O Justiceiro – Anti-herói estará na segunda temporada de Demolidor

Para a total alegria dos fãs, a Marvel anunciou que Frank Castle está à caminho de Hell’s Kitchen

Demolidor contra o Justiceiro em um dos seus vários embates nos quadrinhos

Demolidor e o Justiceiro em um dos seus vários embates nos quadrinhos

Não sei quanto a vocês, mas eu estou cada vez mais animado com a segunda temporada da série Demolidor. E toda esta animação tem relação com os personagens que irão dar o ar da graça no novo ano do programa.

Primeiro, foi divulgado que ninguém menos que Elektra e Mercenário, respectivamente interesse amoroso e vilão clássicos do herói cego, eram figuras garantidas na segunda temporada (a informação ainda não foi oficializada, mas todo mundo já sabe que isso é só uma questão de tempo). Agora, foi a vez da Marvel anunciar que Frank Castle, também conhecido como o anti-herói Justiceiro, é outro que irá cruzar o caminho de Matt Murdock. E o estúdio já definiu o intérprete do personagem: o norte-americano Jon Bernthal (Corações de Ferro).

jon bernthal

Jon Bernthal

Jon Bernthal se juntou ao elenco da próxima temporada de Demolidor, que será transmitida pela Netflix em 2016! Bernthal irá interpretar o Justiceiro, um dos personagens mais populares da Marvel. Ele é um vigilante cuja intenção é limpar as ruas de Hell’s Kitchen usando qualquer meio necessário, independente de quão letal serão os resultados, dizia o comunicado oficial divulgado pela Marvel.

Ainda no comunicado, o chefe do departamento de TV da Marvel, Jeph Loeb rasgou alguns elogios à Bernthal. Ele traz uma intensidade incomparável para qualquer papel ao qual se dedica, com uma mistura potente entre poder, motivação e vulnerabilidade que cria laços com o público, disse. A aparição de Castle trará mudanças dramáticas para o mundo de Matt Murdock e nada será mais o mesmo, completou.

Lembrando que essa será a terceira encarnação do anti-herói Justiceiro, que já foi protagonista de três filmes fracassados, um lançado em 1989 (O Justiceiro, estrelado por Dolph Lundgren), outro em 2004 (O Justiceiro, estrelado por Thomas Jane) e o outro em 2008 (O Justiceiro: Em Zona de Guerra, estrelado por Ray Stevenson). Quem sabe na telinha o personagem terá mais sorte e finalmente conseguirá reproduzir o sucesso que faz nas HQ’s, não é?

Por enquanto, a Netflix ainda não definiu a data de estreia da segunda temporada de Demolidor.

MTV MOVIE AWARDS-2015 – OS VENCEDORES

Apresentada pela comediante Amy Schumer sob elegante vestido preto e branco, ocorreu ontem, domingo, 5, a festa de premiação do MTV Movie Awards-2015, dedicados aos melhores trabalhos do cinema para o público jovem dos EUA. A Culpa é das Estrelas foi eleito o melhor filme e Robert Downey Jr. teve a carreira premiada. Pipocas Dourada para ele

Amy Shumer, apresentadora da desta em 2015

Amy Shumer, apresentadora da festa MTV em 2015

O filme de maior votação do público jovem durante a temporada foi A Culpa é das Estrelas (The Fault in our Stars, 2014), de Josh Boone, com Shailene Woodley e Ansel Algort. O fortão Dwayne Johnson fez sátira de todos os demais indicados à principal premiação e o entregou o prêmio a John Green, autor do livro, que encorajou as pessoas que enfrentam situações parecidas com os dos personagens de seu romance.

Confira abaixo toda a premiação.

FILME DO ANO
A culpa é das Estrelas, de Josh Boone

MELHOR ATRIZ
Shailene Woodley – A culpa é das Estrelas

MELHOR ATOR
Bradley Cooper – Sniper Americano

MELHOR ATUAÇÃO ASSUSTADORA
Jennifer Lopez – O garoto da Casa ao Lado

REVELAÇÃO
Dylan O’Brien – Maze Runner

MELHOR ATOR SEM CAMISA
Zac Efron – Vizinhos

MELHOR DUPLA
Zac Efron & Dave Franco – Vizinhos

MELHOR LUTA
Dylan O’Brien vs. Will Poulter – Maze Runner

MELHOR BEIJO
Ansel Elgort & Shailene Woodley – A culpa é das Estrelas

MELHOR MOMENTO “WTF”
Seth Rogen & Rose Byrne – Vizinhos

MELHOR VILÃO
Meryl Streep – Caminhos da Floresta

MELHOR MOMENTO MUSICAL
Jennifer Lawrence – Jogos vorazes: a Esperança – Parte 1

MELHOR ATUAÇÃO CÔMICA
Channing Tatum – Anjos da Lei 2

MELHOR TRANSFORMAÇÃO
Elizabeth Banks – Jogos vorazes: a Esperança – Parte 1

Veja o trailer de A Culpa é das Estrelas.

Imagem de Amostra do You Tube

 

ARQUIVO X – VOLTA PARA QUE?

A série Arquivo X, criada por Chris Carter e grande sucesso na televisão mundial de 1993 a 2002, está de volta. A notícia era esperada há anos pelos fãs da série e acaba de ser confirmada pela Fox Television. David Duchovny e Gillian Anderson retomam Fox Mulher e Dana Scully, os personagens que os levaram ao sucesso e à fama. Mas, serão apenas 6 episódios. E prepare-se, pois essa expectativa pode ter duas vertentes: ou é uma jogada comercial de Carter e a Fox Television, ou um traque, caso o seu criador e roteirista não traga algo novo e mais ousado no enredo e não seja apenas uma retomada da série que se viu no passado

Gillian Anderson e David Duchovny em ARQUIVO X - A SÉRIE (2000-2009), de Chris Carter

Gillian Anderson e David Duchovny em ARQUIVO X – A SÉRIE (2000-2009), de Chris Carter

Quando Arquivo X chegou à televisão foi um imenso sucesso entre os apreciadores, fãs e especialistas em ficção-científica. As 5 primeiras temporadas foram surpreendentes – tanto que 27 milhões de pessoas ficaram em sintonia e, até então, merecidamente, tinha conquistado nada menos de 16 prêmios Emmy, 5 Globos de Ouro e um Peabody. Mas, a partir da sexta começou a declinar até que, exausta e sem a mesma criatividade, se concluiu de forma forma lamentável e inexplicável, sem conceder conclusão alguma ao que tinha exposto ao longo de 9 anos. Um tiro no pé promovido por Chris Carter, que poderia ter sido mais corajoso e ousado.

Não sou muito paciente com as séries de TV da atualidade. As do passado, da minha juventude, sim. Até gostaria, porque, além de Jornada nas Estrelas (Star Trek, 1966-69), a série das séries de ficção-científica, apreciei a inteligência de Andromêda (2000-2005, 110 episódios, 16 prêmios), com o capitão Dylan Hunt de Kevin Sorbo; e, mais ainda, as fascinantes viagens interestelares da nave Enterprise (2001-2005, 98 episódios, 14 prêmios, sendo 7 Emmys) com seu espirituoso e desbravador capitão Jonathan Archer (interpretado de forma brilhante por Scott Bakula), e um colírio, a alien T’pol vivida por Jolene Blalock. Esta é mais filosófica das séries sobre viagens espaciais. E talvez por isso não tenha obtido o sucesso esperado junto aos fãs – afinal, cada episódio trocava a ação pela reflexão.

