OSCAR-2015 – BIRDMAN GANHA EM PREMIAÇÃO POLÊMICA

Com transmissão para mais de 100 países, a entrega do 87º Oscar da Academia de Ciências e Artes Cinematográficas de Hollywood prometeu ser uma das mais empolgantes de sua história, mas não foi bem assim. O apresentador, John Patrick Harris, não saiu da bobagem, foi infeliz ao referir-se a Oprah Winfrey e Edward Snowden e contou piadas sem a menor graça. A disputa não teve nada de acirrada entre Boyhood – da Infância à Juventude, de Richard Linklatter, e Birdman, de Alejandro González Iñarritu. O cineasta mexicano levou os Oscar de melhor diretor e melhor filme, transformando Boyhood em um enorme perdedor, superado até por mesmo por O Grande Hotel Budapeste

Patrícia Arquette conquistou o único oscar de Boyhood; e Alejandro Gonzalez Iñarritu, vencedor por Birdman

Patrícia Arquette conquistou o único oscar de Boyhood; e Alejandro Gonzalez Iñarritu, vencedor por Birdman

A apresentação, de Neil Patrick Harris, começou com um belo número musical e em seguida cometeu a mancada de comparar Oprah Winfrey com Sniper Americano: o sucesso do filme, segundo ele, se compara a riqueza financeira dela. Imagina! Quvenzhané Wallis, a Indomável Sonhadora anunciou os indicados a melhor ator coadjuvante e o ganhador foi… barbada… J. K. Simmons, por seu papel de um irrascivel professor de música em Whiplash.

Liam Neeson, muito sério como sempre, subiu ao palco para falar de dois dos filmes concorrentes a melhor filme, O Grande Hotel Budapeste e Sniper Americano. Jennifer Lopez e Chris Pine anunciaram o ganhador na categoria de Melhor Figurino: deu, mais uma vez, Milena Canonero, O Grande Hotel Budapeste. Reese Whiterspoon apareceu em seguida e retirou do envelope O Grande Hotel Budapeste como o ganhador da categoria de maquiagem. Channing Tatum apresentou seis jovens talentos que se destacaram como diretores em trabalhos de formação de carreira.

Chietel Ejiofor e Nicole Kidaman anunciaram o melhor filme estrangeiro. E Ida conquistou o seu 60º prêmio em 49 indicações. Destino: Polônia. Maureen O’Hara, Hayao Myizaki, Philip Kaufman, Jean-Claude Carriere, Susan Sarandon e Harry Belafonte ganharam os prêmios humanitários. Chris Evans e Sienna Miller anunciaram o ganhador de melhores efeitos som: Whiplash, segunda estatueta. Sniper Americano, um dos grandes filmes do ano, a filosófica viagem ao sentido do que seja um herói, recebeu o Oscar de melhor mixagem de som. O Oscar de melhor atriz coadjuvante foi entregue a ex-senhora Nicolas Cage, Patricia Arquette. Ela fez um brado à igualdade entre homens e mulheres em Hollywood. Aliás, ela ganhou, por Boyhood, quase todos os prêmios que concorreu em sua categoria.

O Oscar de Melhores efeitos visuais foi para o injustiçado Interestelar, de Christopher Nolan, o melhor filme de 2014, só concorrendo a prêmios técnicos. Os melhores curta e longa de animação foram, respectivamente, Feast e Operação Big Hero, da Disney. O de desenho de produção foi para O Grande Hotel Budapeste, o seu terceiro Oscar. Já o de diretor de fotografia foi entregue a Emmanuel Lubezki, por Birdman, começando a sua jornada rumo ao topo. E Meryl Streep relembrou aqueles que partiram. A Academia não lembrou de José Wilker, mas Globo fez uma boa homenagem com Lázaro Ramos e Arthur Xexeofalando sobre a vida e carreira dele.

Em uma das surpresas da noite, o musical Whiplash conquistou o seu terceiro Oscar, agora na categoria de montagem. Mas, o filme de melhor edição não estava concorrendo: Interestelar. Não houve injustiça, no entanto, com a entrega ao Oscar de documentário para Laura Poitras e seu revelador e necessário Citizenfour, sobre o técnico de informática Edward Snowden, que revelou ao mundo a espionagem internacional promovida pelo governo norte-americano. John Stephens emocionou a todos ao interpretar a canção Glory, do filme Selma, injustiçado pela Academia ao se “esquecer” de indicar também os atores, o diretor, enfim, o filme. E em seguida, Selma conquistou o Oscar de melhor canção. Merecido por seu tom e teor histórico, já que se refere ao trabalho ferrenho de Martin Luther King pela igualdade racial. Mas a minha preferida era I’m not Gonna Miss You, de Glen Campbell, simplesmente emocionante, sobre a dor da perda.

Após Scarlett Johnasson lembrar os 50 anos de A Noviça Rebelde, a festa teve um de seus grandes momentos com Lady Gaga, quem diria, fazendo uma excepcional interpretação de The Sound of Music, de Richard Rodgers, principal canção do filme. Mas aplausos ainda com a  subida de Julie Andrews ao palco para anunciar que O Grande Hotel Budapeste era o concorrente com a melhor trilha sonora, de autoria do francês Alexandre Desplat. Eddie Murphy entregou o Oscar de melhor roteiro a Birdman, o segundo troféu conquistado pela obra de Iñarritu. Oprah Winfred, produtora de Selma, anunciou Graham Moore como o autor do melhor roteiro adaptado com O Jogo da Imitação. Ele fez um emocionante discurso de um não suicida. Corajoso, muito corajoso, cujo ato provou que o suicídio não o caminho, mas a desgraça e o sofrimento.

Os últimos prêmios da noite. O mexicano Alejandro González Iñarritu recebeu o Oscar de melhor diretor, por Birdman. Formou-se o suspense: Boyhood não levaria nada importante ou receberia a estatueta de melhor filme? Antes, ocorreu ainda a entrega aos melhores intérpretes: ator, para Eddie Redmayne, o Stephen Hawkins de A Teoria de Tudo, e melhor atriz, para Julianne Moore, Para Sempre Alice.  Bem, Boyhood, um trabalho brilhante que levou 12 anos para ser feito, contrariando as premiações recebidas nos EUA e no exterior, saiu de cena como um filme menor: não ganhou mais nada. Não vi nada mais injusto desde 1969, quando a Academia desprezou 2001: uma Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick, a maior criação do cinema em toda a sua história, para um reles musical, Oliver!, que hoje ninguém sabe se existe.

A festa do Oscar 2015 será lembrada como uma das premiações mais injustas e que teve em John Patrick Harris um dos seus piores apresentadores. Que saudades de Ellen De Generis…

Confira a premiação.

Melhor Filme
Sniper americano
Birdman
Boyhood: da infância à juventude
O grande hotel Budapeste
O jogo da imitação
Selma
A teoria de tudo
Whiplash

Melhor Diretor
Alejandro González Iñárritu, Birdman
Richard Linklater, Boyhood
Bennett Miller, Foxcatcher: uma história que chocou o mundo
Wes Anderson, O grande hotel Budapeste
Morten Tyldum, O jogo da imitação

Melhor Ator
Steve Carell, Foxcatcher
Bradley Cooper, Sniper americano
Benedict Cumberbatch, o jogo da imitação
Michael Keaton, Birdman
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo

Melhor Ator Coadjuvante
Robert Duvall, O juiz
Ethan Hawke, Boyhood
Edward Norton, Birdman
Mark Ruffalo, Foxcatcher
J K Simmons, Whiplash

Melhor Atriz
Marion Cotillard, Dois dias, uma noite
Felicity Jones, A teoria de tudo
Julianne Moore, Para sempre Alice
Rosamund Pike, Garota exemplar
Reese Witherspoon, Livre

Melhor Atriz Coadjuvante
Patricia Arquette, Boyhood
Laura Dern, Livre
Keira Knightley, O jogo da imitação
Emma Stone, Birdman
Meryl Streep, Caminhos da floresta

