e o estreante Risco Imediato terminou o seu primeiro fim de semana no país em quinto lugar

00

Cena de VELOZES E FURIOSOS 7

Novamente na liderança do ranking Brasil, Velozes e Furiosos 7 continuou com um ótimo desempenho no país, mantendo-se distante do segundo colocado. A ação faturou cerca de R$ 24,6 milhões nesse último fim de semana, valor que representa uma queda de aproximadamente 30% em relação a renda anterior. O filme obteve a melhor média de público de quinta a domingo, foram 1377 espectadores por sala, que somaram um público total de cerca de 5,1 milhões. No total, Velozes e Furiosos 7 acumula uma arrecadação de R$ 76,3 milhões nas bilheterias brasileiras.

Lily James e Cate Blanchett em cena de CINDERELA.

Lily James e Cate Blanchett em cena de CINDERELA

Com queda pouco maior que a do primeiro colocado, cerca de 40%, Cinderela mesmo assim manteve-se na segundo colocação do ranking, terminando o último fim de semana com um faturamento de R$ 5,8 milhões. Na média de público por sala, a adaptação também teve o segundo melhor desempenho, terminando o domingo com cerca de 603 espectadores por sala nesse último fim de semana. Na renda total acumulada no país, o filme encontra-se com cerca de R$ 34,3 milhões, correspondentes a um público de quase 3 milhões de espectadores.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cena de CADA UM NA SUA CASA

O estreante Cada Um na Sua Casa tomou a posição anterior de Insurgente, terminando o primeiro fim de semana no Brasil no terceiro lugar do ranking, com uma renda razoável, de R$ 4,9 milhões. Com uma média de público por sala de 520, a animação levou cerca de 500 mil espectadores aos cinemas de quinta à domingo. Somando com a renda obtida na segunda-feira, a receita de Cada Um na Sua Casa chega a R$ 7,1 milhões.

Cena de INSURGENTE.

Cena de INSURGENTE

Insurgente não se segurou e acabou caindo cerca de 50% em relação ao fim de semana anterior, uma queda considerável no desempenho que lhe custou a medalha de bronze. A ficção arrecadou cerca de R$ 2,5 milhões em sua quarta semana em cartaz no país. O público total do filme no país é cerca de 2,4 milhões de espectadores, enquanto a renda total chega a R$ 34,7 milhões.

James Franco e Kate Hudson em cena de RISCO IMEDIATO.

James Franco e Kate Hudson em cena de RISCO IMEDIATO.

O segundo estreante do fim de semana passado, Risco Imediato, fechou o top cinco do ranking com uma receita de R$ 535 mil. Mesmo sendo exibido em apenas cerca de 120 salas no país inteiro, a ação conseguiu levar mais de 33 mil espectadores aos cinemas, ficando com uma média de público razoável, de 284, a sétima maior dentre os dez primeiros colocados.

Confira abaixo a tabela do ranking com os dez melhores.

RBRA-15-2015

Veja o trailer de Risco Imediato.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – VELOZES E FURIOSOS 7 continua em primeiro

Novamente em primeiro, Velozes e Furiosos 7 caiu pouco, conseguindo manter a ótima arrecadação obtida no fim de semana anterior. A ação estreou na China no domingo, com uma renda extraordinária, que respondeu por quase 40% de toda a arrecadação do fim de semana no mercado internacional. Cinderela não conseguiu segurar a renda anterior, caindo cerca de 50% e perdendo a segunda colocação para a animação Cada Um na Sua Casa. Kingsman: Serviço Secreto e Insurgente permaneceram respectivamente na quarta e quinta colocações

Paul Walker, recentemente falecido, em cena de VELOZES & FURIOSOS 7.

