OSCAR-2017 – MOONLIGHT E LA LA LAND

Marcante pró e marcante contra. Uma das raras premiações da Academia de Hollywood na qual o seu prêmio, o Oscar, faz justiça aos vencedores, houve uma gafe monumental quando do anúncio do vencedor de Melhor Filme. O grande favorito do público, La La Land – Cantando Estações, ficou com o recorde de estatuetas, enquanto o favorito da crítica, Moonlight – sob a Luz do Luar, conquistou o de Melhor Filme – o que inegavelmente é verdade. Mas a gafe… ficou para a história

Barry Jenkins e a equipe de MOONLIGHT - SOB A LUZ DO LUAR (2016): Melhor Filme

Barry Jenkins e a equipe de MOONLIGHT – SOB A LUZ DO LUAR (2016): Melhor Filme

Neste ano, houve sobriedade, inteligência, recordações aos grandes astros que já se foram, os que estão vivinhos subiram aos palco para chamar os ganhadores, sutis manifestações políticas e muita gente elegante, mas algumas atrizes foram generosas com os seus decotes. A 89ª edição do Oscar foi brilhante. Grande parte desse equilíbrio e sobriedade se deve ao apresentador Jimmy Kimmel, o melhor mestre de cerimônias da festa em muitos anos. Divertido, irônico, irrepreensível.

Fora do padrão apenas a inacreditável gafe da PricewaterhouseCoopers, responsável pela confecção de envelopes que trazem os nomes e títulos dos vencedores e que faz a auditoria da premiação. Warredn Beatty anunciou La La Land como vencedor, mas o verdadeiro era Moonlight. Corre-corre e retificação, com o anuncio de Moonlight como vencedor. Um constrangimento para todos os envolvidos, apresentador, atores do palco, Beaty e Faye Dunaway e para as equipes do falso e o verdadeiro vencedor.

Mais tarde, saiu uma nota da empresa, nos seguintes termos: “Pedimos sinceras desculpas a Moonlight, La La Land, Warren Beaty, Faye Dunaway e aos espectadores do Oscar pelo erro que foi cometido durante o anúncio de Melhor Filme. Os apresentadores receberam por engano o envelope da categoria errada e, quando descoberto, o erro foi imediatamente corrigido. Estamos investigando como isso pode ter acontecido e sentimos profundamente pelo ocorrido”.

La La Land, de Damian Chazelle, levou 6 estatuetas, incluindo o de Diretor; Moonlight, 3 – Filme, Roteiro Adaptado (Barry Jenkins) e ator coadjuvante, Mahersala Ali. Ainda nas categorias de interpretação, Viola Davis, Casey Affleck e Emma Stone foram os vencedores. Zootopia confirmou o favoritismo e foi eleito a Melhor Animação.

Não foi a festa política em tons fortes que se esperava. Mas, a representante de Asghar Farhady, diretor do iraniano O Apartamento, ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, tratou de reparar o fato ao ler um pronunciamento contra a política segregacionista de Donald Trump.

Conheça os vencedores da 89ª edição do Oscar.

FILME
Moonlight: Sob a luz do luar, de Barry Jenkins

DIRETOR
Damien Chazelle – La la land: Cantando estações

ATOR
Casey Affeck – Manchester à beira-mar

ATRIZ
Emma Stone – La La Land – Cantando estações

ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali – Moonlight: Sob a luz do luar

ATRIZ COADJUVANTE
Viola Davis – Um Limite Entre Nós

FILME ESTRANGEIRO
O apartamento (Irã), de Asghar Farhadi

ROTEIRO ORIGINAL
Kenneth Lonnergan – Manchester à Beira-Mar

ROTEIRO ADAPTADO
Barry Jenkins – Moonlight: Sob a Luz do Luar

ANIMAÇÃO
Zootopia: essa Cidade é o Bicho, de Byron Hoard e Rick Moore

DOCUMENTÁRIO EM LONGA-METRAGEM
O.J. Made in America, de Ezra Edelman

DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM
Os Capacetes Brancos

FOTOGRAFIA
La La Land – Cantando Estações

EDIÇÃO
Até o último homem

TRILHA SONORA ORIGINAL
La la land: Cantando estações

CANÇÃO ORIGINAL
Ryan Gosling e Emma Stone – City of Stars, La La Land – Cantando Estações

EFEITOS VISUAIS
Mogli – O Menino Lobo

EDIÇÃO DE SOM
A chegada

MIXAGEM DE SOM
Até o último homem

MELHOR CURTA-METRAGEM
Sing

CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO
Piper

FIGURINO
Animais fantásticos e onde habitam

DESIGN DE PRODUÇÃO
La La Land: Cantando estações

MAQUIAGEM E CABELO
Esquadrão suicida

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*