Melhor Filme em Língua Estrangeira
Ida (Polônia), de Pawel Pawlikowski
Leviatã (Rússia), de Andrey Zvyagintsev
Tangerines (Estônia), de Zaza Urushadze
Timbuktu (Mauritânia), de Abderrahmane Sissako
Relatos selvagens (Argentina), de Damien Szifrón

Melhor Documentário
O Sal da terra
CitizenFour (2014), de Laura Poitras
Finding Vivian Maier
Last days
Virunga

Melhor Documentário de Curta-Metragem
Crisis Hotline: Veterans Press 1 (EUA), de Ellen Goosenberg Kent e Dana Perry
Joanna
Our curse
The reaper (La Parka)
White Earth

Melhor Animação
Operação Big Hero (Big Hero 6, 2014, Disney), de Don Hall e Chris Williams
Como treinar o seu dragão 2
Os Boxtrolls
Song of the sea
The Tale of the Princess Kaguya

Melhor Animação de Curta-Metragem
The bigger picture
The dam keeper
Feast (Disney), de Patrick Osborne
Me and my moulton
A single life

Melhor Curta-Metragem
Aya
Boogaloo and Graham
Butter lamp (La lampe au beurre de Yak)
Parvaneh
The phone call (Reino Unido), de Mat Kirkby e James Lucas

Melhor Roteiro Original
Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. e Armando BoBirdman
Richard Linklater, Boyhood
E. Max Frye e Dan Futterman, “Foxcatcher
Wes Anderson e Hugo Guinness, O grande hotel Budapeste
Dan Gilroy, O abutre

Melhor Roteiro Adaptado
Jason Hall, Sniper americano
Graham Moore, O Jogo da Imitação
Paul Thomas Anderson, Vício inerente
Anthony McCarten, A teoria de tudo
Damien Chazelle, Whiplash

Melhor Fotografia
Emmanuel Lubezki, Birdman
Robert Yeoman, O grande hotel Budapeste
Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski, Ida
Dick Pope, Sr. Turner
Roger Deakins, Invencível

Melhor Montagem
Joel Cox e Gary D. Roach, Sniper americano
Sandra Adair, Boyhood
Barney Pilling, O grande hotel Budapeste
William Goldenberg, O jogo da imitação
Tom Cross, Whiplash

Melhor Desenho de Produção
O Grande Hotel Budapeste
O jogo da imitação
Interestelar
Caminhos da floresta
Sr. Turner

Melhores Efeitos Visuais
Dan DeLeeuw, Russell Earl, Bryan Grill e Dan Sudick,  Capitão América 2: O soldado invernal
Joe Letteri, Dan Lemmon, Daniel Barrett e Erik Winquist, Planeta dos macacos: O confronto
Stephane Ceretti, Nicolas Aithadi, Jonathan Fawkner e Paul Corbould, Guardiões da Galáxia
Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher, Interestelar
Richard Stammers, Lou Pecora, Tim Crosbie e Cameron Waldbauer, X-Men: Dias de um futuro esquecido

Melhor Figurino
Milena Canonero, O Grande Hotel Budapeste
Mark Bridges, Vício inerente
Colleen Atwood, Caminhos da floresta
Anna B. Sheppard e Jane Clive, Malévola
Jacqueline Durran, Sr. Turner

Melhor Maquiagem e Cabelo
Bill Corso e Dennis Liddiard, Foxcatcher
Frances Hannon e Mark Coulier, O Grande Hotel Budapeste
Elizabeth Yianni-Georgiou e David White, Guardiões da Galáxia

Melhor Trilha Sonora
Alexandre Desplat, O Grande Hotel Budapeste
Alexandre Desplat, O jogo da imitação
Hans Zimmer, Interestelar
Gary Yershon, Sr. Turner
Jóhann Jóhannsson, A teoria de tudo

Melhor Canção
“Everything is awesome”, de Shawn Patterson, Uma aventura Lego
Glory“, de John Stephens e Lonnie Lynn, Selma
“Grateful”, de Diane Warren, Além das luzes
“I’m not gonna miss Ca you”, de Glen Campbell e Julian Raymond, Glen Campbell…I’ll be Me
“Lost Stars”, de Gregg Alexander e Danielle Brisebois, Mesmo se nada der certo

Melhor Edição de Som
Alan Robert Murray e Bub Asman, Sniper americano
Martín Hernández e Aaron Glascock, Birdman
Brent Burge e Jason Canovas, O hobbit: A batalha dos cinco exércitos
Richard King, Interestelar
Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro, Invencível

Melhor Mixagem de Som
John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin, Sniper americano
Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga, Birdman
Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten, Interestelar
Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee, Invencível
Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley, Whiplash

BAFTA-2015 – BOYHOOD E LINKLATTER PREMIADOS

Concorrendo em 5 categorias da edição 2015 da Academia Britânica de Cinema, a produção estadunidense Boyhood – da Infância à Juventude, de Richard Linkalatter, foi a grande vencedora, ficando com os Bafta de Melhor Filme, Diretor e Atriz Coadjuvante, para Patrícia Arquette. A Teoria de Tudo, O Grande Hotel Budapeste, Para Sempre Alice e Ida também foram premiados

A produtora Cathleen Sutherland e Patrícia Arquette com os seus Bafta, ladeadas por Tom Cruise, Jonathan Shr, Ellar Coltrane, Ethan Hawke e John Sloss: vitória de Boyhood

A produtora Cathleen Sutherland e Patrícia Arquette com os seus Bafta, ladeadas por Tom Cruise, Jonathan Sehr, Ellar Coltrane, Ethan Hawke e John Sloss: vitória de Boyhood Foto: Ben Stansall 

Novamente Boyhood – da Infância à Juventude, o polonês Ida, o ator Eddie Redmayne e a atriz Julianne Moore, saíram vendedores da edição 2015 do Bafta da Academia do Cinema Britânico. Redmayne por sua sua atuação como o jovem cientista Stephen Hawkins em A Teoria de Tudo (Theory of Everything, 2014), de James Marsh, e Moore por sua comovente interpretação em Para Sempre Alice (Still Alice, 2014), como uma enfermeira de 50 anos que, no auge da carreira, passa a sentir os sentimentos do mal de Alzheimer. Uma Aventura Lego foi eleita a melhor animação.

Confira a Premiação

Melhor Filme
Boyhood – da infância à juventude

Melhor Filme Britânico
A Teoria de Tudo (2014), de Richard Glatzer e Wash Westmoreland

Melhor Filme de Animação
Uma Aventura Lego (2014), de Phil Lord e Christopher Miller

Melhor Realizador
Richard Linklater, por Boyhood

Melhor Argumento Original
O Grande Hotel Budapeste

Melhor Argumento Adaptado
A Teoria de Tudo

Melhor Ator
Eddie Redmayne, em A Teoria de Tudo

Melhor Atriz
Julianne Moore, em Para Sempre Alice

Melhor Ator Secundário
J.K. Simmons, em Whiplash –  em Busca da Perfeição

Melhor Atriz Secundária
Patricia Arquette, em Boyhood

Melhor Banda Sonora Original
Alexandre Desplat, por O Grande Hotel Budapeste

Melhor Fotografia
Birdman

Melhor Montagem
Whiplash – em busca da perfeição

Melhor Estreia de um Ator, Realizador ou Produtor Britânico
Stephen Beresford (argumentista) e David Livingstone (produtor), por Pride (2014)

Melhor Filme em Língua Não-Inglesa
Ida (Polónia), de Pawel Pawlikowski

Melhor Documentário
Citizenfour (EUA-Alemanha, 2014), de Laura Poitras

Melhor Design de Produção
O Grande Hotel Budapeste

Melhor Guarda-Roupa
O Grande Hotel Budapeste

Melhor Maquilhagem e Cabelo
O Grande Hotel Budapeste

Melhor Som
Whiplash – em busca da perfeição

Melhores Efeitos Visuais
Interstellar

Melhor Curta Britânica de Animação
The Bigger Picture

Melhor Curta Britânica
Boogaloo and Graham

Prémio Estrela em Ascensão (voto do público)
Jack O’Connell

Prémio Pela Carreira
Mike Leigh

Veja o trailer de Para Sempre Alice.

