BLOCKBUSTERS 2016 – OS “CANOS” DE HOLLYWOOD

O ano de 2016 chegou ao fim e começam a surgir as estatísticas de Hollywood com os recordes de bilheteria, os estúdios de sucesso, público e renda e, também os fracassos. O Cinema e Artes fez a sua pesquisa e aponta os campeões de fracasso nas bilheterias, os chamados, como dizemos por aqui, os “canos”  da temporada. Conheça-os

O cenário de caos de INDEPENDENCE DAY - O RESSURGIMENTO: os maiores fracassos de bilheteria de 2016

O cenário de caos de INDEPENDENCE DAY – O RESSURGIMENTO: os maiores fracassos de bilheteria de 2016

Qual terá sido o maior “cano” de 2016? “Cano”, é aquele “blockbster” que, com todos os milhões de orçamento, depois de percorrer os cinemas de diversos países, não devolveu os dólares de seu investimento. É importante salientar que, para apenas empatar o seu investimento, um filme deve obter exatamente três vezes o seu custo de produção. Sim, um filme que custa US$ 100 milhões, por exemplo, para começar a dar lucro ao seu estúdio, que começar a rentabilidade a partir de US$ 301 milhões.

Estimamos, aqui, a bilheteria mundial, que se compõe das arrecadações dos mercados EUA-Canadá e o restante do mundo, sintetizados como bilheteria mundial, ok? Partindo desse conjunto de arrecadação internacional,  confira os filmes que deram prejuízo aos seus estúdios.

A LENDA DE TARZAN
The Legend of Tarzan, EUA
Estúdio: Warner Bros
Direção: David Yates
CustoUS$ 180 milhões
Renda EUAUS$ 126,6 milhões
Renda Mundial – US$ 356,7 milhões

A SÉRIE DIVERGENTE: CONVERGENTE
Allegiant, EUA
Estúdios: Lionsgate, Summit e Red Wagon
Direção: Robert Schentke
Custo: US$ 179 milhões
Arrecadação Mundial: US$ $110 milhões

CAÇA-FANTASMAS
Ghostbusters, EUA-Austrália
Estúdios: Columbia, village Roadshow e mais 5 independentes
Direção: Paul Feig
Custo: US$ 114 milhões
Bilheteria Mundial: US$ 229 milhões

AS TARTARUGAS NINJA – FORA DAS SOMBRAS
Teenage Mutant Ninja Turtles: out of Shadows, EUA-Hong Kong
Estúdios: Paramount, China Movie Group, Nicklodeon e mais 4 independentes
Direção: Dave Green
Custo: US$ 135 milhões
Bilheteria Mundial: US$ 245 milhões

ALIADOS
Allied, EUA-Reino Unido
Estúdios: Paramount e mais 3 independentes
Direção: Robert Zemeckis
Custo: US$ 85,3 milhões
Renda acumulada até agora = EUA/Mundial: US$ 804 milhões

ALICE NO PAÍS DO ESPELHO
Alice through the Looking Glass, EUA-Reino Unido
Estúdios: Walt Disney, Tim Burton Productions e mais 3 independentes
Direção: James Bobin
CustoUS$ 170 milhões
Bilheteria EUAUS$ 77 milhões
Bilheteria InternacionalUS$ 299,4 milhões

ASSASSIN’S CREED
Assassin’s Crred, Reino Unido-França-Hong Kong-EUA
Estúdios: Regency Enterprises e mais 10 independentes:
Distribuição: Warner
Direção: Justin Kurzel
Custo – US$ 180 milhões
Bilheteria nos EUA – US$ 48,3 milhões
Ainda dependendo do mercado internacional

BEN HUR
Ben Hur, EUA
Estúdios: MGM e Paramount e mais 2 estúdios independentes
Direção: Timur Bekmambetov
Custo: US$ 120 milhões (incluindo marketing)
Renda Mundial: US$ 94,1 milhões

O BOM GIGANTE AMIGO
BFG, EUA
Estúdios: Amblin, Walt Disney e Walden Media
Direção: Steven Spielberg
Custo: US$ 140 milhões
Faturamento Mundial: US$ 178 milhões

DEUSES DO EGITO
Goods of Egypt, EUA-Austrália
Estúdios: Summit e mais 4 estúdios independentes
Direção: Alex Proyas
Custo: US$ 140 milhões
Arrecadação Mundial: US$ 150,6 milhões
Summit é o estúdio da série Jogos Vorazes.