A série ENTERPRISE (2001-2005): a nave fantástica e os personagens fascinantes

A série ENTERPRISE (2001-2005): a nave fantástica e os personagens fascinantes

A televisão estadunidense está anos à frente de Hollywood em termos de qualidade, criatividade e ousadia. E sei que há grandes séries em exibição nos diversos canais fechados. Mas, depois das más experiências e tempo perdido com 24 Horas (2001-2010) -, cuja primeira temporada foi arrebatadora e até suportei uma segunda sem a mesma pegada para desistir na terceira -, e depois das chances concedidas a L Word (2004-2009) e Californication (2007-2014), originais e ousadas no início, mas que foram perdendo o vigor ao longo das temporadas, decidi me resignar. Séries TV, definitivamente, não são a minha ilha deserta, apesar dos incentivos do Olavo Filho.

Mas, pode ser que, agora, Chris Carter venha com algo novo e sem as enrolações que caracterizaram os últimos anos do  Arquivo X do passado. Histórias de extraterrestres, abduções, fenômenos paranormais aleatórios e teorias conspiratórias hoje têm um outro significado pois as pessoas estão mais bem informadas. Por isso, aguarda-se algo mais sério, realístico e até antecipatório – a grande qualidade da boa ficção científica -, atualizando o que se sabe sobre a relação dos governos, especialmente o estadunidense, com os extraterrestres. Afinal, já sabemos que não somos o grande privilegiado como a única raça cósmica existente no universo.

David Duchovny, que até começou bem uma carreira no cinema, foi sumindo, sumindo e hoje está desaparecido, e Gillian Anderson, inglesa talentosa e que faz grande trabalho no teatro e no cinema de seu país, retomam as figuras de Fox Mulher e Dana Scully. Para Duchovny, que atualmente atua em uma série policial chamada Aquarius (2015), ainda a ser lançada, pode ser a chance de retomada da carreira. As filmagens do novo Arquivo X começam agora em maio e a Fox e a sua co-produtora, a Ten Thirteen Productions, revelam que ainda não há uma data para o lançamento. Mas, mas não se espantam se vier como algo exclusivo para exibição em streaming, conforme prenuncia o analista Merrill Barr, especialista britânico em séries de TV.

Segundo ele, o retorno de Arquivo X é uma jogada comercial da Fox, que tem um enorme vermelho nas contas com a volta fracassada do agente Jack Bauer na minissérie 24 Horas: Viva um Novo Dia (24 Hours: life another day, 2014). Pior ainda: quer dar uma satisfação ao parceiro Amazon, que perdeu milhões de dólares com o investimento. Daí, ele considera que o revival dos agentes Muler e Scully não virá para o canal por assinatura, mas pela Amazon, via streaming. É aguardar para ver.

Deixando de lado a antevisão de Barr, é interessante observar as declarações feitas quando do anúncio de relançamento da série, agora em versão compacta com 6 episódios – na verdade, uma minissérie. Em declaração conjunta, Gary Newman, presidente da Fox Television, e Dana Walden, CEO, disseram estar contentes em novamente trabalhar com Carter. “Tivemos o privilégio de trabalhar com Chris em todas as nove temporadas de Arquivo X – uma das experiências mais gratificantes e criativas de nossas carreiras – e nós não poderíamos estar mais animados para explorar esse mundo incrível com ele novamente”.

Agora, observe a declaração de Carter, que pode ser um indício de que nada vai mudar em termos de enredo, a se avaliar pelas entrelinhas: “Eu penso nisso como um intervalo comercial de 13 anos”, disse ele em um comunicado à imprensa. “A boa notícia é que o mundo só ficou mais estranho, um momento perfeito para se colocar isso nessas seis histórias”, complementou. Entenderam?

Intervalo comercial, mundo mais estranho, ora… mister Carter.

Ouça a canção-tema de Arquivo X.

Imagem de Amostra do You Tube

 

GOTHAM – Fish Mooney não está na segunda temporada

Intérprete da personagem, a atriz Jada Pinkett Smith revelou durante um programa de TV que assinou contrato para participar apenas do primeiro ano da série

01

Jada Pinkett Smith como Fish Mooney em imagem promocional de GOTHAM

Quem está acompanhando a primeira temporada de Gotham com certeza irá concordar comigo quando digo que um dos destaques da série é sem dúvida a atriz Jada Pinkett Smith, que está simplesmente ótima na pele da mafiosa Fish Mooney. No entanto, apesar da elogiável performance de Pinkett Smith, não espere vê-la na já confirmada segunda temporada do programa.

Assinei contrato para um ano e esse ano já acabou, disse Pinkett Smith ao ser questionada sobre o seu retorno a Gotham durante uma entrevista ao programa Live! with Kelly and Michael. Mas há muita coisa boa vindo aí em Gotham. Acreditem em mim. Há muito coisa legal à caminho, completou a atriz diante da evidente tristeza dos entrevistadores com a futura ausência de Fish Mooney.

Não sei quanto a vocês, mas a notícia não chega a ser surpreendente para este que vos escreve, pois apesar de gostar muito de Fish, sempre a vi como um empecilho para o futuro do Pinguim dentro da máfia de Gotham City. Enfim, estou esperando um final trágico. E vocês?

Criada por Bruno Heller (The Mentalist), Gotham é exibida no Brasil pelo canal pago Warner.

Confira abaixo o trailer de Gotham:

Imagem de Amostra do You Tube

GAME OF THRONES – 5ª TEMPORADA E LIVRO E TRAILER EM POLÊMICAS

Duas notícias sobre a série Game of Thrones correram o mundo nesta semana que passou: o vazamento do trailer da 5a temporada e o aparecimento de outros produzidos por fãs, o que confundiu inicialmente muita gente, incluindo sites; e a declaração da Editora Harper Collins de que o sexto volume da série As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R. R. Martin, The Winds of Winter, não mais será lançado neste ano

2
Game of Thrones, como todos já sabem, é a adaptação para a televisão da série literária As Crônicas de Gelo e Fogo (A Song of Ice and Fire), do escritor estadunidense George R. R. Martin. O enredo é ambientado em 7 Reinos de Westeros, lugar onde os verões deram décadas e o inverno “uma vida inteira” e onde famílias nobres guerreiam para conquistar o seu Trono de Ferro, mas também têm de ficar atentos para as regiões desconhecidas, pois ameaças e invasões podem vir de lá.

A série foi levada para a TV por David Benioff, 44, roteirista, produtor e diretor que ficou famoso ao elaborar os roteiros a partir de obras literárias, ente elas, o malfadado épico Tróia (Troy, 2004), baseado na Ilíada de Homero, dirigida por Wolfgang Pettersen, com Peter O’Toole; O Caçador de Pipas (The Kite Runner, 2007), de Khaled Hosseini, cuja direção foi de Marc Forster e obteve extraordinário sucesso popular no Brasil; e de X-Men Origens: Wolverine (2009), de Gavin Hood. Game of Thrones, a sua obra máxima, está no ar desde 2011 no canal fechado HBO. Em abril próximo, a 5ª temporada será lançada simultaneamente nos EUA e Brasil.