PRÊMIOS DOS SINDICATOS – FAVORITOS AO OSCAR SÃO APONTADOS

Os sindicatos de Diretores de Arte, Editores e Animadores divulgaram os seus vencedores e colocaram alguns filmes na frente da disputa pelo Oscar em suas respectivas categorias. Entre os destaques temos Boyhood vencendo como Melhor Edição de filme Drama, no ACE Awards, e O Grande Hotel Budapeste vencendo o prêmio na categoria Comédia. O filme do diretor Wes Anderson também foi premiado, no ADG Awards, com o prêmio de Melhor Direção de Arte em Filme de Época.

Detalhes da produção de COMO TREINAR SEU DRAGÃO 2 (2014), vencedor de 6 Annie Awards e favorito ao Oscar

Detalhes da produção de COMO TREINAR SEU DRAGÃO 2 (2014), vencedor de 6 Annie Awards e favorito ao Oscar

ANNIE AWARDS

A premiação apenas para animações entregou na noite do último sábado (31/01) os prêmios para os melhores de 2014. O favorito ao Oscar, Como Treinar Seu Dragão 2, levou 6 prêmios ao todo, incluindo Melhor Animação, Melhor Desenho de Personagem em Animação e Melhor Direção em Animação. Uma Aventura LEGO venceu o prêmio de Melhor Roteiro em Animação. Planeta dos Macacos: O Confronto venceu na categoria Melhor Personagem em Animação em Longa Live Action, e No Limite do Amanhã venceu na categoria Melhor Animação em Live Action.

ADG AWARDS

O rico cenário de O GRANDE HOTEL BUDAPESTE (2014), vencedor do ADG Awards

O rico cenário de O GRANDE HOTEL BUDAPESTE (2014), vencedor do ADG Awards

O Sindicato de Diretores de Arte em cinema entregou também seus prêmios nesse final de semana. Adam Stockhausen venceu o prêmio de Melhor Direção de Arte em Filme de Época pelo seu trabalho em O Grande Hotel Budapeste. Christopher Wood deu a Guardiões da Galáxia o prêmio de Melhor Direção de Arte em Filme de Fantasia, e Kevin Thompson venceu na categoria Melhor Direção de Arte em Filme Contemporâneo, por seu trabalho em Birdman.

ACE EDDIE AWARDS

Cena de BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE (2014), vencedor do ACE Award

Cena de BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE (2014), vencedor do ACE Award

O Sindicato de Editores deu o prêmio de Melhor Montagem em Filme Drama para Sandra Adair pelo sua trabalhoso e delicado edição em Boyhood: Da Infância à Juventude. O Grande Hotel Budapeste foi o vencedor na categoria Melhor Montagem em Filme Comédia.

SAG AWARDS 2015 – CONFIRA OS VENCEDORES

O prêmio do Sindicato de Atores dos EUA entregou na noite do último domingo (25/01) seus anuais prêmios para os melhores atores do cinema e da televisão. Considerado a prévia oficial do Oscar – cerca de 80% dos votantes do prêmio da Academia fazem parte do Sindicato – o SAG Awards deu a Birdman o prêmio de máximo de Melhor Elenco. Downton Abbey e Orange is the New Black venceram Melhor Elenco em Série Drama e Comédia, respectivamente.

Elenco de BIRDMAN (2014) com seus prêmios em mãos.

Elenco de BIRDMAN (2014) com seus prêmios em mãos.

Enquanto parte dos brasileiros torciam pela cearense Melissa Gurgel no concurso do 63º Miss Universo, outra parte acompanhava pelas redes sociais a entrega do SAG Awards 2015. O evento que aconteceu ne Califórinia reuniu as grandes celebridades da temporada e premiou os melhores atores do cinema e da televisão. Os prêmios dos sindicatos são considerados termômetros oficiais do Oscar, porém acontece – mais frequentemente do que alguns recordam – de haver divergências entre os vencedores de ambas as premiações, entenda mais clicando AQUI.

No SAG 2015 Julianne Moore, levou o prêmio de Melhor Atriz por seu papel em Para Sempre Alice – que estreia dia 25 de fevereiro no Brasil. Os coadjuvantes de ouro da temporada também receberam o SAG e estão com o Oscar quase certo: J.K. Simmons por Whiplash: Em Busca da Perfeição e Patricia Arquette, por Boyhood: Da Infância à Juventude. Porém a categoria Melhor Ator esquentou com a vitória do SAG por Eddie Redmayne pelo seu papel como o cientista Stephen Hawking em A Teoria de Tudo. Vários prêmios da crítica, incluindo o Globo de Ouro elegeram Michael Keaton, por Birdman, como Melhor Ator do ano passado, porém agora com o SAG Eddie se mostra tão favorito quanto Keaton na disputa pelo Oscar – desde 2004 que os vencedores da categoria Melhor Ator são os mesmo, no SAG e no Oscar. No entanto, Birdman não saiu de mãos vazias e conseguiu o prêmio de Melhor Elenco.

Eddie Redmayne e seu prêmio por A TEORIA DE TUDO (2014)

Eddie Redmayne e seu prêmio por A TEORIA DE TUDO (2014)

Na televisão, Orange is the New Black venceu a categoria Melhor Elenco em Série de Comédia e a vencedora de 2013 Downton Abbey voltou a vencer na categoria Melhor Elenco de Série Drama.

Confira a lista completa de vencedores do SAG Awards 2015

CINEMA

MELHOR ELENCO
Birdman

MELHOR ATOR
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo

MELHOR ATRIZ
Julianne Moore, Para Sempre Alice

MELHOR ATOR COADJUVANTE
J.K. Simmons, Whiplash: Em Busca da Perfeição

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Patricia Arquette, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR ELENCO DE DUBLÊS
Invencível

TELEVISÃO

MELHOR ELENCO SÉRIE EM SÉRIE DRAMA
Downton Abbey

MELHOR ELENCO EM SÉRIE COMÉDIA
Orange is the New Black

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMA
Kevin Spacey, House of Cards

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMA
viola Davis, How to Get Away with Muders

MELHOR ATOR EM SÉRIE COMÉDIA
William H. Macy, Shameless

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE COMÉDIA
Uzo Aduba, Orange is the New Black

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Mark Ruffalo, The Normal Heart

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Frances McDormand, Olive Kitteridge

MELHOR ELENCO DE DUBLÊS
Game of Thrones

PGA AWARDS – PRODUTORES DE BIRDMAN VENCEM

Birdman foi o vencedor do PGA Awards, primeiro e mais incisivo prêmio dos Sindicatos a divulgar seus vencedores. Uma Aventura Lego, desprezado pelo Oscar, foi eleito o Melhor Filme de Animação e as série Breaking Bad, pelo segundo ano consecutivo, e Orange is the New Black foram eleitas as melhores séries Drama e Comédia, respectivamente.

Michael Keaton em cena de BIRDMAN, vencedor do PGA Awards 2015

Michael Keaton em cena de BIRDMAN, vencedor do PGA Awards 2015

Até a noite do último sábado (24/01), aqueles que acompanham as premiações da chamada temporada de ouro apostariam sem medo que Boyhood: Da Infância à Juventude seria eleito o Melhor Filme no Oscar 2015. Ele venceu o Globo de Ouro e mais cerca de seis prêmios de críticos, americanos e estangeiros, e se mostrava uma escolha quase unânime. Porém a discreta premiação do Sindicato de Produtores Cinematográfico dos EUA, que acontece sem a presença das grandes celebridades e sem o assédio da imprensa, causou mais furor do que qualquer outra premiação até então, e injetou uma dose de ânimo na disputa pelo Oscar. O motivo foi: Birdman venceu o prêmio dos produtores. Birdman já contava com alguns prêmios da crítica em seu somatório, mas nada perto da quantidade de Boyhood, porém com a vitória no PGA ele provou que continua lado a lado com seu mais forte concorrente. Na verdade está um passo mais seguro à frente.