Paul Walker, recentemente falecido, em cena de VELOZES E FURIOSOS 7

Mesmo obtendo uma renda incrível em seu fim de semana de estreia, cerca de US$ 240 milhões, Velozes e Furiosos 7 não caiu muito na sua segunda semana, apenas 18%, terminando o domingo com US$ 195 milhões. Grande parte da arrecadação foi devido à estreia na China no domingo, quando o filme conseguiu arrecadar um valor recorde em apenas um dia no país, cerca de US$ 68,8 milhões. No total, a ação estrelada por Paul Walker e Vin Diesel já acumula cerca de US$ 548 milhões no mercado internacional.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cada Um na Sua Casa subiu uma posição no ranking, aproveitando a queda de Cinderela. A animação estreou no Brasil e alguns outros países se saindo muito bem e, mesmo registrando uma perda, garantiu a segunda posição ao arrecadar US$ 15,2 milhões no fim de semana, valor do qual cerca de 15% vem do mercado brasileiro, onde foi segundo colocado do ranking nacional, com US$ 2,5 milhões, atrás apenas de Velozes e Furiosos 7, por enquanto imbatível. No total, a animação soma aproximadamente US$ 112 milhões nas bilheterias internacionais.

Cena de CINDERELA.

Lily James, em cena de CINDERELA

Após uma considerável queda de cerca de 50% em relação à semana anterior, Cinderela acabou caindo para o terceiro lugar do ranking, tendo terminado o último domingo com uma renda de US$ 12,6 milhões. Por enquanto, os melhores resultados da adaptação continuam sendo na China, Reino Unido e Itália, onde já arrecadou US$ 69,8, US$ 22,2 e US$ 15,9 milhões, respectivamente. Apenas em sua quinta semana em cartaz no mercado internacional, Cinderela segue com um bom desempenho, já acumulando cerca de US$ 256 milhões em bilheteria.

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO.

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Na quarta colocação ficou Kingsman: Serviço Secreto que está se mantendo graças ao seu ótimo desempenho também na China, onde obteve mais de 85% da renda total deste último fim de semana, cerca de US$ 9 milhões. Kingsman já acumula US$ 70,7 milhões no país asiático, de um total de aproximadamente US$ 267 milhões obtidos no mercado internacional. Já em sua 11ª semana em cartaz, nessa sexta, 17, a ação estreia ainda na Venezuela, esperando uma boa recepção do público no país, mesmo com a demora.

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE.

Shailene Woodley, em cena de INSURGENTE

Assim como Kingsman: Serviço Secreto, Insurgente manteve-se na mesma colocação anterior, fechando o top cinco também com uma renda bem próxima da obtida pela ação, de US$ 7,9 milhões. Com a quantia, a ficção deixa evidente a queda brusca em seu desempenho desde a sua estreia no mercado internacional, ainda em sua quarta semana em cartaz. Ainda sendo exibido em mais de 80 países, cerca de 90% do mercado do cinema, Insurgente alcança atualmente US$ 135 milhões na renda total internacional.

Confira abaixo a tabela do ranking.

RINT-15-2015

Veja o trailer de Insurgente.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – VELOZES E FURIOSOS 7 estreia em primeiro

Mais um filme de 2015 estreou na liderança dos três rankings cobertos pelo Cinema & Artes. Velozes e Furiosos 7, como era de se esperar, aproveitou o sucesso da série que marcou gerações no Brasil e se deu bem em sua estreia no país, terminando o último fim de semana na primeira colocação, completamente isolado. Cinderela, como no ranking internacional, sustentou-se e continua à frente dos já em cartaz, na segunda colocação. A ficção Insurgente, apesar de uma queda considerável, também se manteve atrás de Cinderela, terminando o fim de semana em terceiro lugar. O mesmo ocorreu com Golpe Duplo e Para Sempre Alice, que fecharam o top cinco na quarta e quinta colocações, respectivamente

Paul Walker e Vin Diesel, em cenda de VELOZES & FURIOSOS 7.