A editora norte-americana Harper Collins (no Brasil é a LeYa) decidiu não mais lançar, neste ano, o sexto livro, intitulado The Winds of Winter. A editora, Jane Johnson, fez rápida declaração ao jornal inglês The Guardian: “Não tenho informações sobre uma previsão de publicação. São livros cada vez mais complexos e requerem um tempo gigantesco de concentração para serem escritos. Os fãs devem apreciar o fato de que cada um desses volumes equivale a 2 ou 3 romances de outros escritos”. Por sua vez, Martin saiu-se com uma pérola: “Não sou o escritor mais disciplinado do mundo”. O romance número 5, A Dança dos Dragões, saiu há 4 anos.

O Titan de Braavos é a ilustração do capítulo Mercy, do romance The Winds of Winter, de George R. R. Martin

O Titan de Braavos é a ilustração do capítulo Mercy, do romance The Winds of Winter, de George R. R. Martin

Sucesso literário em todo mundo, a série de Martin vende como água. Ele tem o hábito de, sempre que conclui uma obra literária, colocar um capítulo do próximo romance como “aperitivo para os fãs”. Em janeiro de 2013 ele publicou, em seu site, um capítulo de The Winds of Winter, intitulado Mercy. E como ilustração, a imagem do Titã de Braavos. Ainda no site, ele explica que “o novo capítulo na verdade é antigo. Mas não, ainda não publiquei ele em lugar nenhum, nem acho que tenha lido em alguma convenção”. Complementando, assinala: “Ele é novo no sentido de que não foi lido por ninguém além dos meus editores e antigo pois foi escrito há muito tempo”. Bem, há quem desconfie de que o cancelamento do lançamento do romance trata-se de uma estratégia para aumentar a venda dos livros já lançados, e, consequentemente, do novo.

Para ler o capítulo no site de George R. R. Martin, clique aqui.

Para conferir o texto traduzido para o português, por Tony Cardia, fã de Game of Thrones, clique aqui.

Enquanto o assunto literário vira polêmica e notícias na imprensa e junto aos fãs nas redes sociais, um outro fato também se reveste (ou se revestiu) de polêmica, ao aparecerem trailers feitos por de fãs (mal concebidos por sinal) como sendo oficiais. Mas logo tudo foi equacionado o lançamento do trailer oficial da HBO.

Estreia
A 5ª temporada de Game of Thrones estreia nos EUA e Brasil em 12 de abril nos canais HBO.

Confira o trailer oficial.

Imagem de Amostra do You Tube

 

GLOBO DE OURO 2015 – Conheça os vencedores

Na noite do último domingo (11/01) aconteceu a entrega dos Globo de Ouro em Los Angeles, prêmio da Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, uma premiação que por muito tempo ditou os padrões das premiações futuras, incluindo o Oscar, porém que ganhando um formato próprio devido a vários fatores. Conheça mais um pouco sobre os Golden Globes e saiba quais foram os grandes vencedores da 72ª edição do prêmio

Elenco de BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE com os três prêmios que o filme recebeu.

Elenco e diretor de BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE com os três prêmios que o filme recebeu.

Seja pelas surpreendentes escolhas ou pelo excesso de bebida nas celebridades presentes, a entrega do Globo de Ouro sempre rende bastante conteúdo para a mídia voltada para o entretenimento. Foquemos na primeira parte. Durante cerca de três décadas (70, 80 e 90), o Globo de Ouro era considerado a prévia oficial do Oscar devido a suas constantes coincidências entre as ganhadores. Porém na última década algumas escolhas da premiação fizeram com que alguns críticos e especialistas tenham mudado tal visão. Essa mudança é explicável por, entre outros, dois principais motivos, o primeiro deles é que o Globo de Ouro é uma premiação de críticos e o Oscar não. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood é composta de atores, diretores, roteiristas, produtores, figurinistas… enfim, de pessoas que trabalham na realização de filmes, enquanto os votantes do Globo de Ouro são críticos de cinema e por isso, na maiorias das vezes, podem apresentar perspectivas bem diferentes daqueles que estão “por dentro” das produções.

Além disso, é importante lembrar que os críticos votantes do Globo de Ouro são estrangeiros que trabalham em LA. Ou seja, são cargas culturais e pontos de vistas completamente diferentes, e isso pode gerar – e é o que vem acontecendo – alguns resultados, no mínimo, surpreendentes.

Michael Keaton e seu prêmio por BIRDMAN

Michael Keaton e seu prêmio por BIRDMAN

Porém esse ano os ganhadores se saíram como era esperado, sem grandes surpresas. Enquanto ainda não ganhou nenhum Oscar (dos 5 que concorreu), Amy Adams ganhou seu segundo Globo de Ouro consecutivo na categoria Melhor Atriz em Comédia ou Musical, dessa vez pelo filme Grandes Olhos, de Tim Burton. Uma das surpresas foi a vitória de Como Treinar Seu Dragão 2 na categoria Melhor Animação sobre favoritos como Uma Aventura LEGO e Os Boxtrolls.

Porém a maior surpresa talvez tenha sido o excelente O Grande Hotel Budapeste ter vencido na categoria Melhor Filme Comédia ou Musical sobre o tido como favorito Birdman, no entanto esse saiu vencedor na categoria Melhor Roteiro e deu a Michael Keaton o prêmio de Melhor Ator em Comédia ou Musical. Julianne Moore e Eddie Redmayne venceram os prêmios de Melhor Atriz e Ator em Dramas pelos filmes Para Sempre Alice e A Teoria de Tudo. E Boyhood: Da Infância à Juventude se sagrou o Melhor Filme, além de vencer nas categorias Melhor Diretor e Melhor Atriz Coadjuvante.

A atriz Patricia Arquette com seu Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE

A atriz Patricia Arquette com seu Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por BOYHOOD: DA INFÂNCIA À JUVENTUDE

Na televisão, o drama The Affair foi eleita a Melhor Série – Drama e deu a atriz Ruth Wilson o prêmio de Melhor Atriz em Série Drama. E a estreante Transparent foi um dos destaques da noite ao receber o prêmio de Melhor Série Comédia ou Musical e de Melhor Ator em Série Comédia ou Musical (Jeffrey Tambor).

Na próxima quinta-feira, 15, os indicados do Oscar serão divulgados, fique ligado no Cinema e Artes para acompanhar todas as novidades da temporada de ouro de Hollywood.

Confira abaixo a lista completa de vencedores do Globo de Ouro 2015 e a crítica de Boyhood: Da Infância à Juventude clicando AQUI.