Vamos aos fatos. Primeiro e mais importante, sempre afirmei que críticos e sindicatos tinham gostos, às vezes, bem distintos. A visão de quem participa de um filme e está presente em todo o seu processo é diferente de quem assisite a um produto final e muitas vezes não leva em consideração todas as etapas de construção daquela produção. Boyhood venceu vários prêmios de críticos, entre eles o mais siginficativo: o Globo de Ouro (GG). Porém, voltemos 10 anos no tempo para fazermos uma breve análise. Em 2005, o GG premiou como Melhor Filme O Aviador, de Martin Scorsese, e no mesmo ano o Oscar foi para Menina de Ouro, de Clint Eastwood. Em 2006, O Segredo de Brokeback Mountain, de Ang Lee, foi o vencedor do GG, enquanto Crash: No Limite, de Paul Haggis, saiu com o Oscar. Em 2007 o GG elegeu o drama Babel, de Alejandro González Iñárritu, como o Melhor Filme, o PGA foi para Pequena Miss Sunshine, de Jonathan Dayton e Valerie Faris, e o Oscar para Os Infiltrados, de Martin Scorsese. Em 2010 o GG premiou o fenômeno Avatar, de James Cameron, como Melhor Filme de 2009, porém o Oscar foi para Guerra ao Terror, de Katrhyn Bigelow. No ano seguinte A Rede Social, de David Fincher, recebeu o prêmio de Melhor Filme pelo GG, enquanto O Discurso do Rei, de Tom Hooper, foi o vencedor do Oscar.

Porém a diferença noa está apenas entre críticos e sindicatos, na última década aconteceram algumas divergências entre o Oscar e o PGA Awards, considerado o melhor termômetro para a premiação. Em 2005 O Aviador, recebeu o PGA Awards e ficou mais perto pelo Oscar na disputa daquele ano, porém, como já citei acima, Menina de Ouro saiu com o Oscar de Melhor Filme. Em 2006 O Segredo de Brokeback Mountain além do Globo de Ouro venceu o PGA Awards, mas não faturou o Oscar. Em 2007 houve o desentendimento já citado anteriormente. Desde então os vencedores do PGA e do Oscar vêm coincidindo, no entanto, lembremos também que ano passado houve o surpreendente empate entre Gravidade e o vencedor do Oscar 12 Anos de Escravidão no prêmio dos Sindicatos.

Enfim, façam suas apostas. Amanhã (26/01) acontecerá o SAG Awards, prêmio do Sindicato de Atores, e não vejo outra possibilidade a não ser Birdman sair vencedor do prêmio máximo da noite, Melhor Elenco, o que pode ser mais um passo importante na corrida.

PRÊMIOS DA CRÍTICA – BOYHOOD É UNANIMIDADE

Nos últimos dias foram divulgados os vencedores das premiações dos críticos dos EUA e de Londres, e o resultado é unânime: Boyhood: da Infância à Juventude é considerado o melhor filme de 2014. Além disso, Julianne Moore, Michael Keaton, Patricia Arquette e J. K. Simmons também se mostram à frente de seus concorrentes em suas respectivas categorias de atuação.

Banner promocional de BOYHOOD anunciando as  vitórias do filme na premiação

Banner promocional de BOYHOOD anunciando as vitórias do filme na premiação

BROADCAST FILM CRITICS ASSOCIATION – CRITICS CHOICE AWARDS

Na última quinta-feira, 15, os críticos dos EUA, assim como os críticos estrangeiros que residem em LA e votam no Globo de Ouro, elegeram o fenômeno Boyhood: Da Infância à Juventude o melhor filme de 2014, e seu realizador, Richard Linklater, o melhor diretor. O filme gravado durante 12 anos que mostra o crescimento de um jovem menino em meio a conflitos pessoais de seus pais também deu a também vencedora do Globo de Ouro Patricia Arquette o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante. O protagonista, Ellar Coltrane, venceu na categoria Melhor Jovem Ator/Atriz.

Porém o filme mais premiado foi Birdman, de Alejandro González Iñárritu. O filme deu a Michael Keaton os prêmios de Melhor Ator e Melhor Ator em Comédia, e venceu, entre outroas, as categorias de Melhor Roteiro Original, Melhor Elenco e Melhor Trilha Sonora. Garota Exemplar venceu na categoria Melhor Roteiro Adaptado e Uma Aventura Lego saiu vencedor em Melhor Animação, ambos desprezados pelo Oscar nessas categorias.

Veja a lista completa de vencedores do Critics Choice Awards:

MELHOR FILME
Boyhood: da Infância à Juventude

MELHOR ATOR
Michael Keaton, Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

MELHOR ATRIZ
Julianne Moore, Para Sempre Alice

MELHOR ATOR COADJUVANTE
J.K. Simmons, Whiplash: Em Busca da Perfeição

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Patricia Arquette, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR ELENCO
Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

MELHOR JOVEM ATOR/ATRIZ
Ellar Coltrane, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR DIREÇÃO
Richard Linklater, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Garota Exemplar

MELHOR ANIMAÇÃO
Uma Aventura Lego

MELHOR FILME DE AÇÃO
Guardiões da Galáxia

MELHOR ATOR EM FILME DE AÇÃO
Bradley Cooper, Sniper Americano

MELHOR ATRIZ EM FILME DE AÇÃO
Emily Blunt, No Limite do Amanhã

MELHOR FILME DE COMÉDIA
O Grande Hotel Budapeste

MELHOR ATOR EM FILME DE COMÉDIA
Michael Keaton, Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

MELHOR ATRIZ EM FILME DE COMÉDIA
Jenny Slate, Obvious Child

MELHOR FILME DE FICÇÃO CIENTÍFICA OU TERROR
Interestelar

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Força Maior, Suécia

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Life itself – A Vida de Roger Ebert

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Glory – Selma, John Legend e Common;

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Antonio Sanchez, Birdman

MELHOR FOTOGRAFIA
Emmanuel Lubezki, Birdman

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Adam Stockhausen e Anna Pinnock, O Grande Hotel Budapeste

MELHOR MONTAGEM
Douglas Crise e Stephen Mirrione, Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)

MELHOR FIGURINO
Milena Canonero, O Grande Hotel Budapeste

MELHOR MAQUIAGEM
Elizabeth Yianni-Georgiou, David White, Guardiões da Galáxia

MELHORES EFEITOS VISUAIS
Planeta dos Macacos: O Confronto

LONDON CRITICS CIRCLE AWARDS

Richard Linklater com os dois prêmios britânicos recebido por BOYHOOD

Richard Linklater com os dois prêmios britânicos recebido por BOYHOOD

A premiação do círculo de críticos de Londres também seguiu a linha de raciocínio dos críticos americanos e deu a Boyhood e a Richard Linklater os prêmios de Melhor Filme e Melhor Diretor de 2014. O vencedor do Globo de Ouro, Leviatã, da Rússia, foi eleito o Melhor Filme Estrangeiro. O prêmio de Melhor Filme Britânico foi para o thriller Sob a Pele. A indicada ao Oscar Rosamund Pike foi eleita a Melhor Atriz Britânica do ano passado. No mais, o quarteto de atores que venceu o Globo de Ouro e o Critics Choice Awards saiu mais uma vez premiado.

Veja a lista completa de vencedores do London Critics Circle Awards:

MELHOR FILME
Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR DIRETOR
Richard Linklater, Boyhood: Da Infância à Juventude

ROTEIRO DO ANO
Wes Anderson, O Grande Hotel Budapeste

MELHOR ATOR
Michael Keaton, Birdman

MELHOR ATRIZ
Julianne Moore, Para Sempre Alice

MELHOR ATOR COADJUVANTE
J.K. Simmons, Whiplash: Em Busca da Perfeição

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Patricia Arquette, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR FILME BRITÂNICO
Sob a Pele

MELHOR ATOR BRITÂNICO
Timothy Spall, Sr. Turner

MELHOR ATRIZ BRITÂNICA
Rosamund Pike, Garota Exemplar e What We Did on Our Holiday

MELHOR JOVEM ATOR/ATRIZ BRITÂNICO
Alex Lawther, O Jogo da Imitação

CINEASTA REVELAÇÃO
Yann Demange, 71

PRÊMIO TÉCNICO
Sob a Pele, Mica Levi, Trilha Sonora

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Leviatã, Rússia

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Citizenfour

Prêmio Dilys Powell
Miranda Richardson (Atriz)

Veja o trailer de 71.

