SEMANA 41 – AS ESTREIAS DESTA QUINTA-FEIRA EM FORTALEZA

Uma enxurrada de estreias nesta semana que se apresenta curta, devido ao feriado do Dia das Crianças. O cardápio é variado. Há o thriller de ação Um Dia Difícil (2014), de Seong-hun Kim; o suspense No Fim do Túnel (2016), de Rodrigo Grande; a animação para adultos Festa da Salsicha (2016), de Greg Tiernan e Conrad Vernon; o horror A Maldição da Floresta (2016), de Corin Hardy; o drama Um Belo Verão (2015), de Catherine Corsi; a comédia Um Doce Refúgio (2015), de Bruno Podalydès; o horror 12 Horas para Sobreviver – O Ano da Eleição (2016), de James DeMonaco; o thriller de ação Assassino a Preço Fixo – A Ressurreição (2016), de Denis Gansel; e a comédia É Fada! (2016), de Cris D’Amato. Em pré-estreia, a aventura Inferno – O Filme (2016), de Ron Howard; a comédia O Shaolin do Sertão (2016), de Halder Gomes; e a animação Kubo e as Cordas Mágicas (2016), de Travis Knight. Vale destacar também a exibição especial em 35 mm de O Céu de Suely (2006), de Karim Aïnouz, na Temporada do Cinema Cearense do Cinema do Dragão, segunda-feira, 10, às 19 hs, com debate com o realizador após a sessão

cena de UM DIA DIFÍCIL (2014), de Seong-hun Kim

cena de UM DIA DIFÍCIL (2014), de Seong-hun Kim

O cinema sul-coreano é tão rico que é uma pena que tenhamos que nos contentar com o pouco que surge em nossos cinemas. Por outro lado, é também motivo de comemoração o circuito abrir para um thriller de ação como Um Dia Difícil. Ainda mais, levando em consideração que o circuito alternativo não valoriza muito filmes desse gênero, e não sendo ele de Hollywood ou falado em inglês, acaba geralmente ficando no limbo por também não entrar no circuitão. Na trama de Um Dia Difícil, um detetive de polícia está voltando do enterro de sua mãe, quando mata um homem em um acidente de carro. Para encobrir o caso, ele decide esconder o corpo do homem no caixão de sua mãe. Só o ponto de partida já chama a atenção. Quem viu diz que é ação e suspense de tirar o fôlego. Em cartaz no Cinema do Dragão.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

UM DIA DIFÍCIL (Kkeut-kka-ji-gan-da, Coreia do Sul, 2014), de Seong-hun Kim. Com Sun-kyun Lee, Jang In-sub, Man-sik Jeong, Jin-woong Jo, Dong-Young Kim, Bo-gum Park, Dong-mi Shin, Jeong-geun Sin. 111 min. Fênis. 14 anos.

Cena de NO FIM DO TÚNEL (2016), de Rodrigo Grande

Cena de NO FIM DO TÚNEL (2016), de Rodrigo Grande

Ótimo timing aproveitar que O Silêncio do Céu está em cartaz para entrar nos cinemas com um outro suspense estrelado por Leonardo Sbaraglia. Em No Fim do Túnel, o ator vive um cadeirante que cansou de viver sozinho em uma velha e escura casa e decide alugar um de seus quartos para uma jovem mulher stripper e sua filha. A presença das duas alegra a casa e a sua vida. Mas o que ele não imagina é que, malandramente, tudo não passa de uma estratégia da moça e de seu namorado para criar um túnel por baixo da casa e roubar um banco da região. A premissa em si já parece interessante. Excelente chance de ver mais uma produção argentina em nossas salas. Em cartaz no cinema do Dragão.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

NO FIM DO TÚNEL (Al Final del Túnel, Argentina/Espanha, 2016), de Rodrigo Grande. Com Leonardo Sbaraglia, Pablo Echarri, Clara Lago, Federico Luppi, Uma Salduende, Walter Donado, Laura Faienza, Facundo Nahuel Giménez, Javier Godino, Ariel Nuñez Di Croce. 120 min. Warner. Classificação a definir.