Paul Walker e Vin Diesel em cenda de VELOZES & FURIOSOS 7

Na primeira colocação e isolado no ranking, Velozes e Furiosos 7 confirmou o sucesso definitivo, estreando na primeira colocação dos rankings Brasil, EUA e Internacional. Já tendo obtido a nona melhor renda de estreia da história dos Estados Unidos, o esperado filme de ação mostra-se a caminho do posto de melhor filme da franquia. Foram quase R$ 37 milhões arrecadados por Velozes e Furiosos 7 no Brasil. Cinemas do país inteiro lotaram devido aos cerca de 2,3 milhões de espectadores que assistiram ao filme em seu fim de semana de estreia, o dobro do público de estreia do sexto filme da franquia e cerca de 15 vezes o público do primeiro.

Cena de CINDERELA.

Lily James em cena de CINDERELA

Com uma queda de cerca de 14%, Cinderela perdeu a liderança para o estreante Velozes e Furiosos 7, mas manteve-se à frente dos filmes que já estavam em cartaz nas semanas anteriores. A adaptação do conto de fadas arrecadou cerca de R$ 10,3 milhões no último fim de semana, terminando o domingo na segunda posição do ranking. Além de continuar com bons números na renda, Cinderela também não decepcionou no público do fim de semana, conseguindo cerca de 780 mil espectadores. No total, o filme acumula uma renda de R$ 25,8 milhões.

Shailene Woodley, em cena INSURGENTE.

Shailene Woodley em cena INSURGENTE

Insurgente manteve-se atrás de Cinderela, como no ranking da semana anterior, no entanto com uma queda maior, cerca de 33%, que levou o filme a arrecadar apenas R$ 4,7 milhões. Em sua terceira semana em cartaz, a ficção caiu novamente uma posição, terminando o fim de semana em terceiro lugar. Cerca de 326 mil espectadores assistiram ao filme, de quinta, 2, à domingo, 5. Esse acumula atualmente uma renda de R$ 30,8 milhões.

Will Smith, à esquerda, em cena de GOLPE DUPLO.

Will Smith, à esquerda, em cena de GOLPE DUPLO

O thriller criminal estrelado por Will Smith, Golpe Duplo, apesar de uma queda considerável, cerca de 40%, conseguiu se manter entre os cinco primeiros colocados, terminando o fim de semana na quarta posição, com uma renda de R$ 1,3 milhões. O filme encontra-se em sua quarta semana em cartaz no Brasil e já mostra uma queda significativa em seu desempenho, comparando-o com a estreia. Cerca de 94 mil espectadores assistiram Golpe Duplo nos cinemas no último fim de semana. Com o número, a renda acumulada do filme no país chega próximo de R$ 15 milhões.

Julianne Moore, em cena de PARA SEMPRE ALICE.

Julianne Moore em cena de PARA SEMPRE ALICE

Drama estrelado por Julianne Moore, Para Sempre Alice, obteve a segunda maior queda do fim de semana, juntamente com Cinquenta Tons de Cinza, caíram cerca de 62% em relação ao fim de semana anterior. Mesmo com a queda, Para Sempre Alice não caiu tanto na tabela, apenas uma posição, assim como Cinderela, Insurgente e Golpe Duplo, que também escorregaram uma colocação, devido a estreia de Velozes e Furiosos 7. O drama conseguiu apenas cerca de R$ 267 mil nesse último fim de semana, acumulando um total de R$ 5,5 milhões no país.

Confira a tabela com os dez melhores abaixo.

RBRA-14-2015

Veja o trailer de Velozes e Furiosos 7.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – VELOZES & FURIOSOS 7 estreia no topo

Velozes & Furiosos 7 estreou com tudo nas bilheterias internacionais disparando na liderança do ranking, com uma ótima renda. A ação tornou-se o filme da Universal com melhor desempenho no sábado do fim de semana de estreia, ultrapassando os US$ 60 milhões apenas nesse dia. Cinderela, com uma queda considerável, escorregou para a segunda colocação, mas manteve-se à frente dos filmes já em cartaz. Cada Um na Sua Casa e Kingsman: Serviço Secreto tiveram uma queda desprezível, terminando respectivamente na terceira e quarta posições. Enquanto isso, Insurgente caiu bastante e acabou terminando o fim de semana na última posição do top cinco.