Imagem de Amostra do You Tube

 

GLOBO DE OURO 2015 – Conheça os vencedores

Na noite do último domingo (11/01) aconteceu a entrega dos Globo de Ouro em Los Angeles, prêmio da Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, uma premiação que por muito tempo ditou os padrões das premiações futuras, incluindo o Oscar, porém que ganhando um formato próprio devido a vários fatores. Conheça mais um pouco sobre os Golden Globes e saiba quais foram os grandes vencedores da 72ª edição do prêmio

Elenco de BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE com os três prêmios que o filme recebeu.

Elenco e diretor de BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE com os três prêmios que o filme recebeu.

Seja pelas surpreendentes escolhas ou pelo excesso de bebida nas celebridades presentes, a entrega do Globo de Ouro sempre rende bastante conteúdo para a mídia voltada para o entretenimento. Foquemos na primeira parte. Durante cerca de três décadas (70, 80 e 90), o Globo de Ouro era considerado a prévia oficial do Oscar devido a suas constantes coincidências entre as ganhadores. Porém na última década algumas escolhas da premiação fizeram com que alguns críticos e especialistas tenham mudado tal visão. Essa mudança é explicável por, entre outros, dois principais motivos, o primeiro deles é que o Globo de Ouro é uma premiação de críticos e o Oscar não. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood é composta de atores, diretores, roteiristas, produtores, figurinistas… enfim, de pessoas que trabalham na realização de filmes, enquanto os votantes do Globo de Ouro são críticos de cinema e por isso, na maiorias das vezes, podem apresentar perspectivas bem diferentes daqueles que estão “por dentro” das produções.

Além disso, é importante lembrar que os críticos votantes do Globo de Ouro são estrangeiros que trabalham em LA. Ou seja, são cargas culturais e pontos de vistas completamente diferentes, e isso pode gerar – e é o que vem acontecendo – alguns resultados, no mínimo, surpreendentes.

Michael Keaton e seu prêmio por BIRDMAN

Michael Keaton e seu prêmio por BIRDMAN

Porém esse ano os ganhadores se saíram como era esperado, sem grandes surpresas. Enquanto ainda não ganhou nenhum Oscar (dos 5 que concorreu), Amy Adams ganhou seu segundo Globo de Ouro consecutivo na categoria Melhor Atriz em Comédia ou Musical, dessa vez pelo filme Grandes Olhos, de Tim Burton. Uma das surpresas foi a vitória de Como Treinar Seu Dragão 2 na categoria Melhor Animação sobre favoritos como Uma Aventura LEGO e Os Boxtrolls.

Porém a maior surpresa talvez tenha sido o excelente O Grande Hotel Budapeste ter vencido na categoria Melhor Filme Comédia ou Musical sobre o tido como favorito Birdman, no entanto esse saiu vencedor na categoria Melhor Roteiro e deu a Michael Keaton o prêmio de Melhor Ator em Comédia ou Musical. Julianne Moore e Eddie Redmayne venceram os prêmios de Melhor Atriz e Ator em Dramas pelos filmes Para Sempre Alice e A Teoria de Tudo. E Boyhood: Da Infância à Juventude se sagrou o Melhor Filme, além de vencer nas categorias Melhor Diretor e Melhor Atriz Coadjuvante.

A atriz Patricia Arquette com seu Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE

A atriz Patricia Arquette com seu Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE

Na televisão, o drama The Affair foi eleita a Melhor Série – Drama e deu a atriz Ruth Wilson o prêmio de Melhor Atriz em Série Drama. E a estreante Transparent foi um dos destaques da noite ao receber o prêmio de Melhor Série Comédia ou Musical e de Melhor Ator em Série Comédia ou Musical (Jeffrey Tambor).

Na próxima quinta-feira, 15, os indicados do Oscar serão divulgados, fique ligado no Cinema e Artes para acompanhar todas as novidades da temporada de ouro de Hollywood.

Confira abaixo a lista completa de vencedores do Globo de Ouro 2015 e a crítica de Boyhood: Da Infância à Juventude clicando AQUI.

CINEMA

MELHOR FILME – DRAMA
Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR DIRETOR
Richard Linklater, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
O Grande Hotel Budapeste

MELHOR ATOR – DRAMA
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo

MELHOR ATRIZ – DRAMA
Julianne Moore, Para Sempre Alice

MELHOR ATOR – COMÉDIA OU MUSICAL
Michael Keaton, Birdman

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA OU MUSICAL
Amy Adams, Grandes Olhos

MELHOR ROTEIRO
Alejandro González Iñárritu, Alexander Dinelaris, Armando Bo, Nicolás Giacobone, Birdman

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Patrica Arquette, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR ATOR COADJUVANTE
J.K. Simmons, Whiplash: Em Busca da Perfeição

MELHOR ANIMAÇÃO
Como Treinar Seu Dragão 2

MEHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
Leviatã (Rússia)

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Jóhann Jóhannsson, A Teoria de Tudo

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Glory – John Legend & Common, Selma

TV

MELHOR SÉRIE DRAMA
The Affair

MELHOR SÉRIE COMÉDIA E MUSICAL
Transparent

MELHOR ATOR – SÉRIE DRAMA
Kevin Spacey, House of Cards

MELHOR ATRIZ – SÉRIE DRAMA
Ruth Wilson, The Affair

MELHOR ATOR – SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL
Jeffrey Tambor, Transparent

MELHOR ATRIZ – SÉRIE COMÉDIA E MUSICAL
Gina Rodriguez, Jane the Virgin

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME
Fargo

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Billy Bob Thornton, Fargo

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Maggie Gyllenhaal, The Honorable Woman

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Matt Bomer, The Normal Heart

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Joanne Froggatt, Downton Abbey

Prêmios dos Sindicatos 2015 – conheça alguns indicados

A premiação mais relevante na maior categoria do Oscar – o PGA Awards – teve seus indicados revelados e não ocupou, mais uma vez, o devido espaço na mídia. O Sindicato de Roteiristas também divulgou seus indicados a melhores roteiros de 2014, adaptados e originais, bem como o Sindicato de Diretores de Fotografia. Eis as previsões mais concretas ao prêmio da Academia

PGA2014_650_400

PGA Awards

O prêmio do Sindicato de Produtores dos EUA divulgou os indicados ao PGA Awards 2015. A entrega dos prêmios, tanto para cinema quanto para televisão, acontecerá no dia 24 de janeiro, na mesma discrição em que os indicados são anunciados. A cerimônia de entrega dos PGA Awards se dá mais como uma reunião de negócios do que como um programa de televisão. O principal motivo para isso é a ausência das grandes estrelas, o público dessa premiação são os produtores, e em algumas vezes, os diretores, ou seja, não há glamour, não há transmissão ao vivo e nem ‘tapete vermelho.’ Como é de se esperar, o ganhador do PGA tem a vitória na categoria Melhor Filme do Oscar quase certa, pois os votantes de ambas as premiações, em ambas categorias, são basicamente os mesmos. O PGA Awards também premia a melhor produção em animação e séries de TV.