Cena de FESTA DA SALSICHA (2016), de Greg Tiernan e Conrad Vernon

Cena de FESTA DA SALSICHA (2016), de Greg Tiernan e Conrad Vernon

Um dos filmes mais controversos do ano é uma animação. Quem for ver Festa da Salsicha nos cinemas pode optar pela versão original, com este super-elenco listado abaixo, na ficha técnica, ou pode optar pela versão dublada pela turma do Porta dos Fundos, que é um pessoal que prometeu não suavizar no vocabulário. Na trama, um grupo de alimentos que vive dentro de um supermercado sonha em ser escolhido pelas pessoas para poder se mudar para as casas dos compradores. Mas eles nem suspeitam que serão cortados, ralados, cozidos e devorados. Quando uma salsicha descobre a terrível verdade, ela reúne outros alimentos com a tarefa de voltarem ao mercado e avisarem todos os colegas do risco que correm. A animação não economiza no grafismo e na violência. Em cartaz em grande circuito.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

FESTA DA SALSICHA (Sausage Party, EUA, 2016), de Greg Tiernan e Conrad Vernon. Com as vozes originais de James Franco, Bill Hader, Jonah Hill, Salma Hayek, Edward Norton, Seth Rogen, Paul Rudd, Kristen Wiig, Iris Apatow, Michael Cera. 89 min. Sony. 16 anos.

Cena de A MALDIÇÃO DA FLORESTA (2016), de Corin Hardy

Cena de A MALDIÇÃO DA FLORESTA (2016), de Corin Hardy

E os nossos cinemas ganham mais um filme de horror que aparentemente não promete contribuir tanto assim para o gênero, mas que pode surpreender positivamente. Premiado em festivais de cinema fantástico, A Maldição da Floresta se distancia dos filmes mais recentes, trazendo uma carga sexual para a história. Tem sido elogiado por alguns críticos estrangeiros por utilizar muito bem seus bebês disformes e criaturas meio animais meio vegetais. Na trama, o conservacionista Adam Hitchens aceita um emprego em uma remota floresta na Irlanda, esperando encontrar uma vida nova para ele, sua esposa e seu filho recém-nascido. No entanto, ao chegarem na casa nova, um agricultor com fortes crenças na tradição local o alerta para parar de mexer naquelas terras sagradas. Em cartaz no UCI Iguatemi.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

A MALDIÇÃO DA FLORESTA (The Hallow, Reino Unido/EUA/Irlanda, 2015), de Corin Hardy. Com Joseph Mawle, Bojana Novakovic, Michael McElhatton, Michael Smiley, Gary Lydon, Wren Hardy, Stuart Graham, Conor Craig Stephens, Joss Wyre, Charlotte Williams. 97 min. PlayArte. 14 anos.

Cena de UM BELO VERÃO (2015), de Catherine Corsini

Cena de UM BELO VERÃO (2015), de Catherine Corsini

O trabalho da diretora Catherine Corsini é um tanto desconhecido no Brasil. Dois de seus filmes haviam tido lançamento em circuito reduzido no país, mas, com um filme seu integrando a programação do Festival Varilux de Cinema Francês, ela passa a ganhar maior visibilidade. Além do mais, Um Belo Verão é um filme muito agradável de ver, e ainda pode atrair um público interessado em histórias sobre relações homoafetivas. Não que a produção queira ser um novo Azul É a Cor Mais Quente. Já se percebe que se trata de um trabalho bem mais modesto. O filme conta a história de amor entre a camponesa Delphin (Izïa Higelin), que tem preferência por mulheres, e a agitadora feminista Carole, vivida por Cécile De France. É um filme de belos momentos. Em cartaz no Cinema de Arte (Cinépolis RioMar).

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

UM BELO VERÃO (La Belle Saison, França/Bélgica, 2015), de Catherine Corsini. Com Cécile De France, Izïa Higelin, Noémie Lvovsky, Jean-Henri Compère, Loulou Hanssen, Kévin Azaïs, Benjamin Bellecour, Laetitia Dosch, Sarah Suco, Calypso Valois. 105 min. Pandora. 16 anos.

Cena de UM DOCE REFÚGIO (2015), de Bruno Podalydès

Cena de UM DOCE REFÚGIO (2015), de Bruno Podalydès

Exibido na ótima seleção deste ano do Festival Varilux de Cinema Francês, chega a vez de Um Doce Refúgio chegar ao circuito comercial, ainda que em cópias limitadas. O filme faz parte dessa leva de filmes franceses que lidam com eventos cotidianos para construir suas histórias simples, mas com um apelo humano muito interessante. Na trama, Michel (o próprio diretor Bruno Podalydès) é um artista gráfico que trabalha com seu irmão Rémi (Denis Podalydès, irmão do diretor e corroteirista) que sempre foi fascinado pela ideia de um dia pilotar um avião. Quando descobre que a engenharia de um caiaque é muito parecida com a de uma aeronave, compra um, sem que sua esposa saiba. Em cartaz no Pátio Dom Luís.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

UM DOCE REFÚGIO (Comme un Avion, França, 2015), de Bruno Podalydès. Com Bruno Podalydès, Sandrine Kiberlain, Agnès Jaoui, Vimala Pons, Denis Podalydès, Michel Vuillermoz, Jean-Noël Brouté, Pierre Arditi, Noémie Lvovsky, Samir Guesmi, Mehdi Djaadi. 105 min. Mares. Classificação a definir.