Cena de VELOZES & FURIOSOS 7.

Cena de VELOZES & FURIOSOS 7.

O estreante Velozes & Furiosos 7 fez jus a famosa série após obter bons números em seu primeiro fim de semana nas bilheterias internacionais, cerca de US$ 240 milhões na renda, o que corresponde à terceira maior abertura de todos os tempos no mercado internacional, perdendo apenas para Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas e Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2, que fizeram respectivamente US$ 260,4 milhões e US$ 314 milhões. Além da ótima arrecadação geral no fim de semana, tornou-se o filme da Universal com melhor desempenho num sábado de fim de semana de estreia no mercado internacional, tendo acumulado cerca de US$ 61,1 milhões nesse dia. Apenas em salas IMAX, foi arrecadado cerca de US$ 22 milhões, ultrapassando o recorde do mês abril, alcançado por Capitão América 2: O Soldado Invernal no ano passado, cerca de US$ 15,4 milhões. Já em cartaz em mais de 60 países, a ação ainda tem estreia prevista para muitos outros dentro das próximas semanas, dentre os quais estão alguns grandes do mercado, como China, Japão e Rússia.

Cena de CINDERELA.

Cena de CINDERELA

Na segunda posição, Cinderela continuou à frente dos filmes que estavam no ranking da semana anterior, caindo uma colocação devido à perda de 40% em sua arrecadação e a estreia de Velozes & Furiosos 7. A nova adaptação do famoso conto de fadas somou uma renda de US$ 24,3 milhões, sendo que o seu melhor desempenho continuou na China, onde já acumula aproximadamente US$ 68,7 milhões. Em sua quarta semana em cartaz, Cinderela já totaliza US$ 230 milhões nas bilheterias internacionais, tendo estreia prevista para esse próximo fim de semana na Eslováquia e para dia 25 desse mês no Japão.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cena de CADA UM NA SUA CASA

Cada Um na Sua Casa  se sustentou bem e conseguiu subir para a terceira posição do ranking. Com uma queda de aproximadamente 15%, a animação terminou o fim de semana com um faturamento de US$ 20,7 milhões, tendo obtido um melhor desempenho na Europa, especificamente na Alemanha, Espanha, Holanda e Reino Unido. Em sua terceira semana em cartaz, Cada Um na Sua Casa acumula uma renda de cerca de US$ 85,2 milhões.

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO.

Cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Na quarta colocação ficou Kingsman: Serviço Secreto, que também obteve uma queda pequena em relação ao fim de semana anterior, mas superior a da animação Cada Um na Sua Casa, o que o fez cair na tabela, com uma renda de US$ 20 milhões. Apenas na China, a ação obteve cerca de 85% da arrecadação total do fim de semana, aproximadamente US$ 17 milhões. Já em sua décima semana em exibição no mercado internacional, Kingsman tenta se sustentar no top cinco com a ajuda do país asiático, acumulando atualmente um total de US$ 248,3 milhões nas bilheterias mundiais.

Cena de INSURGENTE.

Cena de INSURGENTE

Insurgente foi o que mais caiu dentre os cinco primeiros colocados, com um perda de 50% no seu faturamento, que neste final de semana somou US$ 15,5 milhões. Ainda em sua terceira semana em cartaz nos cinemas internacionais, a ficção já mostra uma queda brusca no desempenho, mesmo estando presente nas telonas de mais de 80 países. No total, Insurgente acumula cerca de US$ 120,2 milhões no mercado internacional, com França, Reino Unido e Brasil sendo os países onde o filme obteve os melhores resultados.

Confira abaixo a tabela.