CINEMA

MELHOR FILME – DRAMA
Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR DIRETOR
Richard Linklater, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
O Grande Hotel Budapeste

MELHOR ATOR – DRAMA
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo

MELHOR ATRIZ – DRAMA
Julianne Moore, Para Sempre Alice

MELHOR ATOR – COMÉDIA OU MUSICAL
Michael Keaton, Birdman

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA OU MUSICAL
Amy Adams, Grandes Olhos

MELHOR ROTEIRO
Alejandro González Iñárritu, Alexander Dinelaris, Armando Bo, Nicolás Giacobone, Birdman

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Patrica Arquette, Boyhood: Da Infância à Juventude

MELHOR ATOR COADJUVANTE
J.K. Simmons, Whiplash: Em Busca da Perfeição

MELHOR ANIMAÇÃO
Como Treinar Seu Dragão 2

MEHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
Leviatã (Rússia)

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Jóhann Jóhannsson, A Teoria de Tudo

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Glory – John Legend & Common, Selma

TV

MELHOR SÉRIE DRAMA
The Affair

MELHOR SÉRIE COMÉDIA E MUSICAL
Transparent

MELHOR ATOR – SÉRIE DRAMA
Kevin Spacey, House of Cards

MELHOR ATRIZ – SÉRIE DRAMA
Ruth Wilson, The Affair

MELHOR ATOR – SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL
Jeffrey Tambor, Transparent

MELHOR ATRIZ – SÉRIE COMÉDIA E MUSICAL
Gina Rodriguez, Jane the Virgin

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME
Fargo

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Billy Bob Thornton, Fargo

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Maggie Gyllenhaal, The Honorable Woman

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Matt Bomer, The Normal Heart

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Joanne Froggatt, Downton Abbey

Prêmios dos Sindicatos 2015 – conheça alguns indicados

A premiação mais relevante na maior categoria do Oscar – o PGA Awards – teve seus indicados revelados e não ocupou, mais uma vez, o devido espaço na mídia. O Sindicato de Roteiristas também divulgou seus indicados a melhores roteiros de 2014, adaptados e originais, bem como o Sindicato de Diretores de Fotografia. Eis as previsões mais concretas ao prêmio da Academia

PGA2014_650_400

PGA Awards

O prêmio do Sindicato de Produtores dos EUA divulgou os indicados ao PGA Awards 2015. A entrega dos prêmios, tanto para cinema quanto para televisão, acontecerá no dia 24 de janeiro, na mesma discrição em que os indicados são anunciados. A cerimônia de entrega dos PGA Awards se dá mais como uma reunião de negócios do que como um programa de televisão. O principal motivo para isso é a ausência das grandes estrelas, o público dessa premiação são os produtores, e em algumas vezes, os diretores, ou seja, não há glamour, não há transmissão ao vivo e nem ‘tapete vermelho.’ Como é de se esperar, o ganhador do PGA tem a vitória na categoria Melhor Filme do Oscar quase certa, pois os votantes de ambas as premiações, em ambas categorias, são basicamente os mesmos. O PGA Awards também premia a melhor produção em animação e séries de TV.

Conheça a lista completa de indicados ao PGA Awards 2015

MELHOR PRODUÇÃO CINEMATOGRÁFICA
Sniper Americano (American Sniper)
Birdman
Boyhood: Da Infância à Juventude (Boyhood)
Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo (Foxcatcher)
Garota Exemplar (Gone Girl)
O Grande Hotel Budapeste (The Grand Budapest Hotel)
O Jogo da Imitação (The Imitation Game)
O Abutre (Nightcrawler)
A Teoria de Tudo (The Theory of Everything)
Whiplash: Em Busca da Perfeição (Whiplash)

MELHOR PRODUÇÃO EM ANIMAÇÃO
Operação Big Hero (Big Hero 6)
Festa no Céu (The Book of Life)
Os Boxtrolls (The Boxtrolls)
Como Treinar Seu Dragão 2 (How to Train Your Dragon 2)
Uma Aventura LEGO (The LEGO Movie)

MELHOR PRODUÇÃO EM DOCUMENTÁRIO
Life Itself – A Vida de Roger Ebert (Life Itself)
Merchants of Doubt
The Green Prince
Particle Fever
Virunga

TELEVISÃO

MELHOR PRODUÇÃO EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
American Horror Story: Coven & Freak Show
Fargo
The Normal Heart
The Roosevelts: An Intimate History
Sherlock

MELHOR PRODUÇÃO EM SÉRIE – DRAMA
Breaking Bad
Downton Abbey
Game of Thrones
House of Cards
True Detective

MELHOR PRODUÇÃO EM SÉRIE – COMÉDIA
The Big Bang Theory
Louie
Modern Family
Orange is the New Black
Veep

MELHOR PRODUÇÃO EM REALITY SHOW
The Amazing Race
Dancing With the Stars
Project Runway
Top Chef
The Voice

WGA

WGA Awards

O prêmio do Sindicato de Roteiristas, que por suas criteriosas regras geralmente se diferencia dos indicados do Oscar, apresentou uma lista concisa e com algumas surpresas, como a presença do bem sucedido Guardiões da Galáxia entre os indicados a Melhor Roteiro Adaptado. O longa Whiplash: Em Busca da Perfeição é adaptado de um curta do mesmo diretor, porém aqui concorreu na categoria Melhor Roteiro Original. A entrega dos prêmios acontecerá no dia 14 de fevereiro.

Veja a lista completa de indicados ao WGA Awards 2015

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Boyhood: Da Infância à Juventude
Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo
O Abutre
O Grande Hotel Budapeste
Whiplash: Em Busca da Perfeição

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Garota Exemplar
Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy)
Livre (Wild)
O Jogo da Imitação
Sniper Americano

MELHOR ROTEIRO PARA DOCUMENTÁRIO
A Fotografia Oculta de Vivian Maier
Criado na Internet: A história de Aaron Swartz
Exército Vermelho
Vietnã: Batendo em Retirada

ASC Awards

O Sindicado de Diretores de Fotografia também divulgou sua lista de indicados. Invencível, de Angelina Jolie, conseguiu uma vaga entre entre os filmes que disputam Melhor Fotografia de 2014/2015, ao lado de grandes favoritos como O Grande Hotel Budapeste e Birdman. O prêmio tem um histórico de algumas divergências com o Oscar, em 2014 os dois prêmios foram para Emmanuel Lubezki – que também concorre esse ano – pelo seu primoroso trabalho em Gravidade; porém em 2013 o ASC Award foi para Roger Deakins – que concorre esse ano por Invencível – por 007: Operação Skyfall, e o Oscar foi para Claudio Miranda por As Aventuras de Pi.

A entrega dos ASC será no dia 15 de fevereiro no Hyatt Regency Century Plaza em Los Angeles.

Confira a lista de indicados ao ASC Awards:

MELHOR FOTOGRAFIA
Invencível (Unbroken), Roger Deakins
O Jogo da Imitação, Oscar Faura
Birdman, Emmanuel Lubezki
Sr. Turner, Dick Pope
O Grande Hotel Budapeste, Robert D. Yeoman

costume-designes-guild-1

CDG Awards

No sindicato de figurinistas dos EUA a premiação é sempre dividida em três categorias para o cinema: Filmes contemporâneos, filmes de época e filmes de fantasia, sendo assim, mais filmes concorrem ao prêmio. Nas séries, as categorias fantasia e época concorrem ao um só prêmios, enquanto as séries contemporâneas têm sua categoria isolada.

A entrega dos prêmios acontece no dia 17 de fevereiro no Beverly Hilton Hotel, também em Los Angeles.