Conheça a lista completa de indicados ao PGA Awards 2015

MELHOR PRODUÇÃO CINEMATOGRÁFICA
Sniper Americano (American Sniper)
Birdman
Boyhood: Da Infância à Juventude (Boyhood)
Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo (Foxcatcher)
Garota Exemplar (Gone Girl)
O Grande Hotel Budapeste (The Grand Budapest Hotel)
O Jogo da Imitação (The Imitation Game)
O Abutre (Nightcrawler)
A Teoria de Tudo (The Theory of Everything)
Whiplash: Em Busca da Perfeição (Whiplash)

MELHOR PRODUÇÃO EM ANIMAÇÃO
Operação Big Hero (Big Hero 6)
Festa no Céu (The Book of Life)
Os Boxtrolls (The Boxtrolls)
Como Treinar Seu Dragão 2 (How to Train Your Dragon 2)
Uma Aventura LEGO (The LEGO Movie)

MELHOR PRODUÇÃO EM DOCUMENTÁRIO
Life Itself – A Vida de Roger Ebert (Life Itself)
Merchants of Doubt
The Green Prince
Particle Fever
Virunga

TELEVISÃO

MELHOR PRODUÇÃO EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
American Horror Story: Coven & Freak Show
Fargo
The Normal Heart
The Roosevelts: An Intimate History
Sherlock

MELHOR PRODUÇÃO EM SÉRIE – DRAMA
Breaking Bad
Downton Abbey
Game of Thrones
House of Cards
True Detective

MELHOR PRODUÇÃO EM SÉRIE – COMÉDIA
The Big Bang Theory
Louie
Modern Family
Orange is the New Black
Veep

MELHOR PRODUÇÃO EM REALITY SHOW
The Amazing Race
Dancing With the Stars
Project Runway
Top Chef
The Voice

WGA

WGA Awards

O prêmio do Sindicato de Roteiristas, que por suas criteriosas regras geralmente se diferencia dos indicados do Oscar, apresentou uma lista concisa e com algumas surpresas, como a presença do bem sucedido Guardiões da Galáxia entre os indicados a Melhor Roteiro Adaptado. O longa Whiplash: Em Busca da Perfeição é adaptado de um curta do mesmo diretor, porém aqui concorreu na categoria Melhor Roteiro Original. A entrega dos prêmios acontecerá no dia 14 de fevereiro.

Veja a lista completa de indicados ao WGA Awards 2015

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Boyhood: Da Infância à Juventude
Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo
O Abutre
O Grande Hotel Budapeste
Whiplash: Em Busca da Perfeição

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Garota Exemplar
Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy)
Livre (Wild)
O Jogo da Imitação
Sniper Americano

MELHOR ROTEIRO PARA DOCUMENTÁRIO
A Fotografia Oculta de Vivian Maier
Criado na Internet: A história de Aaron Swartz
Exército Vermelho
Vietnã: Batendo em Retirada

ASC Awards

O Sindicado de Diretores de Fotografia também divulgou sua lista de indicados. Invencível, de Angelina Jolie, conseguiu uma vaga entre entre os filmes que disputam Melhor Fotografia de 2014/2015, ao lado de grandes favoritos como O Grande Hotel Budapeste e Birdman. O prêmio tem um histórico de algumas divergências com o Oscar, em 2014 os dois prêmios foram para Emmanuel Lubezki – que também concorre esse ano – pelo seu primoroso trabalho em Gravidade; porém em 2013 o ASC Award foi para Roger Deakins – que concorre esse ano por Invencível – por 007: Operação Skyfall, e o Oscar foi para Claudio Miranda por As Aventuras de Pi.

A entrega dos ASC será no dia 15 de fevereiro no Hyatt Regency Century Plaza em Los Angeles.

Confira a lista de indicados ao ASC Awards:

MELHOR FOTOGRAFIA
Invencível (Unbroken), Roger Deakins
O Jogo da Imitação, Oscar Faura
Birdman, Emmanuel Lubezki
Sr. Turner, Dick Pope
O Grande Hotel Budapeste, Robert D. Yeoman

costume-designes-guild-1

CDG Awards

No sindicato de figurinistas dos EUA a premiação é sempre dividida em três categorias para o cinema: Filmes contemporâneos, filmes de época e filmes de fantasia, sendo assim, mais filmes concorrem ao prêmio. Nas séries, as categorias fantasia e época concorrem ao um só prêmios, enquanto as séries contemporâneas têm sua categoria isolada.

A entrega dos prêmios acontece no dia 17 de fevereiro no Beverly Hilton Hotel, também em Los Angeles.

Confira a lista completa de indicados ao Costume Designers Guild Awards 2015:

MELHOR FIGURINO CONTEMPORÂNEO
Birdman, Albert Wolsky
Boyhood: Da Infância à Juventude, Kari Perkins
Garota Exemplar, Trish Summerville
Interstelar, Mary Zophres
Livre, Melissa Bruning

MELHOR FIGURINO DE ÉPOCA
O Grande Hotel Budapeste, Milena Canonero
O Jogo da Imitação, Sammy Sheldon Differ
Vício Inerente, Mark Bridges
Selma, Ruth E. Carter
A Teoria de Tudo, Steven Noble

MELHOR FIGURINO DE FANTASIA
Guardiões da Galáxia, Alexandra Byrne
O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, Bob Buck, Lesley Burkes-Harding, Ann Maskrey
Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, Kurt and Bart
Caminhos da Floresta, Colleen Atwood
Malévola, Anna B. Sheppard, Jane Clive

MELHOR FIGURINO EM SÉRIE CONTEMPORÂNEA
House of Cards, Johanna Argan
Ray Donovan, Christopher Lawrence
Saturday Night Live, Tom Broecker, Eric Justian
Scandal, Lyn Paolo
True Detective, Jenny Eagan

MELHOR FIGURINO EM SÉRIE DE ÉPOCA/FANTASIA
Boardwalk Empire, John Dunn
Game of Thrones, Michele Clapton
The Knick, Ellen Mirojnick
Mad Men, Janie Bryant
Masters of Sex, Ane Crabtree

MELHOR FIGURINO EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
American Horror Story: Freak Show, Lou Eyrich
Houdini, Birgit Hutter
The Normal Heart, Daniel Orlandi
Olive Kitteridge, Jenny Eagan
Sherlock, Sarah Arthur

GLOBO DE OURO 2015 – BIRDMAN LIDERA INDICAÇÕES

A segunda premiação mais importante da temporada de ouro de Hollywood – ou pelo menos a segunda mais popular – teve seus indicados anunciados na manhã desta quinta-feira, 11, e mais uma vez surpreendeu com algumas escolhas. Birdman lidera os indicados concorrendo em 7 categorias, seguido de Boyhood e O Jogo da Imitação, cada um com 5 indicações. Todos, independentes

golden_globes_logo_2011

Por muito tempo o Globo de Ouro fora considerado uma prévia do Oscar, no sentido de coincidir com as escolhas dos prêmios da Academia. Porém nos últimos anos algumas divergências vêm acontecendo entre as duas premiações. A jornalista Ana Maria Bahiana, única representante do Brasil na Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, já explicou que a variedade de votantes no Globo de Ouro, escolhida por jornalistas estrangeiros em Los Angeles, de culturas e de países de origem, sempre refletem em gostos diferentes, o que muitas vezes fica relfetido com clareza entre os indicados.

Como já vem acontecendo em outros prêmios escolhidos por críticos, a disputa desse ano se mostra entre Boyhood: da Infância à Juventude e Birdman. Porém aqui a dramédia Birdman, de Alejandro González Iñárritu, concorre em Melhor Filme – Comédia ou Musical e Boyhood, de Richard Linklater, concorre em Melhor Filme – Drama.

Michael Keaton em cena do líder de indicações BIRDMAN (2014), de IÑARRITU

Michael Keaton em cena do líder de indicações BIRDMAN (2014), de Iñarritu

A premiação é conhecida por manter um certo “estrelismo”, onde filmes independentes muitas vezes não têm tanto espaço quantos filmes com nomes de peso no elenco. Porém esse ano ela seguiu o mesmo padrão das outras premiações, afinal, não poderia deixar de lado o azarão da temporada, Boyhood. As surpresas ficaram com Garota Exemplar, que conseguiu 4 indicações, enquanto em outras premiações de críticos o filme foi esnobado nas grandes categorias como Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro.