RINT-14-2015

Veja o trailer de Velozes & Furiosos 7.

Imagem de Amostra do You Tube

Semana 14 – VELOZES E FURIOSOS 7

Novo capítulo da franquia da Universal registrou uma abertura arrasadora e quebrou vários recordes. Lançado em circuito restrito, o drama A Mulher de Ouro também conseguiu se sair bem

Banner internacional de VELOZES E FURIOSOS 7 (2015), de James Wan

Banner internacional de VELOZES E FURIOSOS 7 (2015), de James Wan

Conforme o esperado, o longa de ação Velozes e Furiosos 7 (Furious 7) estreou no mercado norte-americano faturando altíssimo e conquistando logo de cara um espaço no livro dos recordes. De longe um dos filmes mais esperados de 2015 (em parte devido à curiosidade do público de conferir a última performance do ator Paul Walker, que faleceu tragicamente em 2013), o novo capítulo da franquia da Universal fez um sucesso simplesmente arrasador em sua estreia e arrecadou nada mais, nada menos do que US$ 143,62 milhões de sexta a domingo, quantia embasbacante que superou com folga as projeções mais otimistas dos analistas (que apontavam para US$ 115 milhões) e garantiu à produção os títulos de melhor abertura de 2015 até o momento, melhor estreia do mês de Abril de todos os tempos, nona maior abertura da história e melhor estreia da franquia. Está bom ou quer mais?

Em declaração o The Wrap, o presidente de distribuição da Universal, Nick Carpou, reconheceu que boa parte do sucesso arrasador de Velozes e Furiosos 7 deve-se a Paul Walker, mas ele também destacou que esse não foi o único chamariz para o público. Eu acho que Paul foi a grande razão pela qual o público se interessou pelo filme, mas a ação foi um ponto importante, assim como Vin Diesel e o resto do elenco. Esse não é só um filme de ação. Sempre houve um aspecto familiar nessa franquia, mesmo o elenco sendo bastante diversificado, e eu acredito que esse é um fator bastante forte, declarou. Mas, independente do motivo que levou as pessoas aos cinemas, os executivos da Universal devem estar fazendo a festa nesse momento, tendo em vista que o desempenho arrasador do novo Velozes e Furiosos se repetiu em vários países (saiba mais em breve no Ranking Internacional) e agora as prognósticos são de que este seja o primeiro filme da franquia a alcançar a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais. Velozes e Furiosos 7 já está em exibição no Brasil.

02

Cena de CADA UM NA SUA CASA

Na segunda posição, com uma arrecadação mínima frente a do primeiro colocado, está a animação Cada Um Na Sua Casa, que continuou se saindo bem junto ao público familiar e fez US$ 27,40 milhões, resultado que represa uma perda moderada de 47% em relação à semana passada. No total de dez dias, o longa animado da DreamWorks acumula uma renda de US$ 95,62 milhões.

Cena de GET HARD

Cena de GET HARD

Em terceiro lugar ficou a comédia Get Hard, que levou um tombo de 62% e obteve US$ 12,92 milhões no fim de semana. No entanto, apesar da queda expressiva, os executivos da Warner não têm muitas razões para se preocupar, uma vez que os US$ 57 milhões obtidos até o momento pela produção já cobrem com folga o orçamento de US$ 40 milhões.

Na esquerda, cena de CINDERELA e na direita cena de INSURGENTE

Na esquerda, cena de CINDERELA e na direita cena de INSURGENTE

Na sequencia do ranking, sustentando a sua posição, vem o conto de fadas Cinderela, que de sexta a domingo faturou US$ 10,28 milhões e com isso garantiu uma vantagem mínima sobre a quinta colocada, a sci-fi juvenil Insurgente, que alcançou US$ 10 milhões. No acumulado, Cinderela detém uma renda de empolgantes US$ 167,25 milhões, enquanto que Insurgente contabiliza US$ 103,38 milhões nas bilheterias norte-americanas.