Confira a lista completa de indicados ao Costume Designers Guild Awards 2015:

MELHOR FIGURINO CONTEMPORÂNEO
Birdman, Albert Wolsky
Boyhood: Da Infância à Juventude, Kari Perkins
Garota Exemplar, Trish Summerville
Interstelar, Mary Zophres
Livre, Melissa Bruning

MELHOR FIGURINO DE ÉPOCA
O Grande Hotel Budapeste, Milena Canonero
O Jogo da Imitação, Sammy Sheldon Differ
Vício Inerente, Mark Bridges
Selma, Ruth E. Carter
A Teoria de Tudo, Steven Noble

MELHOR FIGURINO DE FANTASIA
Guardiões da Galáxia, Alexandra Byrne
O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, Bob Buck, Lesley Burkes-Harding, Ann Maskrey
Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1, Kurt and Bart
Caminhos da Floresta, Colleen Atwood
Malévola, Anna B. Sheppard, Jane Clive

MELHOR FIGURINO EM SÉRIE CONTEMPORÂNEA
House of Cards, Johanna Argan
Ray Donovan, Christopher Lawrence
Saturday Night Live, Tom Broecker, Eric Justian
Scandal, Lyn Paolo
True Detective, Jenny Eagan

MELHOR FIGURINO EM SÉRIE DE ÉPOCA/FANTASIA
Boardwalk Empire, John Dunn
Game of Thrones, Michele Clapton
The Knick, Ellen Mirojnick
Mad Men, Janie Bryant
Masters of Sex, Ane Crabtree

MELHOR FIGURINO EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
American Horror Story: Freak Show, Lou Eyrich
Houdini, Birgit Hutter
The Normal Heart, Daniel Orlandi
Olive Kitteridge, Jenny Eagan
Sherlock, Sarah Arthur

GLOBO DE OURO 2015 – BIRDMAN LIDERA INDICAÇÕES

A segunda premiação mais importante da temporada de ouro de Hollywood – ou pelo menos a segunda mais popular – teve seus indicados anunciados na manhã desta quinta-feira, 11, e mais uma vez surpreendeu com algumas escolhas. Birdman lidera os indicados concorrendo em 7 categorias, seguido de Boyhood e O Jogo da Imitação, cada um com 5 indicações. Todos, independentes

golden_globes_logo_2011

Por muito tempo o Globo de Ouro fora considerado uma prévia do Oscar, no sentido de coincidir com as escolhas dos prêmios da Academia. Porém nos últimos anos algumas divergências vêm acontecendo entre as duas premiações. A jornalista Ana Maria Bahiana, única representante do Brasil na Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, já explicou que a variedade de votantes no Globo de Ouro, escolhida por jornalistas estrangeiros em Los Angeles, de culturas e de países de origem, sempre refletem em gostos diferentes, o que muitas vezes fica relfetido com clareza entre os indicados.

Como já vem acontecendo em outros prêmios escolhidos por críticos, a disputa desse ano se mostra entre Boyhood: da Infância à Juventude e Birdman. Porém aqui a dramédia Birdman, de Alejandro González Iñárritu, concorre em Melhor Filme – Comédia ou Musical e Boyhood, de Richard Linklater, concorre em Melhor Filme – Drama.

Michael Keaton em cena do líder de indicações BIRDMAN (2014), de IÑARRITU

Michael Keaton em cena do líder de indicações BIRDMAN (2014), de Iñarritu

A premiação é conhecida por manter um certo “estrelismo”, onde filmes independentes muitas vezes não têm tanto espaço quantos filmes com nomes de peso no elenco. Porém esse ano ela seguiu o mesmo padrão das outras premiações, afinal, não poderia deixar de lado o azarão da temporada, Boyhood. As surpresas ficaram com Garota Exemplar, que conseguiu 4 indicações, enquanto em outras premiações de críticos o filme foi esnobado nas grandes categorias como Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro.

Rosamund Pike e Jennifer Aniston conseguiram mais uma indicação em outra premiação importante – ontem foram indicadas ao SAG Awards – e conseguiram mais destaque na corrida, dando um passo largo nas possíveis indicações ao Oscar. Assim como Julianne Moore, que disputa aqui em duas categorias, Melhor Atriz – Drama, por Para Sempre Alice, e Melhor Atriz – Comédia ou Musical, por Mapa para as Estrelas.

Porém a surpresa maior ficou com Selma, de Ava DuVarnay. O filme que conta a influência de Martin Luther King no movimento que ficou conhecido como Marchas de Selma, na cidade de mesmo nome. O filme, que dividiu a opinião dos críticos, conseguiu indicações em Melhor Filme – Drama, Melhor Diretor e Melhor Ator – Drama.

David Oyelowo como Martin Luther King em cena de SELMA (2014), de Ava DuVernay

David Oyelowo como Martin Luther King em cena de SELMA (2014), de Ava DuVernay

Entre os esquecidos estão Invencível, de Angelina Jolie, que não conseguiu uma indicação  e Interestelar, de Christopher Nolan, que só conseguiu uma indicação na categoria Melhor Trilha Sonora Original.

Birdman está previsto para estrear no Brasil dia 22 de janeiro. O Jogo da Imitação e Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo estreiam dia 29 de janeiro de 2015 nos cinemas nacionais. Vício Inerente chega dia 19 de fevereiro. Caminhos da Floresta dia 29 de janeiro.  Grandes Olhos dia 05 de fevereiro. E a zebra Selma chega no Brasil dia 25 de janeiro.

Assista ao trailer de Grandes Olhos, de Tim Burton

Imagem de Amostra do You Tube

Na televisão temos True Detective com 4 indicações por sua primeira temporada, sucesso de crítica e também de outras premiações, só no Emmy 2014 foram 5 vitórias das 11 indicações que recebeu. E de surpresas temos a ausência por completa da comédia Modern Family, que desde que estreou em 2009 era presença garantida entre os indicados.

A entrega dos Globo de Ouro 2015 será no domingo dia 11 de janeiro de 2015 e mais uma vez será apresentada por Tina Fey e Amy Poheler.

MELHOR FILME – DRAMA
Boyhood: da Infância à Juventude (Boyhood), de Richard Linklater
A Teoria de Tudo (The Theory of Everything), de James Marsh
O Jogo da Imitação (The Imitation Game), de Morten Tyldum
Selma, de Ava DuVarnay
Foxcatcher: uma História que Chocou o Mundo (Foxcatcher), de Bennet Miller

MELHOR FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
Birdman
Caminhos da Floresta (Into the Woods)
O Grande Hotel Budapeste (The Great Budapest Hotel)
Pride
Um Santo Vizinho (St. Vincent)

MELHOR DIRETOR
Wes Anderson, O Grande Hotel Budapeste
David Fincher, Garota Exemplar (Gone Girl)
Richar Linklater, Boyhood: da Infância à Juventude
Ava DuVernay, Selma
Alejando González Iñarritu, Birdman

MELHOR ATOR – DRAMA
Steve Carell, Foxcatcher: uma História que Chocou o Mundo
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo
Jake Gyllenhaal, de O Abutre (Nightcrawler)
Benedict Cumberbatch, O Jogo da Imitação
David Oyelowo, Selma

MELHOR ATRIZ – DRAMA
Jennifer Aniston, Cake
Felicity Jones, A Teoria de Tudo
Julianne Moore, Para Sempre Alice (Still Alice)
Reese Witherspoon, Livre (Wild)
Rosamund Pike, Garota Exemplar