Rosamund Pike e Jennifer Aniston conseguiram mais uma indicação em outra premiação importante – ontem foram indicadas ao SAG Awards – e conseguiram mais destaque na corrida, dando um passo largo nas possíveis indicações ao Oscar. Assim como Julianne Moore, que disputa aqui em duas categorias, Melhor Atriz – Drama, por Para Sempre Alice, e Melhor Atriz – Comédia ou Musical, por Mapa para as Estrelas.

Porém a surpresa maior ficou com Selma, de Ava DuVarnay. O filme que conta a influência de Martin Luther King no movimento que ficou conhecido como Marchas de Selma, na cidade de mesmo nome. O filme, que dividiu a opinião dos críticos, conseguiu indicações em Melhor Filme – Drama, Melhor Diretor e Melhor Ator – Drama.

David Oyelowo como Martin Luther King em cena de SELMA (2014), de Ava DuVernay

David Oyelowo como Martin Luther King em cena de SELMA (2014), de Ava DuVernay

Entre os esquecidos estão Invencível, de Angelina Jolie, que não conseguiu uma indicação  e Interestelar, de Christopher Nolan, que só conseguiu uma indicação na categoria Melhor Trilha Sonora Original.

Birdman está previsto para estrear no Brasil dia 22 de janeiro. O Jogo da Imitação e Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo estreiam dia 29 de janeiro de 2015 nos cinemas nacionais. Vício Inerente chega dia 19 de fevereiro. Caminhos da Floresta dia 29 de janeiro.  Grandes Olhos dia 05 de fevereiro. E a zebra Selma chega no Brasil dia 25 de janeiro.

Assista ao trailer de Grandes Olhos, de Tim Burton

Imagem de Amostra do You Tube

Na televisão temos True Detective com 4 indicações por sua primeira temporada, sucesso de crítica e também de outras premiações, só no Emmy 2014 foram 5 vitórias das 11 indicações que recebeu. E de surpresas temos a ausência por completa da comédia Modern Family, que desde que estreou em 2009 era presença garantida entre os indicados.

A entrega dos Globo de Ouro 2015 será no domingo dia 11 de janeiro de 2015 e mais uma vez será apresentada por Tina Fey e Amy Poheler.

MELHOR FILME – DRAMA
Boyhood: da Infância à Juventude (Boyhood), de Richard Linklater
A Teoria de Tudo (The Theory of Everything), de James Marsh
O Jogo da Imitação (The Imitation Game), de Morten Tyldum
Selma, de Ava DuVarnay
Foxcatcher: uma História que Chocou o Mundo (Foxcatcher), de Bennet Miller

MELHOR FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
Birdman
Caminhos da Floresta (Into the Woods)
O Grande Hotel Budapeste (The Great Budapest Hotel)
Pride
Um Santo Vizinho (St. Vincent)

MELHOR DIRETOR
Wes Anderson, O Grande Hotel Budapeste
David Fincher, Garota Exemplar (Gone Girl)
Richar Linklater, Boyhood: da Infância à Juventude
Ava DuVernay, Selma
Alejando González Iñarritu, Birdman

MELHOR ATOR – DRAMA
Steve Carell, Foxcatcher: uma História que Chocou o Mundo
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo
Jake Gyllenhaal, de O Abutre (Nightcrawler)
Benedict Cumberbatch, O Jogo da Imitação
David Oyelowo, Selma

MELHOR ATRIZ – DRAMA
Jennifer Aniston, Cake
Felicity Jones, A Teoria de Tudo
Julianne Moore, Para Sempre Alice (Still Alice)
Reese Witherspoon, Livre (Wild)
Rosamund Pike, Garota Exemplar

Assista ao trailer de Para Sempre Alice, ainda sem previsão de estreia no Brasil

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR ATOR – COMÉDIA OU MUSICAL
Ralph Fiennes, O Grande Hotel Budapeste
Michael Keaton, Birdman
Bill Murray, Um Santo Vizinho
Joaquin Phoenix, Vício Inerente (Inherent Vice)
Christoph Waltz, Grandes Olhos (Big Eyes)

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA OU MUSICAL
Amy Adams, Grandes Olhos
Emily Blunt, Caminhos da Floresta
Helen Mirren, A 100 Passos de Um Sonho
Julianne Moore, Mapa para as Estrelas (Map to the Stars)
Quavenzhané Wallis, Annie

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Ethan Hawke, Boyhood: da Infância à Juventude
Edward Northon, Birdman
Robert Duvall, O Juiz
J.K. Simmons, Whiplash: em Busca da Perfeição
Mark Ruffalo, Foxcatcher: uma História que Chocou o Mundo

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Patricia Arquette, Boyhood: da Infância à Juventude
Jessica Chastain, A Most Violent Year
Emma Stone, Birdman
Meryl Streep, Caminhos da Floresta
Keira Knightley, O Jogo da Imitação

MELHOR ROTEIRO
Wes Anderson, O Grande Hotel Budapeste
Richard Linklatter, Boyhood: da Infância à Juventude
Alejandro González Iñarritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris e Armando Bo, Birdman
Gillian Flynn, Garota Exemplar
Graham Moore, O Jogo da Imitação

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Hanz Zimmer, Interestelar
Jóhann Jóhannsson, A Teoria de Tudo
Alexandre Desplat, O Jogo da Imitação
Trent Reznor & Atticus Ross, Garota Exemplar
Antonio Sanchez, Birdman

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Big Eyes, Grandes Olhos – Letra e Música: Lana Del Rey
Glory, Selma – Letra e Música: John Legend & Common
Mercy Is, Noé – Letra e Música: Patti Smith & Lenny Kaye
Opportunitty, Annie – Letra e Música: Greg Kurstin, Sia Furler e Will Gluck
Yellow Flicker Beat, Jogo Vorazes: a Esperança – Parte 1 – Letra e Música: Lorde

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
Força Maior (Force Majeure Turist) – Suécia
Ida – Polônia/Dinamarca
Leviatã (Левиафан “Leviafan”) – Rússia
Gett: The Trial of Viviane (Amsalem Gett) – Israel
Tangerines (Madariinid) – Estônia

MELHOR ANIMAÇÃO
Operação Big Hero 6
Festa no Céu
Os Boxtrolls
Como Treinar Seu Dragão 2
Uma Aventura LEGO

TELEVISÃO

MELHOR SÉRIE – DRAMA
The Affair
Game of Thrones
The Good Wife
House of Carda
Downtown Abbey

MELHOR SÉRIE – COMÉDIA OU MUSICAL
Girls
Orange is the New Black
Silicon Valley
Jane the Virgin
Transparent Amazon

MELHOR ATOR – SÉRIE DRAMA
Clive Owen, The Knick
Liev Schreiber, Ray Donovan
Kevin Spacey, House Of Cards
James Spader, The Blacklist
Dominic West, The Affair

MELHOR ATOR – SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL
Louis C. K., Louie
Don Cheadle, House Of Lies
Ricky Gervais, Derek
William H. Macy, Shameless
Jeffrey Tambor, Transparent

MELHOR ATRIZ – SÉRIE DRAMA
Claire Danes, Homeland
Viola Davis, How to Get Away With Murder
Julianna Marguiles, The Good Wife
Ruth Wilson, The Affair
Robin Wright, House of Cards

MELHOR ATRIZ – SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL
Lena Dunham, Girls
Edie Falco, Nurse Jackie
Julia Louis-Dreyfus, Veep
Gina Rodriguez, Jane The Virgin
Taylor Schilling, Orange Is The New Black

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME
Fargo
The Missing Starz
The Normal Heart
Olive Kitteridge
True Detective

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Martin Freeman, Fargo
Woody Harrelson, True Detective
Matthew Mcconaughey, True Detective
Mark Ruffalo, The Normal Heart
Billy Bob Thornton, Fargo

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Maggie Gyllenhaal, The Honorable Woman
Jessica Lange, American Horror Story: Freak Show
Frances Mcdormand, Olive Kitteridge
Frances O’connor, The Missing
Allison Tolman, Fargo

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Matt Bomer, The Normal Heart
Alan Cumming, The Good Wife
Colin Hanks, Fargo
Bill Murray, Olive Kitteridge
Jon Voight, Ray Donovan

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Uzo Aduba, Orange Is The New Black
Kathy Bates, American Horror Story: Freak Show
Joanne Froggatt, Downton Abbey
Allison Janney, Mom
Michelle Monaghan, True Detective

Veja o trailer de The Affair.