Helen Mirren e Ryan Reynolds em cena de A MULHER DE OURO (2015), de Simon Curtis

Helen Mirren e Ryan Reynolds em cena de A MULHER DE OURO (2015), de Simon Curtis

Um pouco mais abaixo, no sétimo lugar, aparece o drama A Mulher de Ouro (Woman in Gold), que mesmo tendo sido lançado em circuito restrito a 258 cinemas e disputado a atenção do público com Velozes e Furiosos 7, conseguiu registrar uma abertura sólida de US$ 2 milhões, que deixou os executivos da The Weinstein Company bastante satisfeitos. Esse filme definitivamente terá uma longa trajetória nos cinemas, disse à Variety o presidente de distribuição do estúdio sobre o desempenho de A Mulher de Ouro, que a partir da próxima sexta, 10, deverá ter o seu número de sala ampliado. Por enquanto, o filme não tem data de estreia definida no Brasil.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

06

Assista ao trailer de Velozes e Furiosos 7:

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING BRASIL – CINDERELA estreia em primeiro

Cinderela estreou com sucesso no Brasil, terminando o domingo, 29, na primeira colocação do ranking nacional com quase um milhão de espectadores. Dessa forma, Insurgente não conseguiu sustentar o desempenho de sua abertura e escorregou para o segundo lugar, com uma renda bem inferior a obtida anteriormente. Thriller criminal estrelado por Will Smith, Golpe Duplo, continua entre os cinco primeiros, tendo caído pouco em relação ao fim de semana anterior. Para Sempre Alice e o estreante O Garoto da Casa ao Lado ficaram na quarta e quinta colocação do ranking, respectivamente.

Cena de CINDERELA.

Cena de CINDERELA

Exibido em mais de 900 salas, Cinderela estreou no Brasil com bastante sucesso, como era de se esperar. A nova adaptação do famoso conto de fadas conquistou públicos de todas as idades, levando cerca de 920 mil espectadores aos cinemas do país no fim de semana e faturando com isso R$ 11,6 milhões em bilheteria. Cinderela também registrou uma ótima média de público, a maior da semana, cerca de mil espectadores por sala.

Shailene Woodley, à direita, em cena de INSURGENTE.

Shailene Woodley, à direita, em cena de INSURGENTE

Em sua segunda semana em cartaz, Insurgente mostrou-se com dificuldades em sustentar a renda anterior, de sua estreia, na presença de Cinderela, caindo bastante, cerca de 50%. Com a queda, a ficção arrecadou cerca de R$ 7 milhões ficando com em uma distante a segunda posição. No total, a renda do filme no país já chega a R$ 23,9 milhões, enquanto o público acumulado é 1664 mil espectadores.

Will Smith, em cena de GOLPE DUPLO.

Will Smith, em cena de GOLPE DUPLO

Golpe Duplo caiu para a terceira colocação, mesmo obtendo a menor queda do fim de semana, cerca de 15%. Em sua terceira semana em cartaz, a ação estrelada por Will Smith fez R$ 2,1 milhões, cerca de R$ 400 mil a menos que na semana passada. Golpe Duplo acumula uma renda de R$ 13 milhões no país e um público pouco maior que um milhão de espectadores.

Kristen Stewart, à esquerda, e Julianne Moore, em cena de PARA SEMPRE ALICE.

Kristen Stewart, à esquerda, e Julianne Moore, em cena de PARA SEMPRE ALICE

Diferente de O Sétimo Filho, também estrelado por Julianne Moore, que caiu para a sétima colocação do ranking com uma queda de 70%, Para Sempre Alice conseguiu se manter entre os cinco primeiros, terminando o fim de semana na quarta posição, com R$ 685 mil. O drama acumula atualmente uma renda de R$ 5,1 milhões no país, com um público de aproximadamente 343 mil espectadores.