Assista ao trailer de Para Sempre Alice, ainda sem previsão de estreia no Brasil

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR ATOR – COMÉDIA OU MUSICAL
Ralph Fiennes, O Grande Hotel Budapeste
Michael Keaton, Birdman
Bill Murray, Um Santo Vizinho
Joaquin Phoenix, Vício Inerente (Inherent Vice)
Christoph Waltz, Grandes Olhos (Big Eyes)

MELHOR ATRIZ – COMÉDIA OU MUSICAL
Amy Adams, Grandes Olhos
Emily Blunt, Caminhos da Floresta
Helen Mirren, A 100 Passos de Um Sonho
Julianne Moore, Mapa para as Estrelas (Map to the Stars)
Quavenzhané Wallis, Annie

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Ethan Hawke, Boyhood: da Infância à Juventude
Edward Northon, Birdman
Robert Duvall, O Juiz
J.K. Simmons, Whiplash: em Busca da Perfeição
Mark Ruffalo, Foxcatcher: uma História que Chocou o Mundo

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Patricia Arquette, Boyhood: da Infância à Juventude
Jessica Chastain, A Most Violent Year
Emma Stone, Birdman
Meryl Streep, Caminhos da Floresta
Keira Knightley, O Jogo da Imitação

MELHOR ROTEIRO
Wes Anderson, O Grande Hotel Budapeste
Richard Linklatter, Boyhood: da Infância à Juventude
Alejandro González Iñarritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris e Armando Bo, Birdman
Gillian Flynn, Garota Exemplar
Graham Moore, O Jogo da Imitação

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Hanz Zimmer, Interestelar
Jóhann Jóhannsson, A Teoria de Tudo
Alexandre Desplat, O Jogo da Imitação
Trent Reznor & Atticus Ross, Garota Exemplar
Antonio Sanchez, Birdman

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Big Eyes, Grandes Olhos – Letra e Música: Lana Del Rey
Glory, Selma – Letra e Música: John Legend & Common
Mercy Is, Noé – Letra e Música: Patti Smith & Lenny Kaye
Opportunitty, Annie – Letra e Música: Greg Kurstin, Sia Furler e Will Gluck
Yellow Flicker Beat, Jogo Vorazes: a Esperança – Parte 1 – Letra e Música: Lorde

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
Força Maior (Force Majeure Turist) – Suécia
Ida – Polônia/Dinamarca
Leviatã (Левиафан “Leviafan”) – Rússia
Gett: The Trial of Viviane (Amsalem Gett) – Israel
Tangerines (Madariinid) – Estônia

MELHOR ANIMAÇÃO
Operação Big Hero 6
Festa no Céu
Os Boxtrolls
Como Treinar Seu Dragão 2
Uma Aventura LEGO

TELEVISÃO

MELHOR SÉRIE – DRAMA
The Affair
Game of Thrones
The Good Wife
House of Carda
Downtown Abbey

MELHOR SÉRIE – COMÉDIA OU MUSICAL
Girls
Orange is the New Black
Silicon Valley
Jane the Virgin
Transparent Amazon

MELHOR ATOR – SÉRIE DRAMA
Clive Owen, The Knick
Liev Schreiber, Ray Donovan
Kevin Spacey, House Of Cards
James Spader, The Blacklist
Dominic West, The Affair

MELHOR ATOR – SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL
Louis C. K., Louie
Don Cheadle, House Of Lies
Ricky Gervais, Derek
William H. Macy, Shameless
Jeffrey Tambor, Transparent

MELHOR ATRIZ – SÉRIE DRAMA
Claire Danes, Homeland
Viola Davis, How to Get Away With Murder
Julianna Marguiles, The Good Wife
Ruth Wilson, The Affair
Robin Wright, House of Cards

MELHOR ATRIZ – SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL
Lena Dunham, Girls
Edie Falco, Nurse Jackie
Julia Louis-Dreyfus, Veep
Gina Rodriguez, Jane The Virgin
Taylor Schilling, Orange Is The New Black

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME
Fargo
The Missing Starz
The Normal Heart
Olive Kitteridge
True Detective

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Martin Freeman, Fargo
Woody Harrelson, True Detective
Matthew Mcconaughey, True Detective
Mark Ruffalo, The Normal Heart
Billy Bob Thornton, Fargo

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Maggie Gyllenhaal, The Honorable Woman
Jessica Lange, American Horror Story: Freak Show
Frances Mcdormand, Olive Kitteridge
Frances O’connor, The Missing
Allison Tolman, Fargo

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Matt Bomer, The Normal Heart
Alan Cumming, The Good Wife
Colin Hanks, Fargo
Bill Murray, Olive Kitteridge
Jon Voight, Ray Donovan

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Uzo Aduba, Orange Is The New Black
Kathy Bates, American Horror Story: Freak Show
Joanne Froggatt, Downton Abbey
Allison Janney, Mom
Michelle Monaghan, True Detective

Veja o trailer de The Affair.

Imagem de Amostra do You Tube

 

 

 

SAG AWARDS 2015 – Conheça os indicados

A primeira premiação dos sindicatos divulgou seus indicados na manhã dessa quarta-feira (10/12). O Screen Actors Guild Awards premia os melhores atores do cinema e da televisão – incluindo o trabalho de dublês – e é considerado o termômetro mais preciso do Oscar. Surpresas? Caso você esteja acompanhando as postagens das premiações em Hollywood verá que não surpresas, com os independentes mantendo o ritmo. Birdman lidera os indicados concorrendo em quatro categorias, seguido de Boyhood com três indicações

sag

O Screen Actors Guild (Associação de “Tele” Atores) divulgou a lista de indicados ao SAG Awards 2015. E saiba da regra número um: apenas atores membros da associação votam na premiação e, consequentemente, votam em si mesmos e nos filmes em que fazem parte do elenco. Redundando: podem ser votados, caso estejam concorrendo no ano por algum filme. E é exatamente por isso que, na maioria das vezes, os vencedores do SAG são os mesmos do Oscar – salvo raras exceções.

Neste ano o SAG Awards e Oscar coincidiram nas quatro categorias de atuação, premiando Matthew McConaughey e Jared Leto, por Clube de Compras Dallas, Cate Blanchett, por Blue Jasmine e Lupita Nyong’o, por 12 Anos de Escravidão. Ano passado , 2012, a única divergência entre os vencedores de ambas as premiações foi na categoria Melhor Ator Coadjuvante, pois o SAG premiou Tommy Lee Jones, por Lincoln, e o Oscar foi para Christoph Waltz, por Django Livre, que sequer foi indicado ao SAG – o que destoou, mas foi completamente compreensível.

Os indicados de 2014 seguiram o que já se vem vendo nas premiações dos críticos, uma disputa entre Boyhood: da Infância à Juventude, de Richard Linklater, e Birdman, de Alejandro González Iñárritu. Aqui, o filme de Iñárritu conseguiu o maior número de indicações, 4 ao todo, e o de Linklater emplacou 3 indicações. Como é uma premiação voltada para os atores, não existe uma categoria Melhor Filme, porém sua recorrente é Melhor Elenco, na qual os dois filmes disputam a premiação com O Grande Hotel Budapeste, A Teoria de Tudo e O Jogo da Imitação.