Cena de 12 HORAS PARA SOBREVIVER - O ANO DA ELEIÇÃO (2016), de James DeMonaco

Cena de 12 HORAS PARA SOBREVIVER – O ANO DA ELEIÇÃO (2016), de James DeMonaco

Não dá para entender o motivo de não terem dado à segunda continuação do horror Uma Noite de Crime (2013) o mesmo título dos anteriores para chamar melhor a atenção dos fãs dos dois filmes. Talvez o problema seja não haver tantos fãs assim da franquia no Brasil. Frank Grillo, do anterior, Uma Noite de Crime – Anarquia (2014), está de volta para esta sequência. Na trama do novo filme, ele é o policial Barnes, o principal responsável pela segurança da senadora Charlene Roan (Elizabeth Mitchell), que planeja acabar de uma vez por todas com a tal noite de crime. Em plena época de eleições, ela é uma das melhores posicionadas nas pesquisas e nova inimiga número um dos criminosos, que se armam para eliminá-la de qualquer jeito. Em cartaz no UCI Iguatemi.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

12 HORAS PARA SOBREVIVER – O ANO DA ELEIÇÃO (The Purge – Election Year, EUA/França, 2016), de James DeMonaco. Com Frank Grillo, Elizabeth Mitchell, Mykelti Williamson, Joseph Julian Soria, Betty Gabriel, Terry Serpico, Edwin Hodge, Kyle Secor, Barry Nolan, Liza Colón-Zayas. 109 min. Universal. 16 anos.

Cena de ASSASSINO A PREÇO FIXO 2 - A RESSURREIÇÃO (2016), de Denis Gansel

Cena de ASSASSINO A PREÇO FIXO 2 – A RESSURREIÇÃO (2016), de Denis Gansel

E o remake do thriller de ação estrelado por Charles Bronson em 1972, que conta com Jason Stathan, ganha uma continuação quase inesperada, depois de cinco anos do primeiro filme. Na trama de Assassino a Preço Fixo 2 – A Ressurreição, Arthur Bishop (Statham) é obrigado a reativar seu lado criminoso quando o amor de sua vida é sequestrado. Na mão do inimigo, ele é forçado a viajar pelo mundo para completar três impossíveis assassinatos e fazer o que sabe melhor: fingir que foram acidentes. A favor do filme, pelo menos inicialmente, está o carisma do protagonista em desempenhar papéis de heróis másculos. O novo filme tem cara de ser uma diversão movimentada e despretensiosa. Em cartaz em grande circuito.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

ASSASSINO A PREÇO FIXO 2 – A RESSURREIÇÃO (The Mechanic 2 – The Ressurection, França/EUA, 2016), de Dennis Gansel. Com Jason Stathan, Jessica Alba, Tommy Lee Jones, Michelle Yeoh, Sam Halzeldine, John Cenatiempo, Toby Eddington, Femi Elufowoju Jr., Anteo Quintavalle, Yayaying Rhata Phongam. 98 min. Paris. 16 anos.

Cena de É FADA! (2016), de Cris D'Amato

Cena de É FADA! (2016), de Cris D’Amato

O trailer de É Fada! é de deixar muita gente envergonhada, de tão constrangedor que é. E o fato de ser dirigido por Cris D’Amato, que não tem um filme bom no currículo, também não ajuda em nada. Na trama, uma fada tagarela e atrapalhada (Kéfera Buchmann) recebe a missão de ajudar uma jovem garota (Klara Castanho) que não acredita no mundo da magia. Pra quem não conhece, Kéfera é uma espécie de celebridade desses tempos de youtube. Ela foi a primeira vlogueira a atingir um milhão de inscritos em seu canal 5inco Minutos e em 2016 foi eleita pela revista Forbes uma das jovens mais promissoras do Brasil. Atirando para todos os lados, ela chegou à fama, mas com um filme de gosto duvidoso o tiro pode sair pela culatra. Em cartaz em grande circuito.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

É FADA! (Brasil, 2016), de Cris D’Amato. Com Kéfera Buchmann, Bruno Griphão, Klara Castanho, Silvio Guidane, Aramis Trindade, Christian Monassa, Carla Daniel, Lorena Comparato, Alexandre Moreno, Marcelo Escorel, Cláudia Mauro. 86 min. Imagem. 12 anos.