Jennifer Lopez, em cena de O GAROTO DA CASA AO LADO.

Jennifer Lopez, em cena de O GAROTO DA CASA AO LADO

Mal aceito pela crítica e público no próprio país, o suspense estrelado por Jennifer Lopez, O Garoto da Casa ao Lado, enfrentou dificuldades em sua estreia no Brasil, tendo por fim registrado uma abertura de R$ 590 mil. Mesmo com uma baixa arrecadação, o thriller conseguiu ficar entre os cinco primeiros do ranking, aproveitando a avalanche de quedas, que inclui também o sexto colocado, Cinquenta Tons de Cinza, além de Kingsman, Bob Esponja e Sniper Americano, respectivamente na oitava, nona e décima posição. Cerca de 43 mil espectadores foram ao cinema assistir O Garoto da Casa ao Lado, que espera melhorar o seu desempenho nas próximas semanas, estando com uma das menores médias de público por sala.

Confira abaixo a tabela com os dez primeiros.

RBRA-13-2015

Veja o trailer de O Garoto da Casa ao Lado.

Imagem de Amostra do You Tube

RANKING INTERNACIONAL – CINDERELA volta ao topo

O conto de fadas Cinderela sustentou a renda obtida anteriormente e, aproveitando a queda de Insurgente, subiu para a primeira colocação do ranking. Com a perda na arrecadação, a sci-fi juvenil terminou em segundo lugar. Enquanto isso, Kingsman: Serviço Secreto estreou com sucesso na China e voltou a figurar entre os cinco primeiros colocados. Cada Um na Sua Casa também obteve um melhor desempenho nesse último fim de semana, mas não foi o suficiente para impedir a sua queda para a quarta posição. Na sequênica, Golpe Duplo fechou o top cinco com uma melhora relativamente pequena

Cena de CINDERELA.

Cena de CINDERELA

Cinderela retomou a primeira colocação do ranking internacional após obter uma das menores quedas dentre os dez primeiros colocados, menos que 5%. O conto de fadas obteve uma renda de US$ 38,7 milhões nesse último fim de semana, cerca de US$ 2,7 milhões menor que o resultado anterior. Os melhores desempenhos dentre os últimos países em que o filme estreou foram no Reino Unido, cerca de US$ 5,5 milhões, e na Espanha, US$ 2,8 milhões, tendo terminado o fim de semana na primeira colocação do ranking local de ambos países. Cinderela acumula um total de US$ 186 milhões nas bilheterias internacionais.

Cena de INSURGENTE.

Cena de INSURGENTE

Apenas na sua segunda semana em exibição, Insurgente já perdeu a liderança nos rankings Internacional, Brasil e Estados Unidos, mostrando não ser tão forte quanto Cinquenta Tons de Cinza, que se sustentou no topo dos mais rentáveis por várias semanas. A sci-fi juvenil caiu cerca de 40% em relação ao fim de semana anterior, encerrando esse último na segunda colocação com um faturamento de cerca de US$ 30 milhões. O melhor desempenho individual do filme foi na França, onde já acumula cerca de US$ 10 milhões, do total de US$ 93,7 milhões obtidos nas bilheterias de todo o mundo.

Colin Firth, em cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO.

Colin Firth em cena de KINGSMAN: SERVIÇO SECRETO

Kingsman: Serviço Secreto recuperou uma posição confortável entre os cinco primeiros colocados do ranking, tendo ocupado o terceiro lugar com uma renda de US$ 25,4 milhões. O filme obteve sucesso em sua estreia na China, onde fez mais de US$ 20 milhões, cerca de 80% da renda obtida no fim de semana nas bilheterias internacionais. Com a melhora, Kingsman chega a uma renda total de US$ 209 milhões no mercado internacional.

Cena de CADA UM NA SUA CASA.