Michael Keaton e Edward Norton em cena de BIRDMAN (2014)

Os indicados Michael Keaton e Edward Norton em cena de BIRDMAN (2014)

Nas surpresas, vemos Jennifer Aniston, que veio ganhando força nas últimas semanas da corrida pelos prêmios, conseguiu aqui uma indicação na categoria de Melhor Atriz pelo drama Cake. Outra surpresa na mesma categoria é Rosamund Pike, por Garota Exemplar, que no meio do ano, quando o filme estreou, fez muitos especialistas apostarem na atriz como indicação certa em todas as premiações, o que não vinha acontecendo muito até então.

Meryl Streep conseguiu sua 15ª indicação, desta vez disputando o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por seu trabalho no musical Caminhos da Floresta. Mark Ruffalo concorre, no cinema, como Melhor Ator Coadjuvante por Foxcatcher – a História que Chocou o Mundo, e na televisão pelo telefilme The Normal Heart, do canal HBO. Assim como Benedict Cumberbatch, que no cinema concorrer como Melhor Ator por O Jogo da Imitação, e na televisão como Melhor Ator de minissérie ou Telefilme por Sherlock.

A entrega dos SAG Awards acontece dia 25 de janeiro. Conheça a lista completa de indicados:

MELHOR ELENCO/FILME
Birdman
O Grande Hotel Budapeste (The Great Budapest Hotel)
Boyhood: aa Infância à Juventude (Boyhood)
A Teoria de Tudo (Theory of Everything)
O Jogo da Imitação (The Imitation Game)

Veja o trailer de A Teoria de Tudo.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR ATOR
Steve Carrell, Foxcatcher – A História que Chocou o Mundo
Benedict Cumberbatch, O Jogo da Imitação
Michael Keaton, Birdman
Eddie Redmayne, A Teoria de Tudo
Jake Gyllenhaal, O Abutre (The Nightcrawler)

MELHOR ATRIZ
Julianne Moore, Para Sempre Alice (Still Alice)
Felicity Jones, A Teoria de Tudo
Rosamund Pike, Garota Exemplar (Gone Girl)
Reese Witherspoon, Livre (Wild)
Jennifer Aniston, Cake

Conheça o trailer de Cake.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mark Ruffalo, Foxcatcher – a História que Chocou o Mundo
Edward Norton, Birdman
Ethan Hawke, Boyhood: da Infância à Juventude
J.K. Simmons, Whiplash: em Busca da Perfeição
Robert Duvall, O Juiz

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Keira Knightley, O Jogo da Imitação
Patricia Arquette, Boyhood: Da Infância à Juventude
Emma Stone, Birdman
Meryl Streep, Caminhos da Floresta (Into the Woods)
Naomi Watts, Um Santo Vizinho (St. Vicent)

A veterana Meryl Streep ao lado de Mackenzie Mauzy em CAMINHOS DA FLORESTA (2014), de Rob Marshall

A veterana Meryl Streep ao lado de Mackenzie Mauzy em CAMINHOS DA FLORESTA (2014), de Rob Marshall

MELHOR ELENCO DE DUBLÊS
Corações de Ferro
James Brown
O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos
Invencível
X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

TELEVISÃO

MELHOR ATOR EM MINISSÉROE OU TELEFILME
Adrien Brody, Houdini
Benedict Cumberbatch, Sherlock: His Last Vow
Richard Jenkins, Oliver Kitteridge
Mark Ruffalo, The Normal Heart
Billy Bob Thortnton, Fargo

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Ellen Burstyn, Flowers in the Attic
Maggie Gyllenhaal, The Honarable Woman
Frances McDormand, Olive Kitteridge
Julia Roberts, The Normal Hearts
Cicely Tyson, The Trip to Bountiful

MELHOR ATOR – SÉRIE DRAMA
Steve Buscemi, Boardwalk Empire
Peter Dinklage, Game of Thrones
Woody Harrelson, True Detective
Matthew McConaughey, True Detective
Kevin Spacey, House of Cards

MELHOR ATRIZ – SÉRIE DRAMA
Claire Danes, Homeland
Viola Davis, How to Get Away With Murder
Julianna Marguiles, The Good Wife
Tatiana Maslany, Orphan Black
Maggie Smith, Downtwon Abbey
Robin Wright, House of Cards

MELHOR ATOR – SÉRIE COMÉDIA
Ty Burrell, Modern Family
Louis C.K., Louie
William H. Macy, Shameless
Jim Parsons, The Big Bang Theory
Eric Stonestreet, Modern Family

MELHOR ATRIZ – SÉRIE COMÉDIA
Uzo Aduba, Orange is the New Black
Julie Bowen, Modern Family
Edie Falco, Nurse Jackie
Julia Louis-Dreyfus, Veep
Amy Poehler, Parks and Recreation

MELHOR ELENCO – SÉRIE DRAMA
Boardwalk Empire
Downtown Abbey
Game of Thrones
Homeland
House of Cards

MELHOR ELENCO – SÉRIE COMÉDIA
The Big Bang Theory
Brooklyn Nine-Nine
Modern Family
Orange is the New Black
Veep

MELHOR ELENCO DE DUBLÊS
24: Live Another Day
Boardwalk Empire
Game of Thrones
Homeland
Sons of Anarchy
The Walking Dead

Assista ao trailer de Caminhos da Floresta, que estreia nos cinemas nacionais dia 29 de janeiro de 2015.

Imagem de Amostra do You Tube

 

ANNIE AWARDS – OS BOXTROLLS RECEBE 13 INDICAÇÕES

O Oscar dos filmes animados teve sua lista de indicados divulgada na segunda, dia 1º de dezembro, e a produção Os Boxtrolls conseguiu emplacar 13 indicações, seguido de com 10 indicações. Mas, há outras surpresas. A entrega do Annie Awards 2015 acontecerá em 31 de janeiro

Cena da animação Os Boxtrolls (2014), do estúdio Laika, que lidera os indicados

Cena da animação OS BOXTROLLS (2014), do estúdio Laika, que lidera os indicados

Os indicados do Annie Awards 2015 foram divulgados no último dia 1º de dezembro. A premiação que é considerada por alguns como o Oscar das animações é voltada exclusivamente para produções animadas e vai para sua 42ª edição.  Existem categorias voltadas para o cinema, televisão e também videogames.

Este ano a animação Os Boxtrolls, dos estúdios Laika (responsável por ParaNorman e Coraline), lidera dos indicados concorrendo em 13 categorias, seguido por Como Treinar Seu Dragão 2 com 10 indicações. Operação Big Hero 6 (estreia aqui no próximo dia 25 de dezembro) e o irlandês Song of the Sea (ainda sem título nacional e sem previsão de estreia) empataram com 7 indicações cada. Song of the Sea é do estúdio Cartoon Saloon, que há quatro anos conseguiu colocar sua produção Uma Viagem ao Mundo das Fábulas (The Secret of Kells) entre os indicados de Melhor Animação no Oscar, perdendo, no entanto, para Up: Altas Aventuras, da Disney Pixar.

A categoria Melhor Animação apresenta 8 indicados, enquanto o Oscar reserva espaço para apenas 5. No ano passado o fenômeno mundial Frozen: uma Aventura Congelante saiu vencedor em ambas as premiações. Como este é o primeiro ano em que a Pixar não fez um filme desde que começou a produzir anualmente desde 2005, não temos um indicado da produtora concorrendo em qualquer categoria.