Pré-estreias

Cena de INFERNO - O FILME (2016), de Ron Howard

Cena de INFERNO – O FILME (2016), de Ron Howard

Depois de O Código Da Vinci (2006) e Anjos e Demônios (2009), o personagem Robert Langdon reaparece nas telas do cinema em Inferno – O Filme, que novamente conta com a direção de Ron Howard, o que não significa que isso vá garantir qualidade, já que o cineasta tem uma filmografia bem irregular e não são essas aventuras de Langdon os pontos altos de sua carreira. Ainda assim, é possível que Inferno seja um bom thriller, desta vez tendo como base A Divina Comédia, de Dante Alighieri. Na trama, o renomado professor de Simbologia visita a Itália e se envolve em mais uma aventura envolvendo símbolos ocultos e corporações secretas. Em pré-estreia em grande circuito na quarta-feira, 12, inclusive na sala IMAX.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

INFERNO – O FILME (Inferno, EUA/Japão/Turquia/Hungria, 2016), de Ron Howard. Com Tom Hanks, Felicity Jones, Ben Foster, Omar Sy, Irrfan Khan, Sidse Babett Knudsen, Ana Ularu, Kata Sarbó, Ida Darvish, Attila Árpa. 121 min. Sony. 14 anos.

Cena de O SHAOLIN DO SERTÃO (2016), de Halder Gomes

Cena de O SHAOLIN DO SERTÃO (2016), de Halder Gomes

A torcida para que O Shaolin do Sertão seja mais um acerto de Halder Gomes – assim como foi Cine Holliúdy (2012) – é grande. As chances de ele conseguir são boas, levando em consideração que ele conta com boa parte da equipe que trabalhou com ele na comédia anterior, inclusive Edmilson Filho, novamente como protagonista. No novo filme, rodado principalmente em Quixadá, lutadores de vale-tudo dos anos 80 passam por dificuldades devido à falta de lutas profissionais e por isso passam a desafiar valentões no interior do Ceará em uma competição criada. É assim que Aluiso Li (Edmilson Filho) vê a sua chance de realizar o sonho de se tornar um verdadeiro mestre das lutas como os heróis de seus filmes favoritos. Em pré-estreia na quarta-feira, 12, em grande circuito.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

O SHAOLIN DO SERTÃO (Brasil, 2016), de Halder Gomes. Com Edimilson Filho, Fabio Goulart, Falcão, Dedé Santana, Marcos Veras, Fafy Siqueira, Bruna Hamu, Haroldo Guimarães, Solange Teixeira, Claudio Jaborandy. 101. Downtown/Paris. 12 anos.

Cena de KUBO E AS CORDAS MÁGICAS (2016), de Travis Knight

Cena de KUBO E AS CORDAS MÁGICAS (2016), de Travis Knight

Nesta animação que conta com nomes famosos na dublagem original, Kubo vive uma normal e tranquila vida em uma pequena vila no Japão com sua mãe. Até que um espírito vingativo do passado muda completamente sua rotina, ao fazer com que todos os tipos de deuses e monstros o persigam. Para sobreviver, o herói terá que encontrar uma armadura mágica que foi usada pelo seu falecido pai, um lendário guerreiro samurai. O filme é uma animação em stop-motion da Laika, que conta pelo menos com dois ótimos títulos em seu currículo, Coraline (2009) e ParaNorman (2012). A terceira animação do estúdio já não obteve boa repercussão – Os Boxtrolls (2014). Kubo e as Cordas Mágicas conta com pré-estreia em grande circuito.

Veja o trailer

Imagem de Amostra do You Tube

KUBO E AS CORDAS MÁGICAS (Kubo and the Two Strings, EUA, 2016), de Travis Knight. Com as vozes originais de Charlize Theron, Art Parkinson, Matthew McConaughey, Ralph Fiennes, George Takei, Brenda Vaccaro, Rooney Mara, Cary-Hiroyuki Tagawa. 101 min. Universal. Livre.

Saem de cartaz

Cães de Guerra
Café Society
Lembranças de um Amor Eterno
Mate-me por Favor
Meu Rei
Nerve – Um Jogo sem Regras

As estreias nacionais desta quinta-feira, 6, que não entram em cartaz em Fortaleza

Hell or High Water
Humano – Uma Viagem pela Vida
Irmã
Lâminas da Morte – A Maldição de Jack, o Estripador
Nosso Fiel Traidor
O Último Tango

Veja o trailer de Irmã

Imagem de Amostra do You Tube