Cena de CADA UM NA SUA CASA

Cada Um na Sua Casa estreou em mais de 50 países no último fim de semana, obtendo um saldo positivo de cerca de 30% em relação a renda anterior. A animação foi primeira colocada no ranking local de cerca de 15 países, dentre esses México, Filipinas e Suécia, tendo acumulado cerca de US$ 24 milhões nesse fim de semana, suficientes para a quarta colocação do ranking internacional. No total obtido ao redor do planeta, a receita de Cada Um na Sua Casa chega a cerca de US$ 48,2 milhões.

Cena de GOLPE DUPLO.

Cena de GOLPE DUPLO

Por último, fechando o top cinco, ficou o thriller criminal Golpe Duplo, estrelado por Will Smith, que acumulou uma arrecadação de US$ 8,2 milhões nesse último fim de semana, valor que representa uma melhora de cerca de US$ 300 mil em relação a renda anterior. Assim como Cinderela, Golpe Duplo também estreou no Reino Unido, onde obteve US$ 2,1 milhões, e na Espanha, cerca de US$ 1,4 milhões. No total, o filme soma US$ 82,4 milhões nas bilheterias internacionais.

Veja abaixo a tabela com os dez primeiros colocados do ranking internacional de 27 a 29 de março.

INT-13-2015

Confira o trailer de Cinderela:

Imagem de Amostra do You Tube

A SÉRIE DIVERGENTE: INSURGENTE – CONTINUAÇÃO NÃO EMPOLGA

Adaptação do segundo livro da trilogia literária escrita por Veronia Roth, Insurgente (Insurgent, 2015), de Robert Schwentke, nos leva de volta ao cenário futurista, dividido em facções, apresentado anteriormente em Divergente (Divergent, 2014), de Neil Burguer, que arrecadou mais de US$ 288 milhões em todo o mundo

Shailene Woodley, em cena de Insurgente (Insurgent, 2015) de Robert Schwentke

Shailene Woodley em cena de INSURGENTE (2015), de Robert Schwentke

Os riscos para Tris (Shailene Woodley) aumentam quando ela decide procurar por aliados e respostas nas ruínas de uma Chicago futurista (embora o filme tenha sido rodado em Atlanta). Ela e Quatro (Theo James) agora são fugitivos, caçados por Jeanine (Kate Winslet), líder da elite Erudição. Eles procuram saber os motivos que fizeram com que a família de Tris sacrificasse suas vidas e por que os líderes da Erudição queriam impedi-los. Assustada pelas escolhas do passado, Tris e Quatro passam a encarar desafios impossíveis a fim de descobrir toda a verdade sobre o passado e também o futuro de seu mundo.

O roteiro de Insurgente é um tanto quanto confuso, talvez por pressupor que boa parte do público já conhece a obra literária. A tentativa é de transformar a saga de aventura juvenil numa saga de ação e ficção científica, mas nem o vencedor do Oscar por Uma Mente Brilhante (A Beautiful Mind, 2002), de Ron Howard, Akiva Goldsman, conseguiu êxito, tornando o filme enfadonho em alguns momentos. Os atores não renderam o seu melhor. Shailene Woodley não convece como heroína, Ansel Elgort parece deslocado, Miles Teller é melhor tocando bateria, Kate Wislet não é plenamente aproveitada e Naomi Watts deixa a desejar. Há uso desmedido de CGI, o 3D escurece e, apesar da profundidade, não seria necessário. Em 2016 tem Convergente – Parte 1 e em 2017 Convergente – Parte 2.

pressupor que

pressupor que

FICHA TÉCNICA

Insurgente (Insurgent)

Estreia: 19/03/2015

Gênero: Aventura, Ficção Científica, Romance

Duração: 120 min.

Origem: Estados Unidos

Direção: Robert Schwentke

Roteiro: Akiva Goldsman, Brian Duffield, Mark Bomback

Distribuidor: Paris Filmes

Classificação: 12 anos

Ano: 2015

 

Confira trailer de Insurgente:

Imagem de Amostra do You Tube