Conheça os indicados ao Annie Awards 2015

MELHOR ANIMAÇÃO
Os Boxtrolls (Focus Features/Laika)
Operação Big Hero 6 (Walt Disney Animation Studios)
Cheatin’ (Plymptoons Studio)
Uma Aventura LEGO (Warner Bros. Pictures)
Como Treinar o seu Dragão 2 (DreamWorks Animation)
Song of the Sea (GKIDS/Cartoon Saloon)
Festa no Céu (Reel Fx)
O Conto da Princesa Kaguya (GKIDS/Studio Ghibli)

Conheça o trailer de Song of the Sea.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR DIREÇÃO EM ANIMAÇÃO
Anthony Stacchi & Graham Annable, Os Boxtrolls
Don Hall & Chris Williams, Operação Big Hero 6
Bill Plympton, Cheatin’
Phil Lord & Christopher Miller & Chris McKay (Co-Diretor), Uma Aventura LEGO
Dean DeBlois, Como Treinar o seu Dragão 2
Tomm Moore, Song of the Sea
Jorge R. Gutierrez, Festa no Céu
Isao Takahata, O Conto da Princesa Kaguya

MELHOR ROTEIRO EM ANIMAÇÃO
Robert L. Baird, Daniel Gerson & Jordan Roberts, Operação Big Hero 6
Dean DeBlois, Como Treinar o seu Dragão 2
Will Collins, Song of the Sea
Irena Brignull & Adam Pava, Os Boxtrolls
Phil Lord & Christopher Miller, Uma Aventura LEGO

MELHOR EFEITOS ANIMADOS EM FILME
No Limite do Amanhã
Noé
O Espetacular Homem-Aranha 2 – A Ameaça de Electro
O Hobbit: A Desolação de Smaug
Transformers: a Era da Extinção
X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

MELHOR EFEITOS ANIMADOS EM ANIMAÇÃO
Operação Big Hero 6
Como Treinar o seu Dragão 2
As Aventuras de Peabody & Sherman
Os Pinguins de Madagascar
Festa no Céu
Os Boxtrolls
Uma Aventura LEGO

MELHOR TRILHA SONORA EM ANIMAÇÃO
Nicole Renaud, Cheatin’
John Powell, Como Treinar o seu Dragão 2
Danny Elfman, As Aventuras de Peabody & Sherman
Bruno Coulais & Kila, Song of the Sea
Joe Hisaishi, O Conto da Princesa Kaguya

Conheça o trailer de Cheatin’.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR ANIMAÇÃO EM CURTA-METRAGEM
Coda – 62
Duet
O Banquete
Inside Homer – The Simpsons Couch Gag
Me and My Moulton
Silent
The Dam Keeper
The Raven

MELHOR ANIMAÇÃO ESPECIAL
Cosmos: a Spacetime Odyssey
Dawn of the Dragon Racers
How Murray Saved Christmas
Polariffic
Toy Story – Esquecidos pelo Tempo

MELHOR PERSONAGEM ANIMADO EM FILME
Planeta dos Macacos: O Confronto
Guardiões da Galáxia
O Hobbit: A Desolação de Smaug

MELHOR DESIGN DE PERSONAGEM EM ANIMAÇÃO
Operação Big Hero 6
As Aventuras de Peabody & Sherman
Os Pinguins de Madagascar
Rio 2
Song of the Sea
Festa no Céu
Os Boxtrolls

MELHOR PERSONAGEM ANIMADO EM ANIMAÇÃO
Fabio Lignini, Como Treinar o seu Dragão 2
Steven “Shaggy” Hornby, Como Treinar o seu Dragão 2
Thomas Grummt, Como Treinar o seu Dragão 2
Ravi Kamble, Os Pinguins de Madagascar
Travis Knight, Os Boxtrolls
Malcolm Lamont, Os Boxtrolls
Jason Stalman, Os Boxtrolls

Veja o trailer de Os Pinguins de Madagascar.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR DUBLADOR EM ANIMAÇÃO
Cyndi Lauper como Nurse Cyndi (Henry & Me)
Andy Garcia como Eduardo (Rio 2)
Ben Kingsley como Archibald Snatcher (Os Boxtrolls)
Dee Bradley Baker como Fish (Os Boxtrolls)

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE EM ANIMAÇÃO
David James, Ruben Perez, Priscilla Wong, Timothy Lamb & Alexandre Puvilland, As Aventuras de Peabody & Sherman
Adrien Merigeau, Song of the Sea
Simon Varela & Paul Sullivan, Festa no Céu
Paul Lasaine, Tom McClure & August Hall, Os Boxtrolls
Grant Freckelton, Uma Aventura LEGO

MELHOR EDITORIAL EM ANIMAÇÃO
Operação Big Hero 6
Como Treinar o seu Dragão 2
Aviões 2 – Heróis do Fogo ao Resgate
Song of the Sea
Uma Aventura LEGO

MELHOR STORYBOARDING EM ANIMAÇÃO
Marc E. Smith, Operação Big Hero 6
Truong “Tron” Son Mai, Como Treinar o seu Dragão 2
Piero Peluso, Aviões 2 – Heróis do Fogo ao Resgate
John Hurst, Rio 2
Rodrigo Castro, Rio 2
Julian Nariño, Os Boxtrolls
Emanuela Cozzi, Os Boxtrolls

TELEVISÃO

MELHOR PROPAGANDA ANIMADA
Citizen M: “Swang Song”
Flight of the Stories
LEGO Batman 3: Beyond Gotham

MELHOR PROGRAMA DE ANIMAÇÃO PARA PÚBLICO PRÉ-ESCOLAR
Doc McStuffins (Disney Channel/Disney XD)
Peter Rabbit (Nickelodeon Animation Studio)
Tumble Leaf (Amazon Studios)
Wallykazam! (Nickelodeon Animation Studio)
Zack & Quack (Zodiak Kids)

MELHOR PROGRAMA DE ANIMAÇÃO PARA PÚBLICO INFANTIL
Hora de Aventura (Cartoon Network)
Gravity Falls (Disney Television Animation)
Avatar: a Lenda de Korra (Nickelodeion Animation Studio)
Over the Garden Wall (Cartoon Network)
Wander Over Yonder (Disney Television Animation)

Veja o trailer de Gravity Falls.

Imagem de Amostra do You Tube

MELHOR PROGRAMA DE ANIMAÇÃO PARA PÚBLICO GERAL
Archer (FX Networks)
Back to Backspace (Cartoon Network Studios)
Bob’s Burger (Bento Box Entertainment)
Rick and Morty (Starburns Industries, Inc.)
Mike Tyson Mysteries (Warner Bros. Animation)
Apenas um Show (Cartoon Network Studios)
Os Simpsons

GAMES

MELHOR ANIMAÇÃO PARA VIDEOGAMES
Forza Horizon 2 (Microsoft – Turn 10 Studios)
Valian Hearts: The Great War (Ubisoft)
Child of Light (Ubisoft)

MELHOR PERSONAGEM ANIMADO PARA VIDEO GAME
Mike Mennillo (Assassin’s Creed Unity)
Don’t Starve: Console Edition
Alex Drouin (Child of Light)

Assista ao trailer de O Conto da Princesa Kaguya (ainda sem previsão de estreia no Brasil).

Imagem de Amostra do You Tube