HORAS DECISIVAS
The Finest Hours, EUA
Estúdios: Walt Disney e Whitaker Entertainment
Direção: Craig Gillespie
Custo: US$ 80 milhões
Arrecadação Mundial: US$ 52,1 milhões

INDEPENDENCE DAY – O RESSURGIMENTO
Independence Day: Ressurgence, EUA
Estúdio: Fox
Direção: Roland Emmerich
Orçamento – US$ 165 milhões
Renda EUA – US$ 103,1 milhões
Bilheteria Mundial Acumulada – US$ 389,6

INFERNO
Inferno, EUA
Estúdio: Sony/Columbia
Direção: Ron Howard
CustoUS$ 75 milhões
Bilheteria EUAUS$ 34,01 milhões
Bilheteria Total –  US$ 219, 3 milhões

HORIZONTE PROFUNDO: DESASTRE NO GOLFO
Deepwater Horizon, Hing Kong-EUA
Estudios: Summit e mais 3 independentes
Direção: Peter Berg
CustoUS$ 180,00 (incluindo publicidade)
BilheteriaUS$ 52,4 milhões

JACK REACHER – SEM RETORNO
Jack Reacher – Never go Back, EUA
Estúdio: Paramount
Direção: Edward Zwick
CustoUS$ 60 milhões
ArrecadaçãoUS$ 161,3 milhões

KUBO E AS CORDAS MÁGICAS
Kubo and the two Strings, EUA
Estúdio: Focus Features
Direção: Travis Knight
Orçamento  – US$ 60 milhões
Renda EUAUS$ 48,2 milhões
Bilheteria MundialUS$ 21,9 milhões

O CAÇADOR E A RAINHA DO GELO
The Huntsman: winter’s War, EUA
Estúdios: Universal e mais 2 independentes
Direção: Cedric Nicolas-Troyan
Custo US$ 115,00
RendaUS$ 164,6

OS 7 MAGNÍFICOS
The Magnificent Seven, EUA
Estúdios: MGM, Columbia e mais 3 independentes
Direção: Antoine Fuqua
CustoUS$ 90 milhões
BilheteriaUS$ 93,4 milhões

PASSAGEIROS
Passengers, EUA
Estúdio: Columbia
Direção: Mortedm Tyldum
CustoUS$ 110 milhões
Arrecadação parcialUS$ 51 milhões

STAR TREK – ALEM DA FRONTEIRA
Star Trek Beyond, EUA
Estúdio: Paramount
Direção: Justin Lin
OrçamentoUS$ 185 milhões
Renda EUAUS$ 158,8 milhões
Renda MundialUS$ 343,4 milhões

WARCRAFT
Warcraft, EUA
Estúdio: Universal
Direção: Duncan Jones
CustoUS$ 160 milhões
Renda EUAUS$ 47,2 milhões
Renda MundialUS$ 433 milhões

Vejam o trailer de Assassin’s Creed.

SEMANA 08 – DEADPOOL

Em sua segunda semana em cartaz, Deadpool continuou fazendo bonito nas bilheterias e permaneceu isolado na liderança do ranking dos mais rentáveis. Dentre os lançamentos, o melhor resultado foi o do épico bíblico Ressurreição, sendo seguido pelo terror A Bruxa. O drama esportivo Race, por sua vez, não empolgou