Imagem de Amostra do You Tube

 

 

 

SAG AWARDS 2015 – Conheça os indicados

A primeira premiação dos sindicatos divulgou seus indicados na manhã dessa quarta-feira (10/12). O Screen Actors Guild Awards premia os melhores atores do cinema e da televisão – incluindo o trabalho de dublês – e é considerado o termômetro mais preciso do Oscar. Surpresas? Caso você esteja acompanhando as postagens das premiações em Hollywood verá que não surpresas, com os independentes mantendo o ritmo. Birdman lidera os indicados concorrendo em quatro categorias, seguido de Boyhood com três indicações

sag

O Screen Actors Guild (Associação de “Tele” Atores) divulgou a lista de indicados ao SAG Awards 2015. E saiba da regra número um: apenas atores membros da associação votam na premiação e, consequentemente, votam em si mesmos e nos filmes em que fazem parte do elenco. Redundando: podem ser votados, caso estejam concorrendo no ano por algum filme. E é exatamente por isso que, na maioria das vezes, os vencedores do SAG são os mesmos do Oscar – salvo raras exceções.

Neste ano o SAG Awards e Oscar coincidiram nas quatro categorias de atuação, premiando Matthew McConaughey e Jared Leto, por Clube de Compras Dallas, Cate Blanchett, por Blue Jasmine e Lupita Nyong’o, por 12 Anos de Escravidão. Ano passado , 2012, a única divergência entre os vencedores de ambas as premiações foi na categoria Melhor Ator Coadjuvante, pois o SAG premiou Tommy Lee Jones, por Lincoln, e o Oscar foi para Christoph Waltz, por Django Livre, que sequer foi indicado ao SAG – o que destoou, mas foi completamente compreensível.

Os indicados de 2014 seguiram o que já se vem vendo nas premiações dos críticos, uma disputa entre Boyhood: da Infância à Juventude, de Richard Linklater, e Birdman, de Alejandro González Iñárritu. Aqui, o filme de Iñárritu conseguiu o maior número de indicações, 4 ao todo, e o de Linklater emplacou 3 indicações. Como é uma premiação voltada para os atores, não existe uma categoria Melhor Filme, porém sua recorrente é Melhor Elenco, na qual os dois filmes disputam a premiação com O Grande Hotel Budapeste, A Teoria de Tudo e O Jogo da Imitação.

Michael Keaton e Edward Norton em cena de BIRDMAN (2014)

Os indicados Michael Keaton e Edward Norton em cena de BIRDMAN (2014)

Nas surpresas, vemos Jennifer Aniston, que veio ganhando força nas últimas semanas da corrida pelos prêmios, conseguiu aqui uma indicação na categoria de Melhor Atriz pelo drama Cake. Outra surpresa na mesma categoria é Rosamund Pike, por Garota Exemplar, que no meio do ano, quando o filme estreou, fez muitos especialistas apostarem na atriz como indicação certa em todas as premiações, o que não vinha acontecendo muito até então.

Meryl Streep conseguiu sua 15ª indicação, desta vez disputando o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por seu trabalho no musical Caminhos da Floresta. Mark Ruffalo concorre, no cinema, como Melhor Ator Coadjuvante por Foxcatcher – a História que Chocou o Mundo, e na televisão pelo telefilme The Normal Heart, do canal HBO. Assim como Benedict Cumberbatch, que no cinema concorrer como Melhor Ator por O Jogo da Imitação, e na televisão como Melhor Ator de minissérie ou Telefilme por Sherlock.

A entrega dos SAG Awards acontece dia 25 de janeiro. Conheça a lista completa de indicados:

MELHOR ELENCO/FILME
Birdman
O Grande Hotel Budapeste (The Great Budapest Hotel)
Boyhood: aa Infância à Juventude (Boyhood)
A Teoria de Tudo (Theory of Everything)
O Jogo da Imitação (The Imitation Game)

Veja o trailer de A Teoria de Tudo.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR ATOR
Steve Carrell, Foxcatcher – A História que Chocou o Mundo
Benedict Cumberbatch, O Jogo da Imitação
Michael Keaton, Birdman
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo
Jake Gyllenhaal, O Abutre (The Nightcrawler)

MELHOR ATRIZ
Julianne Moore, Para Sempre Alice (Still Alice)
Felicity Jones, A Teoria de Tudo
Rosamund Pike, Garota Exemplar (Gone Girl)
Reese Witherspoon, Livre (Wild)
Jennifer Aniston, Cake

Conheça o trailer de Cake.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mark Ruffalo, Foxcatcher – a História que Chocou o Mundo
Edward Norton, Birdman
Ethan Hawke, Boyhood: da Infância à Juventude
J.K. Simmons, Whiplash: em Busca da Perfeição
Robert Duvall, O Juiz

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Keira Knightley, O Jogo da Imitação
Patricia Arquette, Boyhood: Da Infância à Juventude
Emma Stone, Birdman
Meryl Streep, Caminhos da Floresta (Into the Woods)
Naomi Watts, Um Santo Vizinho (St. Vicent)

A veterana Meryl Streep ao lado de Mackenzie Mauzy em CAMINHOS DA FLORESTA (2014), de Rob Marshall

A veterana Meryl Streep ao lado de Mackenzie Mauzy em CAMINHOS DA FLORESTA (2014), de Rob Marshall

MELHOR ELENCO DE DUBLÊS
Corações de Ferro
James Brown
O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos
Invencível
X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

TELEVISÃO

MELHOR ATOR EM MINISSÉROE OU TELEFILME
Adrien Brody, Houdini
Benedict Cumberbatch, Sherlock: His Last Vow
Richard Jenkins, Oliver Kitteridge
Mark Ruffalo, The Normal Heart
Billy Bob Thortnton, Fargo

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Ellen Burstyn, Flowers in the Attic
Maggie Gyllenhaal, The Honarable Woman
Frances McDormand, Olive Kitteridge
Julia Roberts, The Normal Hearts
Cicely Tyson, The Trip to Bountiful

MELHOR ATOR – SÉRIE DRAMA
Steve Buscemi, Boardwalk Empire
Peter Dinklage, Game of Thrones
Woody Harrelson, True Detective
Matthew McConaughey, True Detective
Kevin Spacey, House of Cards

MELHOR ATRIZ – SÉRIE DRAMA
Claire Danes, Homeland
Viola Davis, How to Get Away With Murder
Julianna Marguiles, The Good Wife
Tatiana Maslany, Orphan Black
Maggie Smith, Downtwon Abbey
Robin Wright, House of Cards

MELHOR ATOR – SÉRIE COMÉDIA
Ty Burrell, Modern Family
Louis C.K., Louie
William H. Macy, Shameless
Jim Parsons, The Big Bang Theory
Eric Stonestreet, Modern Family

MELHOR ATRIZ – SÉRIE COMÉDIA
Uzo Aduba, Orange is the New Black
Julie Bowen, Modern Family
Edie Falco, Nurse Jackie
Julia Louis-Dreyfus, Veep
Amy Poehler, Parks and Recreation

MELHOR ELENCO – SÉRIE DRAMA
Boardwalk Empire
Downtown Abbey
Game of Thrones
Homeland
House of Cards

MELHOR ELENCO – SÉRIE COMÉDIA
The Big Bang Theory
Brooklyn Nine-Nine
Modern Family
Orange is the New Black
Veep

MELHOR ELENCO DE DUBLÊS
24: Live Another Day
Boardwalk Empire
Game of Thrones
Homeland
Sons of Anarchy
The Walking Dead

Assista ao trailer de Caminhos da Floresta, que estreia nos cinemas nacionais dia 29 de janeiro de 2015.

Imagem de Amostra do You Tube