Cena de DEADPOOL

Cena de DEADPOOL

Após registrar uma abertura simplesmente arrasadora e que deixou muita gente boquiaberta, a aventura de ação Deadpool continuou bombando nas telonas norte-americanas e novamente faturou alto no fim de semana, algo que, dessa vez, não surpreendeu ninguém. Ao todo, foram mais US$ 55 milhões arrecadados pelo longa de sexta a domingo, resultado que representa uma queda de 58% em relação ao final de semana passado e que elevou o total acumulado da produção para excelentes US$ 235,39 milhões. Deadpool é um personagem que faz parte da cultura. Se você não assistiu ao filme, vai sentir como se tivesse que vê-lo, então não vai perder a oportunidade, disse ao Deadline o presidente de distribuição da Fox, Chris Aronson, sobre Deadpool, que por sinal já é a sexta maior bilheteria de um filme classificação R-Rated de todos os tempos, sendo que a expectativa é de que logo, logo o filme suba para a terceira colocação dessa lista.

Cena de KUNG FU PANDA 3

Cena de KUNG FU PANDA 3

Em segundo lugar, também mantendo a sua colocação, está a animação Kung Fu Panda 3, que mais uma vez conseguiu se sustentar bem (sua queda foi de 37%, a menor do Top 10) e faturou US$ 12,50 milhões. Em quatro semanas, a animação da DreamWorks soma uma bilheteria de US$ 117,10 milhões e com isso a projeção dos analistas é de que a produção encerre sua trajetória nas telonas norte-americanas com um acumulado de US$ 140 milhões.

Banner internacional de RESSURREIÇÃO (2016), de Kevin Reynolds

Banner internacional de RESSURREIÇÃO (2016), de Kevin Reynolds

A terceira posição ficou com o épico bíblico Ressurreição (Risen), que, conforme o esperado, se tornou a estreia mais bem-sucedida da semana, tendo arrecadado US$ 11,80 milhões nos seus três primeiros dias em cartaz, performance que por sinal conseguiu superar um pouco as expectativas do pessoal da Sony Pictures, que acreditava em uma abertura de US$ 10 milhões. Nós estamos muito, muito felizes com esse resultado. Esses filmes de temática cristã são certamente um gênero que nós acolhemos e que agora faz parte do nosso DNA, disse ao Los Angeles Times o presidente de distribuição da Sony, Rory Bruer. No Brasil, Ressurreição tem lançamento agendado para o dia 17 de março.

Banner internacional de A BRUXA (2015), Robert Eggers

Banner internacional de A BRUXA (2015), Robert Eggers

O quarto lugar coube a outra novidade, o terror A Bruxa (The Witch), que arrecadou US$ 8,68 milhões no fim de semana, quantia que fez a alegria dos executivos da A24, tendo em vista que as suas projeções eram de que o filme rendesse apenas US$ 4 milhões de sexta a domingo. A Bruxa chega aos cinemas nacionais no dia 03 de março.

Rebel Wilson e Dakota Johnson em cena de COMO SER SOLTEIRA

Rebel Wilson e Dakota Johnson em cena de COMO SER SOLTEIRA

Escorregando duas posições, a comédia Como Ser Solteira ficou em quinto lugar com um faturamento de US$ 8,22 milhões. Em dez dias, o longa estrelado por Rebel Wilson (A Escolha Perfeita) e Dakota Johnson (Cinquenta Tons de Cinza) acumula uma bilheteria de US$ 31,76 milhões, o que faz os analistas acreditarem que a produção deverá arrecadar ao todo cerca de US$ 50 milhões no mercado norte-americano.

Banner internacional de RACE (2016), de Stephen Hopkins

Banner internacional de RACE (2016), de Stephen Hopkins

Logo abaixo, na sexta colocação, aparece a terceira estreia da semana, o drama esportivo Race, que não empolgou tanto o público e obteve US$ 7,27 milhões no seu primeiro fim de semana, resultado que ficou abaixo dos US$ 9 milhões esperados pelo pessoal da Focus Features. Por enquanto, Race não possui data de estreia definida no Brasil.

Confira abaixo o ranking completo com as dez maiores bilheterias deste final de semana na América do Norte:

07

Assista ao trailer de Ressurreição:

Imagem de Amostra do You Tube